Litela e Litoca estimula o conhecimento sobre obras literárias

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

25 abr 2014

Há cinco anos os cursos de Letras e Tradutor e Intérprete realizam o programa Litela e Litoca, que significa literatura na tela e literatura com pipoca – que é servida durante o evento. O episódio é anual e propõe a leitura audiovisual de alguma obra junto à análise do livro. Os alunos e os professores discutem a respeito da transposição da literatura escrita pra o filme. A obra desse ano foi Pollyanna, de Eleanor Porter.

Segundo Milton Torres, coordenador dos dois cursos, o importante é que os alunos comparem uma mesma obra em gêneros distintos. “O objetivo é que os alunos percebam que há uma integração entre os diferentes gêneros literários e artísticos”, afirma.

Para os alunos que participam do evento, o que chama a atenção é a forma diferente de tratar e aprender literatura. Ruti Viana, aluna do curso de Letras, conta que alguns alunos não entram na faculdade gostando de literatura, mas esses eventos podem fazer com que mudem de ideia. “Esse evento te faz apaixonar por literatura, você vê que o livro tem ação e pode virar filme”, expõe a estudante. “É uma maneira de aprender literatura de uma forma diferente”, completa Odair Cabreira, colega de classe de Ruti.

Para cada ano, o organizador do evento e professor dos dois cursos, Davi Oliveira, escolhe uma obra literária de uma cultura diferente. Em 2013, ele escolheu literatura francesa. Já em 2014, foi escolhida a literatura americana. “Procuro facilitar a chegada da literatura ao aluno, porque de uma forma geral o aluno não tem a cultura de ler. Então, através desse evento, querendo ou não ele está tendo conhecimento com o texto literário de alguma forma”, explica o professor.