Aula Magna do Mestrado do Unasp incentiva alunos à Pesquisa Científica

Cultura e Ciência

Escrito por

Mairon Hothon

Publicado em

26 ago 2019

Crédito imagens

Jonathan Gonçalves

Turma de professores e alunos ingressantes e concluintes do Mestrado em Educação do Unasp. Aula Magna deu início ao semestre letivo.

Na abertura do semestre letivo do Mestrado Profissional em Educação do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), o incentivo foi para os novos alunos se tornarem futuros pesquisadores científicos. A Aula Magna que contou com os estudantes que já estão concluindo o curso e com os ingressantes aconteceu na manhã desta segunda-feira (26) no auditório da faculdade do campus Engenheiro Coelho.

Professor Dr. Paulo Gomes Lima, da UFSCar, palestrou sobre a importância da pesquisa científica e as orientações para o bom desempenho no dia a dia dos mestrandos.

Ministrada pelo professor Dr. Paulo Gomes Lima, que atua como docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos, campus de Sorocaba, a aula orientou o passo-a-passo aos estudantes que agora ingressam em uma pós-graduações stricto sensu. Assuntos como ética e plágio, construção de uma mentalidade do eu-pesquisador, cobranças em um mestrado e postura do discente fez parte das informações compartilhadas.

“Encarar um mestrado e um doutorado exige muito de nós enquanto alunos e o passo para o sucesso é a disciplina nos estudos e na vida pessoal. Para cada pessoa que ingressa numa pós-graduação espera-se que ele também se torne um pesquisador, que tenha as habilidades necessárias, para que assim seus trabalhos não passem no vão duma apresentação, mas transforme a comunidade a sua volta”, comentou o professor.

Com duração de dois anos, começou nesta segunda-feira a quarta turma de alunos do Mestrado em Educação do Unasp. Estruturado sob uma linha de pesquisa que fomenta a Formação de Professores e Gestores Educacionais.

Profª Dr. Gildene do Ouro coordena o Mestrado em Educação do Unasp que oferece anualmente 20 vagas para estudantes regulares ou em sistema especial.

“Nosso curso de mestrado é reconhecido pelo MEC não apenas pela qualidade do corpo docente e estrutura curricular, mas pelo nível dos trabalhos já apresentados. Nosso objetivo é favorecer o desenvolvimento acadêmico, instrumentalizando os professores para uma atuação profissional consoante às questões contemporâneas que transitam no cenário educacional”, ressalta a coordenadora do Mestrado, profª Dr. Gildene do Ouro Lopes.

Quem está vindo de longe para se aperfeiçoar é Lacy Bubna, que percorreu 850 km de Florianópolis (SC) a Engenheiro Coelho (SP) para o início do semestre letivo. Junto com suas amigas, a diretora de uma escola da rede adventista na capital catarinense ressalta a importância do crescimento intelectual que o mestrado vai oferecer.

“Eu já tenho 33 anos na área pedagógica, seja como professora ou atualmente como gestão, e sempre foi um sonho alcançar o titulo de mestre na minha área. Já fiz diversas pós e especializações, mas é o mestrado que nos amplia a mente e nos torna mais independentes como pesquisadores científicos. Essa nova etapa vai refletir diretamente na minha profissão”, destaca.

Outra aluna que também vai enfrentar o desafio de trabalhar e estudar é a professora de História Thaís Silva, formada há quatro anos. Em suas palavras, fazer um mestrado é requisito básico para continuar atuando no mercado.

“Eu creio que só uma graduação, no atual quadro brasileiro, é insuficiente para um profissional continuar no mercado de trabalho. O mestrado te dá um status necessário para você aprender a ser um pesquisador e assim passar esse conhecimento para outros alunos. Meu maior desafio será equilibrar essa dupla jornada, mas desafio aceito”, sorri a jovem carioca.

O Mestrado Profissional do Unasp tem reconhecimento pela Capes e abre anualmente 20 vagas para estudantes regulares e em regime especial. Para mais informações mande um e-mail para [email protected] ou ligue nos telefones: (19) 3858-9477 ou (19) 3858-9543