Blog do Unasp

Seja trilíngue! Veja essas dicas para aprender a falar três idiomas

Ninguém mais duvida o quanto é importante aprender uma língua estrangeira. Mas que tal ser trilíngue? Dá pra ganhar tempo e aprender as duas de uma vez – confira como.

Passei meses num cursinho de inglês tradicional: fazendo atividades de livros, ouvindo CDs, ficando com câimbra na língua pra imitar o sotaque dos Estados Unidos… Ufa! Me tornei bilíngue. Admito que cai no velho engano de achar que o Inglês era suficiente para dominar o mundo! E quer um engano maior ainda? Achar que conseguiria me virar no Espanhol.

Quando conheci um grupo de argentinos eu até conseguia entender muita coisa que eles diziam, mas quando eu tentava falar saia o Inglês. Você pode dizer que é porque eu não estudei Espanhol, e está correto! Mas o problema é que eu também aprendi Inglês do modo errado.

Quando a gente aprende a “organizar o cérebro”, fica mais fácil aprender quantas línguas estrangeiras a gente quiser. Quer aprender duas ao mesmo tempo? Sem problemas. Ser trilíngue é fácil depois que a gente se lembra de como aprendeu Português.

Seja criança outra vez

Uma língua não é um conjunto de regras – é uma forma de ver o mundo. É por isso que algumas coisas não podem ser traduzidas: um povo vê no mundo coisas que a gente não vê, e vice versa. Lembra que eu disse que aprendi Inglês errado? Foi como se eu tivesse construído um segundo cérebro para tentar traduzir as coisas dentro da minha cabeça.

Não tenha medo de esquecer a belíssima Língua Portuguesa, mas temos que voltar a ser criança. Primeiro a gente só ouvia, sem se preocupar se estava entendendo tudo; depois a gente começou a falar errado e todo mundo entendia; depois a gente começou a ler (com demora) e escrever (com um monte de erro ortográfico).

Pra ser trilíngue, faça de conta que é uma criança num país com três línguas diferentes. Primeiro ouça três formas diferentes de se expressar, depois tente falar dessas três formas. Aprender a ler, escrever e seguir a gramática vai ser uma consequência.

Admita: mesmo em Português você não tudo que ouve e lê, e sempre acaba escapando um erro na hora de falar e escrever. Nas outras duas línguas é igual. Não tenha medo de errar.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Esqueça o Google tradutor

Essa ferramenta é boa pra salvar nosso pescoço de vez em quando, mas não é o ideal para estudar. A Universidade Oxford tem um belo dicionário online da Língua Inglesa. Por sua vez, a Academia Real Espanhola tem um ótimo dicionário online de Língua Espanhola. A vantagem deles é que explicam o sentido das palavras em vários contextos.

Quase todo mundo traduz “lunch” do Inglês para “almoço”: está errado. Oxford explica: os países de Língua Inglesa fazem apenas uma pequena refeição no meio do dia, rápida e informal, como um sanduíche (diferente do nosso almoço, que é uma refeição completa)

Quase todo mundo acha que “pelota” do Espanhol é o mesmo que “bola”: está meio certo. A Academia Real explica: no Espanhol a palavra “bola” dá nome a objetos esféricos em geral, e “pelota” são as bolas de plástico e/ou borracha usadas nos esportes (diferente do Português, que usa a palavra bola pra tudo).

Se convenceu de que não adianta traduzir?

Curso convencional, pero no mucho!

É bem verdade que levamos anos para aprender todas as competências da nossa primeira língua (ouvir, falar, ler e escrever) – no mundo real, a gente precisa aprender o mais rápido possível. Para isso tem organizar o tempo e a grana.

O blog do Unasp já deu dicas poderosas para estudar outras línguas online e de graça: confira aqui o Inglês e o Espanhol. Para ser trilíngue mesmo, separe pelo menos três momentos por semana para estudar a fundo. Separe um tema da área que você estuda e/ou trabalha (segurança na escola para quem é da Pedagogia, por exemplo), e estude aquilo nas duas línguas estrangeiras.

Se estiver no nível iniciante, aprenda palavras-chave nas duas línguas e frases simples. Se estiver num nível a partir do intermediário, pegue textos de jornais, documentários, e escreva dois textos com o resumo do que você entendeu. Sempre nas duas línguas. Vai alternando: Inglês-Espanhol, no outro dia Espanhol-Inglês…

Outra dica que parece boba, mas ajuda muito: sempre que descobrir uma palavra nova, escreva à mão 10 vezes. Acredite: escrever à mão è a melhor forma de memorizar um conteúdo.

Três dias de estudo sério, mas é importante manter contato com a língua todos os dias. E dá pra fazer isso se divertindo. Todo mundo gosta de alguma série de humor americana, com episódios de só 20 minutinho. É aquela mesma que você assistia dublada e já sabe as falas de cor. Comece a reassistir com o áudio original em Inglês, e depois dublada em Espanhol.

Até quando devo estudar? Pra sempre, for ever, por siempre

A cada dia você descobre uma coisa nova na Língua Portuguesa, é ou não é? Ser trilíngue é estar disposto a aprender três novas coisas todos os dias, por isso mesmo que é tão fascinante. Estudar Inglês e Espanhol com conteúdo da sua área, três vezes por semana, é uma forma de acelerar o aprendizado daquilo que o mercado quer. Mas eu tenho certeza que você quer muito mais.

E pode muito mais. Até logo, see you soon, hasta pronto!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!