Blog do Unasp

5 dicas para você planejar o seu desenvolvimento profissional para o ano

Ao criar metas para o ano, que tal inserir objetivos de desenvolvimento profissional? Veja por onde começar!

Todo início de ano é a mesma coisa, metas são criadas e o desejo de iniciar novos projetos e viver novas experiências acaba gerando resoluções. A busca pelo desenvolvimento é muito importante para quem está realmente ansioso em mudar alguns setores da vida. E você provavelmente, a essa altura do campeonato, já definiu alguns objetivos para o próximo ano, certo? Você pode até tomado decisões pessoais de ano novo, como perder peso, ir à academia, uma viagem, ou finalmente aprender um novo idioma.

Muito bem! Criar metas de início de ano é uma maneira de entender onde você quer chegar e o que quer conquistar. É traçar objetivos reais e estabelecer alguns meios de conquista-los em setores da vida, como o pessoal, educação e finalmente o profissional.

O desenvolvimento profissional é um dos mais importantes para quem possui a ambição de atingir objetivos de desempenhos específicos na carreira. No entanto, o desenvolvimento profissional acaba sendo ignorado quando as demandas do trabalho passam a tomar a maior parte do tempo. Por isso, que é importante estabelecer metas profissionais ainda no início do ano. Desse modo, você terá um rumo e diretrizes na carreira. E não ficará confuso ou perderá o foco no decorrer dos meses.

Mas por onde começar?

Primeiro comece perguntando a si mesmo: como posso fazer desse ano um período de desenvolvimento? Como posso me tornar um profissional mais valioso ao final do período de 365 dias? 

Você pode encontrar umas boas respostas, e compreender melhor os seus desejos, se fizer as duas perguntas citadas acima. Além disso, você também pode estipular algumas das cinco metas de desenvolvimento profissional contidas nesse post. Que tal tentar?

Apenas lembrando que alguns desses investimentos podem demorar algum tempo para dar resultados. O desenvolvimento profissional é uma evolução, um progresso. Não é um efeito mágico com resultados imediatos. Mas se você persistir até o fim as vantagens são enormes. Já que muitas pessoas se concentram apenas em ganhos rápidos e abandonam o resto, esse poderá ser o seu diferencial no mercado.

Aproveite e clique aqui para conferir 4 atitudes que você precisa tomar para crescer na carreira. 

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

1. Aprendizagem

Nada mais importante para o desenvolvimento profissional do que a educação! Criar metas de aprendizagem começa com a identificação das lacunas em relação ao seu conhecimento atual. É reconhecer as suas fraquezas em competências específicas, que se praticadas iram alavancar o seu crescimento na carreia.

Pergunte-se: existe aspectos no meu trabalho, na minha área, com as quais não estou suficientemente familiarizado? Estou desatualizado?

Tudo começa pela educação! O seu sucesso e desenvolvimento profissional dependem dos seus esforços nos estudos. Aprender deve ser algo constante. Nunca pare de estudar, de ser curioso e ávido por entender como o seu mercado de atuação funciona.

Que tal começar uma especialização? Talvez uma pós ou MBA! Ah, e tudo bem se você não souber a diferença entre os dois. Clique aqui para explicarmos melhor sobre essa diferença.

Aproveita e já veja a lista completa de cursos que o Unasp oferece para o seu desenvolvimento profissional. Clique aqui e confira! 

2. Networking

Criar uma boa rede de relacionamento no trabalho, também conhecida como networking, é muito importante. Hoje em dia o mercado está cada vez mais saturado e não basta apenas ser um bom profissional na sua área para ser reconhecido, é preciso ter indicações diretas.

O famoso Q.I, já ouviu falar? Pode parecer meio injusto, mas é assim que o mercado funciona. Às vezes não basta ser muito bom. São os contatos que garantem a possibilidade de crescimento profissional e até mesmo uma vaga de emprego.

Os relacionamentos são como o seu corpo, eles precisam de cuidado e treino. Lembre-se de praticar e cultivar. Dedique tempo para os seus relacionamentos profissionais. Seja um profissional pró ativo, faça perguntas, compartilhe suas experiências, exponha sua opiniões e esteja disposto a ouvir críticas construtivas. Também saiba expor suas inseguranças e preocupações de maneira sincera, mas cuidado para não soar exagerado. Peça conselhos e mostre-se disposto à aprender.

