Blog do Unasp

Está passando por uma crise na carreira? Avalie o seu Mindset.

O mindset é a maneira como compreendemos e julgamos as coisas à nossa volta, o que por consequência norteia as nossas ações no dia a dia profissional e pessoal. Talvez esteja na hora de você reavaliar o seu.

O modo como você vê o o mundo é formando por uma ampla rede de crenças e valores. Como uma teia de aranha ou um mapa, em que nele está contido tudo o que você aprendeu sobre diversos âmbitos da vida. O mindset é o modo dominante de como vemos o mundo e como a nossa mente está configurada para funcionar. Em termos práticos, o conceito significa o conjunto de atitudes mentais que influencia diretamente no nosso comportamento e pensamentos.

O mindset funciona para compreendermos e julgarmos as coisas à nossa volta, o que por consequência norteia as nossas ações no dia a dia profissional e pessoal. Por isso a melhor comparação do mindset é um mapa. E sendo ele, portanto, um mapa é necessário conhecer bem qual é o seu mindset atual. Quem sabe ele precise de alguns ajustes para que você possa avançar nos seus objetivos. Afinal, se você estiver perdido no seu mapa muito dificilmente conseguirá chegar ao tesouro.

A importância de reavaliar as suas perspectivas de vida

Quando começamos a trabalhar ou quando optamos por uma faculdade, nem sempre sabemos ao certo o que desejamos. Às vezes podemos ter uma ideia um pouco mais concreta, outras mais parcial e às vezes podemos estar totalmente perdidos. A curiosidade ou as interferências externas (como pais, amigos, mercado, etc) podem acabar no influenciando a fazer certas escolhas que não são necessariamente aquilo que queremos.

Também pode acontecer de mudarmos com o tempo. Isso é bastante normal. Aquilo que sempre sonhávamos acabou mostrando-se o contrário do que desejamos. Essa encruzilhada, entre as nossas escolhas passadas e os nossos desejos do presente, pode ser muito perturbadora, mas ao tempo pode ser a grande chance de reavaliarmos o nosso mindset. De mudarmos o curso do nosso mapa.

Por isso, é muito importante ser sincero consigo mesmo. E se for necessário mudar certos pontos da vida, bem… bóra lá!

Descubra a sua missão

Missão de vida é o propósito da sua existência. É a sua razão de ser, é aquilo que você quer promover para o mundo, é reconhecer os seus talentos e habilidades e o que você quer realizar nesta vida. Ter uma missão é como saber usar uma bússola. Ela irá te ajudar a ler o mapa com mais facilidade e te ajudará a desviar dos erros de navegação. A sua missão irá te guiar no seu Mindset.

Faça essas perguntas a si mesmo, elas te ajudarão a elaborar a sua missão:

• O que você realmente gosta de fazer?

• No final do dia, quando você está esgotado, o que você faz e diz que valeu todo o esforço? Pelo o quê valeria à pena sentir-se cansado?

• Qual são os seus diferenciais? O que distingue você das outras pessoas?

• O que faz o seu coração vibrar?

• O que te inspira, o que te faz querer compartilhar algo, o que você quer passar para as outras pessoas?

Após responder essas perguntas elabore uma frase curta dizendo qual é a sua missão. Depois de fazer isso lembre-se de ler essa frase sempre que puder, se puder decorar ainda melhor!

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Está na hora de tomar um café consigo mesmo

Não toma café? Então tome um chá ou um suco. Isso pode ser no sentido figurado ou real. A questão é, reserve um tempo para conhecer um pouco melhor a si mesmo. Assim como você marca para comer ou tomar algo com uma pessoa para conhecê-la melhor, faça o mesmo por você.

Conhecer a si mesmo irá fazer você se sentir mais confortável em sua própria pele. Tirará o peso de nadar contra os seus extintos. Irá reduzir o estresse e ansiedade. Afinal, você nunca fará algo significativo na vida até que saiba quem realmente você é.

Lembre-se, você não é uma marca, não é quantidade de seguidores nas redes sociais ou aquilo que as pessoas pensam sobre você. Não deixe as influências externas abafarem a pessoa que você é.

Aproxime o seu Eu Real do Eu Ideal

O seu Eu Real é o que você é hoje, o seu Eu Ideal é aquilo que você projeta para a sua vida. Normalmente esses dois “eus” estão muito distantes um do outro. E quando isso acontece há um atrito interno que pode te deixar triste e desmotivado.

