Centro de pesquisa Ellen White realiza exposição sobre Conferência Geral em Minneapolis

Cultura e Ciência

Escrito por

Milena Martins

Publicado em

07 mar 2019

Crédito imagens

Milena Martins

Minneapolis foi sede da Conferência da Igreja Adventista do Sétimo Dia no ano de 1888

Dados históricos são memórias preservadas para aprendizado das próximas gerações. Para a conservação da história, a Associação Geral da Igreja Adventista do Sétimo dia criou o “White State”, nomeado em homenagem a escritora e pioneira da igreja, Ellen G. White. Nele concentra-se memórias que remontam o início da IASD no mundo.

No Brasil, o Centro de Pesquisa Ellen White, localizado no Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, resguarda parte do histórico da vida dos pioneiros adventistas que deram início a esse movimento mundialmente e no Brasil. O Centro está dividido em três espaços: acervo de livros e manuscritos originais, escritos por pioneiros da Igreja Adventista; museu, com peças originais e até móveis da casa dos pioneiros; e a parte de pesquisa e artigos.

Todos os anos, são feitas exposições que remetem a algum marco da história tanto na Igreja como na Educação Adventista. Um exemplo foi a exposição em comemoração aos 120 anos da Educação Adventista. O Centro Whitte organizou um material contendo a história dos grandes nomes fundadores da filosofia educacional adventista.

Em novembro de 2018, o instituto organizou uma mostra em memória aos 130 anos da Conferencia Geral de 1888, em Minneapolis, um marco na história da Igreja Adventista.

Minneapolis

Minneapolis é a cidade mais populosa de Minnesota, nos EUA. A cidade tem o apelido de “Cidade dos Lagos”, devido aos 24 lagos em todo o território. A abundância de água também dá origem ao nome Minneapolis.

A Assembleia

A conferência realizada em Minneapolis tinha uma grande questão a resolver. Os líderes da IASD precisavam entrar em um consenso sobre a justificação pela fé. Parte deles acreditava nessa doutrina e outra não.

O colapso dessas ideias poderia causar a divisão da igreja. O assunto falado nos corredores das igrejas e em toda reunião era o da mensagem da justificação pela fé e a divergência na compreensão trouxe tensão e rivalidade entre os fiéis. A presença de Ellen White foi essencial para a diminuição da tensão em Minneapolis. Daquele lugar saíram pessoas com a certeza da mensagem e alguns especialistas ainda definem a reunião como um ponta pé para as missões em todo o mundo.

Exposição

Para os curiosos em conhecer mais sobre a história da IASD, a exposição no Centro Whitte estará aberta para visitações até o segundo semestre deste ano. O funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 13h as 17h. Aos domingos, as visitas acontecem no período da manhã das 9h as 12h.