Formandos de Direito do Unasp Engenheiro Coelho buscam mundo mais igualitário

Notas Formatura

Escrito por

Thamires Mattos

Publicado em

16 dez 2019

Crédito imagens

Aicom

A cerimônia foi marcada por falas que enfatizaram a dignidade de todos os seres humanos

O bacharelado em Direito do Unasp Engenheiro Coelho formou novos profissionais na tarde do último domingo (15). A cerimônia foi marcada por falas emocionadas e focadas na dignidade e igualdade entre todos os seres humanos.

A programação foi aberta com as palavras do Diretor Geral do campus, Pr. Antônio Marcos Alves. Ele celebrou a qualidade dos profissionais formados pela instituição, e exaltou a qualidade do curso: “Está entre os melhores do Brasil”. Além do Diretor Geral, a mesa contou com a presença dos professores do bacharelado, representantes da Reitoria, do coordenador do curso, Me. Filipe Piazzi, e do Diretor Acadêmico do Unasp Engenheiro Coelho, Dr. Francislê Neri.

O orador da turma, Gabriel Borges, relembrou bons momentos da turma. Ele enfatizou que o relacionamento entre docentes e estudantes foi essencial para a redefinição de prioridades na vida de cada um. De “presunçosos”, aprenderam, através das dificuldades, a exercer a humildade e o serviço. “Ficamos deslumbrados e estarrecidos com a beleza da legislação”, confessa. Borges também frisa que os valores fundamentais do Poder Judiciário são embasados em igualdade e fraternidade – princípios que não podem sair da mente dos novos profissionais. Além disso, o formando declara que a responsabilidade é essencial em todos os trabalhos empenhados no futuro, para que a busca por uma realidade adequada e justa a todos seja bem sucedida.

Já a professora paraninfa, Ma. Edel Quirino, se emocionou em seu discurso. Ela reforçou que a sabedoria para viver é essencial a tudo, e compartilhou a “fórmula da vitória”: confiança em Deus, honestidade e garra. “Aqui no Unasp, os alunos não ganham apenas conhecimento, e sim um tratamento muito humano”, afirma Edel. O coordenador do curso, Me. Filipe Piazzi, enfatiza que servir a sociedade e combater injustiças em busca de um país mais justo é a missão dos novos formados.