Descubra mias sobre a importância do networking e como desenvolver a sua rede de contatos clicando aqui. 

3. Marca pessoal

Sabe aquele velho ditado, “quem não é visto não é lembrado”? Um dos elementos-chave para o desenvolvimento profissional é o cultivo da sua marca pessoal. Essa é a maneira como você projeta a si mesmo para o mundo.

Quando você compartilha seus conhecimentos e experiências publicamente, a tendência é que você seja mais reconhecido pelo o seu trabalho. E isso não tem nada a ver com arrogância ou vaidade. Não confunda o desenvolvimento da sua marca pessoal com esnobismo.

Se nesse ano você compartilhar mais sobre o seu trabalho, maiores serão as chances de as pessoas o reconhecerem como um bom profissional. Desenvolver uma reputação de excelência não acontece de um dia para o outro. É um processo contínuo e pequeno, como de gotas em gotas, de grãos em grãos.

Mostre-se para o mundo! Dedique um tempo do seu dia para mostrar as suas conquistas e descobertas na carreira.

4. Criação

Muitas pessoas entendem o desenvolvimento profissional como uma forma passiva de melhorar habilidades. Isso é, buscar em outras pessoas, escolas e sites, as fontes para a evolução na carreira. No entanto, você sabia que aprendemos muito mais sobre um assunto quando o ensinamos para as outras pessoas?

Criar conteúdos e compartilhar suas ideais é uma forma preciosa de desenvolvimento profissional por dois motivos. De acordo com o palestrante Dorie Clark, “em primeiro lugar, o ato de escrever (ou dar palestras ou fazer um podcast ou criar vídeos) o obriga a cristalizar seu conhecimento em uma forma que é compreensível e atraente para os outros. Isso aguça seu próprio entendimento e o faz pensar mais profundamente sobre as questões.”

Portanto, coloque na sua lista a meta de criar e transmitir os seus conhecimentos para as outras pessoas. Seja através de aulas, blogs, podcasts ou rede sociais.

5. Mentoria profissional

Já faz algum tempo que a mentoria profissional passou a fazer parte do nosso contexto profissional. Essa é uma técnica desenvolvida por profissionais experientes para instruir os recém-formados a ingressarem no mercado de trabalho mais preparados em relação às suas escolhas pessoais e profissionais.

A Mentoria profissional nada mais é que uma ferramenta, ou técnica, de apoio profissional experiente. Ou seja, você conta com a ajuda e sugestões de um mentor(a), mais experiente e geralmente da mesma área de atuação que você. Ele irá orientar o início da sua carreira profissional para que você tome as decisões certas e comece a se desenvolver de maneira mais eficaz.

Um dos benefícios é a troca de experiências. Com o auxílio do mentor você entenderá o grau de dificuldade do mercado de trabalho, como a sua área funciona nele e quais são os passos para você ser bem sucedido.

Além disso, um dos benefícios mais importantes é o desenvolvimento do déficit. Isso quer dizer que o mentor irá avaliar você, seus conhecimentos e suas experiências. Depois da avaliação, indicará capacitações se for necessário, cursos ou até mesmo um intercâmbio para você se aperfeiçoar.

Que tal buscar o auxílio de um profissional para o desenvolvimento da sua carreira?

Conclusão

Lembre-se que o desenvolvimento profissional  é um investimento a longo prazo que requer não apenas tempo e esforço, mas também um planejamento cuidadoso. Por isso, crie suas metas, faça resoluções profissionais com um foco claro do que você que alcançar.

Busque sempre se lembrar daquelas duas perguntas que fizemos lá no começo desse post. Como posso fazer desse ano um período de desenvolvimento? Como posso me tornar um profissional mais valioso ao final do período de 365 dias? Serão elas que irão te guiar nas tomadas de decisões ao longo do ano.

Por fim, esperamos que você tenha uma jornada fantástica e que aprenda muitas coisas novas! Conta aqui para gente como estão as suas expectativas para esse ano 🙂

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!