UNASP Hortolândia vai gerar vagas de estágio remunerado para estudantes

Profissão e Mercado

Escrito por

Sabrina Girotto

Publicado em

22 ago 2018

Lélio Lellis, idealizador do programa e diretor geral do Unasp Hortolândia, explica o projeto aos alunos.

Na última segunda-feira (20), aconteceu no UNASP Hortolândia o lançamento do projeto Profissional do Futuro. Um programa inédito direcionado aos graduandos do Ensino Superior da instituição e idealizado pelo diretor geral Dr. Lélio Lélis. Seu objetivo principal é ampliar a ligação entre o estudante e o mercado de trabalho, na forma de estágios remunerados.

Entenda o projeto

O programa Profissional do Futuro quer preparar os universitários para o mundo empresarial. Ele tem três colunas de sustentação; a acadêmica, a de bem-estar ou psicologia organizacional e a de coaching ou monitoria.

Na graduação, os alunos interessados passam por um processo seletivo. Aos que passam desta primeira fase, é oferecido um estágio remunerado na área de estudo do aluno. Ao concluir a graduação, é oferecida uma bolsa de estudos para cursar uma pós-graduação ainda no campus Hortolândia, enquanto dentro da empresa, esse aluno tem a possibilidade de ser efetivado. Durante esses três anos na empresa e consequentemente dentro do projeto Profissional do Futuro, o aluno terá um aconselhamento profissional com professores do UNASP Hortolândia.

Mais de 50 alunos já foram selecionados para participarem do programa Profissional do Futuro neste semestre.

Este semestre a instituição já selecionou mais de cinquenta alunos para participar do programa, mas assim que novas parcerias com empresas forem sendo criadas, as vagas devem aumentar.

Uma história de superação

O programa Profissional do Futuro é novo, porém, esse apoio que a instituição destina ao discente vem sendo oferecido pelo colégio já há muito tempo. Desde a inauguração da instituição, em 1949, os alunos interessados têm a oportunidade de serem colaboradores do Unasp Hortolândia, expandindo sua mente e acrescentando experiência a sua formação acadêmica. Foi o que aconteceu com o ex-aluno e atual professor universitário Gregory Oliveira.

Gregory chegou ao Unasp no ano de 2011 para cursar Técnico de Informática no ensino médio. Começou trabalhando no Complexo Esportivo, nada relacionado a sua área. Mesmo assim, o jovem estudante já entendia sua responsabilidade como servidor. Após um ano e graças a sua garra e insistência, Oliveira recebeu a oportunidade de ir trabalhar em diversos setores de tecnologia.

Sempre demonstrando interesse em aprender mais, o aluno, recebeu uma proposta para se tornar um estagiário remunerado do colégio. Em suas palavras: “com aquela oportunidade, a administração do colégio começou a me enxergar de forma diferente. Foram eles que iniciaram um plano de futuro para mim, como colaborador Unasp” contou.

Diretor conta a história de Gregory Oliveira, sua trajetória de estudante do ensino médio à professor universitário.

Mestrado

Hoje, com apenas 24 anos de idade, Gregory Oliveira concluiu seu mestrado em Informática. Ele que, em sua infância sofreu com uma família desestruturada, hoje tem a oportunidade de repassar seus conhecimentos para os mais de 230 alunos. Apesar da pouca idade, Oliveira tem em mente o quão importante foram os anos de estagiário vividos no Unasp Hortolândia, na sua formação acadêmica. E aconselha seus alunos:  “o mercado de trabalho pode te remunerar de duas formas. Com o dinheiro e com a experiência. Se durante a faculdade o aluno se preocupar em adquirir experiência, sem se prender ao dinheiro, no futuro o mercado lhe recompensará com a monetização”.

“É exatamente por isso, que o programa Profissional do Futuro foi criado. Para que as oportunidades do graduando do UNASP Hortolândia, sejam expandidas, na hora de ingressar no mercado de trabalho”, acrescentou o diretor Lellis.