Parceria tríade beneficia alunos do Unasp e moradores de Artur Nogueira

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

29 set 2014

O Unasp-EC celebra mais uma conquista acadêmica. Em parceria com o Fórum de Artur Nogueira, que também atende Engenheiro Coelho e Holambra, os alunos do Unasp-EC poderão trabalhar como Conciliadores na 1ª Vara do município, adjunto às autoridades locais. A cerimônia de Inauguração do Setor de Conciliação aconteceu na tarde da última quarta-feira, 24, no Fórum, com a presença de representantes legais da cidade e do campus.

No ato, estiveram presentes o prefeito de Artur Nogueira, Celso Capato, o juiz da Vara única de Artur Nogueira, Fabio Rodrigues Fazuolli e o diretor do Unasp-EC, Paulo Martini. Além deles, representantes da OAB do Estado de São Paulo, promotores de justiça, professores do Unasp e servidores judiciais também marcaram presença no evento.

De acordo com dados divulgados pelo Tribunal Superior de Justiça, TSJ, a Vara de Artur Nogueira é a maior do estado no ramo de processos digitais. Ano passado 3.534 sentenças foram homologadas, um número que surpreende, pois a média nacional é apenas metade. Além disso, o Fórum também atende 40% dos processos de Mogi Mirim. Com a grande demanda de trabalho, o convênio entre o Fórum do município e o Unasp, no Setor de Conciliação, tornou-se necessário em benefício das duas partes.

O diretor geral do campus, Paulo Martini, reconhece que essa união só foi possível graças a qualidade do ensino oferecido. “Nós temos o dever e a responsabilidade de preparar bem os nossos acadêmicos. Isso não significa que devemos apenas ter bons professores, boas aulas e salas, é preciso ter a vivência da profissão no dia-a-dia”, pontua. Martini acredita que com o apoio dos professores, dos livros e das oportunidades de estágios, os estudantes podem desenvolver melhor as habilidades no futuro, quando estiverem inseridos no mercado de trabalho.

“É uma parceria muito importante para a cidade entre o Unasp, a prefeitura de Artur Nogueira e o Poder Judiciário”, destaca o prefeito, Celso Capato. Além do novo convênio, o Unasp oferece outros serviços através da Casa Unasp e da Vértice de Engenharia, onde os alunos atendem os moradores do município de diversas maneiras. Para o prefeito “o serviço é de qualidade e a escola tem um curso muito bom. A ideia é ampliar a parceria para o ano que vem”, comemora Capato.

A iniciativa bilateral tem a previsão de ajudar o Fórum da cidade a melhorar o atendimento para os que precisam dos serviços judiciais. De acordo com o juiz, Dr. Fazuolli, “é um ganho para os moradores, para os alunos do Unasp e para o Judiciário, que busca constantemente desafogar o número de processos”. O Dr. Fazuolli explica que os alunos irão atuar como conciliadores judiciais, desenvolvendo técnicas de negociação, mediação e conciliação.

Novo curso

A parceria com o Setor de Conciliação só foi possível graças ao novo curso de Conciliação Judicial oferecido pelo Unasp, que iniciou este ano. Ao todo, 30 alunos, entre estudantes de Direito e servidores públicos, frequentam as aulas que ocorrem no período da tarde, às terças-feiras, das 13h30 as 17h40, no prédio do ensino superior. O curso é autorizado pelo Tribunal Superior de Justiça e, ao final, o aluno será certificado como um conciliador apto para a função.

“No curso, o aluno aprende a lidar com casos sigilosos, sendo imparcial e um profissional ético. Ele poderá intervir e conduzir uma audiência de conciliação com autoridade”, assegura Carlos Ferri, coordenador e professor do curso de Conciliadores do Unasp-EC. Segundo ele, os objetivos principais são de auxiliar a Justiça e oferecer audiências de qualidade.

O juiz do Fórum, Dr. Fazuolli, fala sobre a importância do curso para se tornar um conciliador. ”Os alunos estão sendo treinados de forma específica. Desta maneira, o Unasp possibilita os alunos a atuarem nos casos extraprocessuais e processuais. Muitas vezes se tem a teoria, mas precisa-se da prática”, afirma. “E mesmo que muitos alunos não cheguem a ser conciliadores, é um aprendizado que poderá ser utilizado em diversas áreas da vida”, finaliza Fazuolli.