UNASP é eleito para compor o Conselho Municipal do Meio Ambiente em Itapecerica da Serra

Impacto Social

Escrito por

Aira Annoroso

Publicado em

13 abr 2021

Crédito imagens

Prefeitura Municipal de Itapecerica da Serra

Representantes do Conselho Municipal do Meio Ambiente em Itapecerica da Serra, incluindo docentes do UNASP.

O UNASP é o novo representante do Conselho Municipal do Meio Ambiente (CMMA) em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, através dos biólogos e docentes do UNASP, dr. Enios Duarte (titular) e Aguinaldo Jacob (suplente).

A eleição, feita na última semana (6), contou com a presença do secretário de Planejamento de Meio Ambiente, Gilberto Pascom Jr, do vereador Fabio Santana e seu assessor Elias Soares de Souza, além da participação dos munícipes, que contribuíram fazendo sugestões.

No CMMA os professores do UNASP irão atuar como conselheiros participando das discussões, recomendações e votos relacionados aos temas ambientais que ali serão apresentados. “Acreditamos que a nossa participação no conselho irá contribuir com a percepção técnica e científica para as discussões e encaminhamentos que competem ao CMMA”, afirma Enios Duarte, que também é coordenador do curso de Ciências Biológicas do UNASP.

COMO FUNCIONA O CONSELHO MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE

CMMA na última semana (6).

Duarte explica que o Conselho Municipal do Meio Ambiente (CMMA) é um órgão colegiado com a finalidade de assessorar a prefeitura, representado pela Secretaria de Planejamento e do Meio Ambiente da cidade de Itapecerica da Serra. Além de ser consultado, tem autoridade para decidir o que diz respeito às questões ambientais.

O conselho é responsável por propor projetos para a Política Municipal do Meio Ambiente e de Recursos Hídricos; colaborar com os órgãos de planejamento nos estudos sobre uso, ocupação do solo urbano; propor e incentivar ações de caráter educativo para a promoção de desenvolvimento sustentável, através de programas de educação ambiental.

COMPROMISSO COM AS QUESTÕES SOCIOAMBIENTAIS

“Ao participar de um órgão tão relevante para a implementação de políticas públicas ambientais num município, o UNASP possibilitará uma aproximação efetiva da instituição de ensino superior com os espaços de ação e execução de atividades voltadas para questões ambientais”, afirma Duarte, coordenador do curso de Ciências Biológicas do UNASP, e representante titular da instituição no CMMA.

Segundo ele, essa aproximação do UNASP com as questões socioambientais de um município, poderá gerar parcerias no campo de extensão e pesquisa, beneficiando os alunos da instituição. “Isso poderá corroborar com a formação dos discentes que atuarão nas áreas interdisciplinares sobre as questões de meio ambiente e sustentabilidade”, acrescenta Duarte.

Apesar da participação do UNASP ser recente no Conselho, Duarte e Jacob já estão se organizando com a Secretaria do Meio Ambiente para o auxílio no desenvolvimento de projetos como: ações de educação ambiental em parques e escolas, desenvolvimento de hortas comunitárias, e realização de levantamento de fauna e flora de determinadas áreas do município.