Algo que pode te ajudar é avaliar a sua situação atual e detalhar o que você deseja e o que você faz. Ao confrontar essas duas perspectivas você poderá encontrar respostas para as suas dúvidas e soluções. Encontrei um exercício muito bom da coach Andreia Leonor no livro Orientação Vocacional & Coaching de Carreira. Selecionei algumas perguntas do exercício para você praticar.

1. Desenhe seu Eu Ideal

a) O que você gostaria de alcançar?

b) No que gostaria de ser bom?

c) Quais qualidades, competências ou talentos você gostaria de ter?

d) Quem você quer ser?

2. Avalie se Eu Real

a) No que você é bom?

b) O que você faz atualmente, combina com o que você deseja?

c) Quais são as suas competências, qualidades e talentos?

d) No que você acredita sobre si?

3. Planeje sua mudança

a) O que é preciso desenvolver para atingir seu eu ideal?

b) O que você precisa mudar adquirir ou aprender para atingir seu eu ideal?

4. Pratique novos comportamentos

a) Que oportunidades você tem para testar e praticar os novos conhecimentos?

b) Que experiência podem ajudar a obter a mudança e os resultados desejados?

Problemas precisam ser solucionados, não escondidos

Há algum problema? Ótimo, você precisa resolver. Não queira fugir ou esconder os seus problemas. Isso só irá prejudicar a você mesmo. Às vezes temos essa mania de colocar tudo pra debaixo do tapete e esperar que as situações mudem sozinhas. Só que isso nunca vai acontecer se você não encarar o problema de frente e tirá-lo do seu caminho.

Identificar onde está o problema é essencial para você encontrar as melhores soluções e respostas. Coloque todos os seus medos, angústias em uma folha de papel. Analise bem, depois tente pensar em soluções para esses problemas. Esse exercício irá ajudar a organizar os seus pensamentos e você identificará aquilo que realmente te incomoda e quais soluções para eles.

Hora de escolher novos caminhos

Chegou a hora! Você pode ter adiado por um tempo, mas não tem mais jeito, você precisa desbravar novos caminhos. Após bater um papo consigo mesmo, enfrentar os seus medos, encontrar a sua missão e projetar o seu Eu Ideal, provavelmente você chegará à conclusão que é preciso fazer algumas mudanças. Por onde começar?

Bem, comece fazendo uma lista de tudo o que você já quis e agora não quer mais. E não só no âmbito material, mas também sentimental, de carreira e até ideológico. Qual roupa não te cabe mais? Qual relacionamento não te faz bem? Essa carreira já não faz mais sentido? Talvez a carreira ainda faça sentido o que te prejudica é o seu atual emprego. Enfim, liste tudo que você quer tirar da sua vida. Nada como uma boa faxina interna.

“Antes da batalha, o planejamento é tudo. Assim que começa o tiroteio os planos são inúteis.” – Dwight Eisenhower

Faça um plano e estabeleça metas

O pensamento acima resume muito bem a importância de um plano. Antes de tomar decisões precipitadas em relação a sua carreira é necessário fazer uma análise profunda e criar um plano de ação. E um plano não pode ser algo intangível, apenas uma ideia na sua cabeça. Tem que ser programado e bem claro. Descreva em um papel ações que sejam claras, específicas, tangíveis, atingíveis, relevantes e temporais. Depois coloque prazos para iniciar cada uma dessas ações. Colocar datas te ajudará a evitar a procrastinação. Com datas definidas vá lá e faça.

Um exemplo:

• Do dia 17/06/18 até o dia 17/07/18 vou identificar qual trabalho faz sentido para mim, vou fazer a minha missão e reavaliar as minhas escolhas

• Do dia 18/07/18 até o dia 30/07/18 vou procurar novos cursos para ampliar meus conhecimentos e alavancar a minha carreira.

• Até o segundo semestre de 2019 irei mudar de emprego.

• Em 2021 farei um intercâmbio para aprender o inglês.

E assim por diante…

Viu? É assim que se faz um plano, definindo bem as metas e colocando datas para fazê-las.

Agora é com você, trabalhe o seu Mindset

Você precisa estar disposto a desenvolver o seu potencial. Afinal, você é a única pessoa que pode fazer isso. Conheça melhor a si mesmo, reconheça as suas habilidades e use-as a seu favor. Descubra suas fragilidades e aprenda a lidar com elas. Olhe para o seu mapa mental e veja onde você se perdeu, estabeleça uma nova rota e siga para o seu objetivo. E não se engane, o mindset é progressivo, você sempre terá que avaliar e rever as suas escolhas e a maneira como você encara o mundo. Esse é um trabalho para vida toda! No entanto, vale muito a pena. Os resultados são incríveis e te ajudarão a ser a pessoa e profissional que você sempre quis ser.

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!