Irmãs conquistam campeonato de tênis no Unasp

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

12 jun 2014

 

 

O campeonato de tênis de mesa feminino e masculino, disputado no último domingo, 18, no ginásio poliesportivo do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, contou com a participação de 16 mulheres e 32 homens. Na 3ª Edição feminina, as irmãs Branger conquistaram as primeiras colocações com uma diferença de apenas três pontos no último set.

 

Laryssa, 18, surpreendida com a medalha e o troféu do 1° lugar não esperava que fosse ganhar e decidiu participar apenas com o intuito de se divertir. As irmãs já haviam treinado juntas, porém nunca tinham se enfrentado. Thaís, 22, comenta que viveu uma experiência diferente. “Foi difícil jogar com a irmã por conta da pressão familiar”. 

Já na 10ª Edição masculina, Daniel Mohlendick, 21, de origem alemã, ficou com o primeiro lugar.  O alemão, que está estudando português para estrangeiros a fim de aprimorar a língua, já havia participado de outros campeonatos.

 

Walter Quiaper, 25, professor de tênis de mesa no colégio e coordenador do campeonato, destacou a importância do esporte na vida das pessoas. “O tênis de mesa é um esporte completo não só por trabalhar o físico, mas por lidar com a mente, o raciocínio lógico e o reflexo”, disse.

 

O tênis de mesa é um dos esportes mais populares do mundo em termos de números de jogadores. Ele é conhecido como sendo a modalidade com o tipo de bola mais rápida que existe, se tornando o esporte capaz de produzir mais efeito a cada jogada. Há universidades na Europa e na Suécia que usam o tênis de mesa como currículo por desenvolver a inteligência dos universitários.