Unasp possui três espaços de preservação de patrimônio

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

19 maio 2014

Espaços para preservação de patrimônio da humanidade, mais conhecidos como museus, tem seu dia de comemoração em 18 de maio. Arte, História, manifestações culturais e tantas outras formas de expressões do homem tem um lugar e um dia especial. Segundo Janaina Xavier, mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural, “é importante existirem espaços como esses para preservarmos nossa cultura, história e patrimônio”.

A visitação a museus independe de formação acadêmica, da área de atuação, faixa etária ou classe social. “Qualquer universitário deve frequentar museus com uma certa periodicidade, porque isso acrescenta na formação dele como cidadão, como ser pensante”, enfatiza Janaina, que realiza o segundo mestrado em Musiologia.

O Unasp-EC possui três espaços para preservação de patrimônio. O Centro White, um espaço de pesquisa que guarda parte do patrimônio bibliográfico da escritora cristã Ellen White. Há cartas, livros e representação da memória do adventismo no mundo. No mesmo ambiente, também existe o Centro Nacional da Memória Adventista, que preserva documentos, periódicos, acervos, fotografias, mobiliários e objetos relacionados à história do adventismo no Brasil. Ambos foram inaugurados em 1987.

Localizado na Biblioteca do Unasp-EC, está o Museu de Arqueologia Bíblica Paulo Bork, voltado para a cultura material dos povos bíblicos do Oriente Médio. Contém objetos, moedas e ferramentas que contam as histórias da época. Este existe desde 2000.

Janaina aproveita para fazer sugestões de visitas à alguns museus que, na opinião dela, são indispensáveis.

Pinacoteca de São Paulo

Funcionamento: terça a domingo das 10h às 17h30 com permanência até as 18h, às quintas até as 22h. Ingressos: R$ 6, gratuitos às quintas, após às 17h e sábados o dia todo. Estudantes com carteirinha pagam meia entrada. Crianças com até 10 anos e idosos maiores de 60 anos não pagam.

Museu da Língua Portuguesa

Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h, sendo que na última terça-feira do mês o museu fica aberto até às 22h (a bilheteria fecha às 21h). Ingresso: inteira: R$ 6, meia: R$ 3.

Museu AfroBrasil

Horário de Funcionamento: terça a domingo, das 10h às 17h (permanência até às 18h). Na última quinta-feira de cada mês, o museu permanece aberto até às 22h para visitação noturna. Entrada gratuita.