Blog do Unasp

O Terceiro Setor está em alta. Entenda mais sobre ele e se especialize!

Com o mercado aquecido pelas novas oportunidades do terceiro setor, as chances de emprego aumentaram. No entanto, possuir uma especialização focada na área e entender o nicho é essencial para todos os profissionais.

Está se tornando cada vez mais comum encontrar profissionais e estudantes que buscam atuar e desenvolver as suas habilidades em empresas do terceiro setor. ONGs passaram a ter mais visibilidade, as pessoas estão mais engajadas em causas sociais, o mundo jogou os holofotes no voluntariado. Logo, não é à toa que este segmento está em alta e cheio de oportunidades de atuação.

O interesse pela área fez com que o mercado de trabalho se ampliasse, assim como o mercado educacional. Ou seja, a partir de agora, além das novas vagas de emprego no terceiro setor, também já é possível se especializar no assunto através de cursos, como uma pós-graduação.

Os cursos voltados para o terceiro setor surgiram pela necessidade de especialização dos profissionais que trabalham na área. Afinal, é notável a participação de diversos profissionais em Instituições do terceiro setor. No entanto, todos os profissionais precisam entender como funciona atuar em uma empresa do terceiro setor. É preciso aprender, para assim, aplicar os seus talentos e conhecimentos individuais em prol de uma causa.

Vamos conversar mais sobre o assunto?

O que é terceiro setor?

Terceiro setor é o termo utilizado para classificar um conjunto de instituições, associações, organizações não governamentais e entidades sem fins lucrativos. Sendo assim, o foco desses negócios é atuar em prol do bem-estar social e também da cidadania.

Todos os negócios ao redor do mundo são classificadas em mais dois setores. O primeiro setor é aquele composto pelas instituições que se encontram sob controle do governo federal, estadual e municipal. Já o segundo setor são aquelas empresas de capital privado, que são usadas para obter lucro. E, então, temos o terceiro setor.

Para se encaixar no terceiro setor as instituições precisam possuir características específicas, como:

  • constituição formal;
  • estruturas básica não governamental;
  • gerência própria;
  • atividades sem fins lucrativos.

Do ponto de vista jurídico, as entidades do terceiro setor serão sempre em forma de associação ou fundação. Você sabe a diferença?

Associação

Nessa categoria, as pessoas se reúnem para fins não econômicos. Dessa forma, não ocorre divisão de lucros entre os participantes da entidade. Além disso, tais institutos são constituídos por Estatuto Social, atuando nas áreas voltadas para assistência educacional, ambiental, social, médica e outras.

Fundação

Já na fundação, a atuação ocorre por meio de bens ou direitos. Então, possuem personalidade jurídica direcionada para fins filantrópicos, tendo as suas atividades financiadas por instituições.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Crescimento do terceiro setor no país

Durante muitos anos, o Brasil enfrentou dificuldades na regulamentação das relações entre as organizações do terceiro setor e a administração pública, pois não existiam normas gerais que regulassem de forma padronizada as parcerias que eram firmadas entre a administração pública e essas organizações. Em outras palavras, não existia uma lei que tratasse especialmente sobre essas parcerias.

A ausência da legalização comprometeu durante muitos anos o trabalho realizado pelas organizações do terceiro setor. Afinal, não era possível verificar com transparência as verbas que recebiam, a forma como as entidades prestavam contas para a administração pública e a qualidade dos serviços prestados.

Finalmente, em 2014, foi aprovada a Lei nº 13.019/2014, conhecida como o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC), que estabelece e regula no âmbito jurídico as parcerias entre a Administração Pública e as Organizações da Sociedade Civil, para trabalharem em cooperação mútua em busca de interesse público e recíproco.

Desde então houve um grande crescimento do terceiro setor no Brasil. As atuais características econômicas, culturais e sociais do país também podem ser indicadores da vasta criação de organizações que pertencem ao terceiro setor. Além de um território extenso e da estrutura social que já mantém essas organizações, há indícios do crescimento e surgimento de novas entidades no Brasil.

Oportunidades de crescimento profissional

O mercado, seja de qual setor for, vive em busca de profissionais qualificados. Sendo assim, especializar-se numa área em alta pode ser a sua chance de se diferenciar.

O trabalho voluntário, além de envolver uma missão e amor por uma causa, também requer aspectos mais práticos e gerenciais. Unir a paixão e motivação de colaborar em causas sociais, com a organização e percepção gerencial é uma fórmula que costuma gerar bons resultados.

Pensando nisso o MBA em Gestão de Voluntariado e Projetos Sociais do Unasp, surgiu com o propósito e em resposta à necessidade dos líderes em capacitar-se para explorar de maneira efetiva e impactante. Oferecendo disciplinas relacionadas à formação do líder, sua capacidade de gerar comprometimento nas pessoas, e suas habilidades de planejamento e gerenciamento de projetos.

O principal objetivo do curso é capacitar pessoas envolvidas em programas de voluntariado a desenvolverem pessoas. E dessa forma, influenciarem-nas positivamente a alcançar de maneira eficiente e eficaz os resultados propostas em seus projetos.

O curso é voltado especialmente para líderes envolvidos com projetos de voluntariado em todos os níveis organizacionais e institucionais em setores empresariais, educacionais e religiosos. No entanto, não são apenas líderes que podem fazer a pós-graduação, mas também todos que estejam interessados em uma especialização na área.

Além disso, durante a especialização você irá se deparar com disciplinas como: 

  • Estudos Aplicados e Práticas Profissionais;
  • Liderança e Alcance de Resultados;
  • Fundamentos da Administração;
  • Gerenciamento de Projetos;
  • Fundraising e Marketing Social;
  • Liderança e Mobilização de Voluntários;
  • Modelos de Voluntariado Empresarial e Estudantil;
  • Organização, Orçamento e Prática de Projetos Sociais;
  • Responsabilidade Social Corporativa e Sustentabilidade.

O MBA em Gestão de Voluntariado e Projetos Sociais  é uma boa opção de alavancar a sua carreira. O que achou da área? Saiba mais sobre o curso e venha para o Unasp!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!