Toque de Saúde: pesquisadores do UNASP realizam estudo que mostra a relação da Síndrome Metabólica com o estilo de vida

Acontece no Unasp

Escrito por

Aira Annoroso

Publicado em

09 set 2020

Dra. Cristina Zukowski, Me. Ana Denise Brandão e Dr. Elias Porto, do Mestrado em Promoção da Saúde.

Pesquisadores do Mestrado em Promoção da Saúde, do UNASP, realizaram um estudo sobre Síndrome Metabólica – que inclui hipertensão arterial, nível elevado de açúcar no sangue, excesso de gordura corporal em torno da cintura e níveis de colesterol anormais – e estilo de vida. Os resultados da pesquisa foram discutidos hoje (09), ao vivo, no programa Toque de Saúde, da UNASP FM. A discussão foi intermediada pela Dra. Cristina Zukowski, com a participação dos profissionais de saúde Dr. Elias Porto e Me. Ana Denise Brandão.

“Durante a pesquisa nós notamos certa resistência das pessoas em mudar o estilo de vida, como alimentação e realização de atividade física, por exemplo. Vimos que a atividade física está muito ligada à melhora da saúde desses indivíduos”, disse Ana Denise. Segundo ela, o estudo mostrou que a prática de atividade física e alimentação equilibrada estão associadas à redução da mortalidade. “A síndrome metabólica aumenta a chance de mortalidade três vezes mais”, comentou.

“E não é de um dia para o outro que uma pessoa adquire uma Síndrome metabólica. Isso diz respeito ao estilo de vida de muitos anos, por isso avaliamos pessoas mais velhas”, completou Porto. Ambos reforçaram que a melhor forma de prevenir a Síndrome Metabólica é a mudança do estilo de vida.

50 pessoas foram monitoradas no estudo, e de acordo com Ana Denise e Porto, a síndrome é mais comum no sexo masculino, haja vista que os homens são mais resistentes à mudança do estilo de vida, ao contrário das mulheres. Por essa razão os testes tiveram mais a presença de mulheres do que homens. “Nas primeiras sessões os participantes vinham muito felizes, pois estavam dormindo melhor, tinham menos cansaço e fadiga para a realização de suas atividades, além de terem perdido peso”, contou Ana Denise.

Ao final do programa, os pesquisadores destacaram a importância dos 8 remédios naturais para a prevenção da Síndrome Metabólica e outras doenças: água, ar puro, exercício físico, alimentação saudável, repouso, temperança, luz solar e temperança em Deus.

Confira: