Fórum reforça integração entre fé e ensino

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

29 jan 2014

O Fórum Integração Fé e Ensino reuniu todos os professores do ensino superior e da educação básica dos três campi do Centro Universitário Adventista de São Paulo, Unasp. O encontro ocorreu no dia 22 de janeiro no Unasp campus Hortolândia e proporcionou momentos de confraternização, reflexão e estudo sobre a filosofia da educação adventista.

Na abertura do fórum, o reitor do Unasp, professor Euler Bahia, lembrou as dificuldades e os desafios que a sociedade e a humanidade enfrentam na atualidade. Ao enfatizar os valores confessionais do centro universitário, reforçou o compromisso da instituição em educar e salvar.

Cada professor do Unasp foi presenteado com o livro “Filosofia da Educação Cristã, Uma abordagem adventista”, de autoria do casal de educadores Renato Gross e Janine Schoemberg Gross. Ambos dedicaram vários anos de trabalho em diferentes instituições de ensino adventistas. Atuaram desde a educação infantil até o ensino superior e também na gestão escolar. O livro foi entregue no início das atividades acadêmicas e era uma das leituras prévias para o fórum, junto ao livro “Educação”, da autora Ellen White, e o capítulo 10 do livro “Filosofia e Educação”, de George Knight.

Foi o professor Renato Gross quem apresentou a palestra principal do evento. Com o título “O Itinerário da Educação Cristã”, o educador detalhou a temática que compõe o livro. Durante sua apresentação, mencionou elementos da história que influenciaram a filosofia da educação cristã, como, por exemplo, o Idealismo de Platão e o conceito de Pedagogia Divina defendido por Lutero.

Gross ressaltou que o objetivo da educação cristã adventista é transformar o ser à semelhança do seu Criador. Portanto, nesse aspecto, a obra da educação é semelhante à de redenção. “Você deve ser um educador que redime. O amor que é a base da criação, o amor que é a base da redenção deve estar presente na sua ação pedagógica. Você deve ser um professor que ama, porque Deus te amou primeiro, porque Deus continua te amando e Deus continua te perdoando”, orientou.

Após a palestra inicial, os professores dividiram-se em grupos e puderam escolher entre diferentes temas que foram apresentados e analisados simultaneamente nas salas de aula. Os grupos foram liderados por palestrantes docentes do Unasp. As conclusões e ideias que cada grupo levantou formaram o fórum de discussão que aconteceu no período da tarde, no templo do campus.
“A instituição tem como meta, a cada ano, realizar um encontro anual de docentes para refletir sobre a filosofia da educação adventista, como realizar a integração fé e ensino-aprendizagem, a fim de que a comunidade acadêmica possa estar consciente e sintonizada na missão do UNASP: ‘Educar no contexto dos valores bíblicos para um viver pleno e a excelência no serviço a Deus e à humanidade’”, explicou a pró-reitora de graduação do Unasp, Silvia Cristina Quadros.

Esta foi a segunda edição do Fórum Integração Fé e Ensino. O primeiro aconteceu em janeiro de 2013, no Unasp campus São Paulo. As discussões e textos que surgiram na primeira edição inspiraram a publicação do livro “Manual do Educador” organizado pelo educador e teólogo Adolfo Suarez. A obra será publicada pela Imprensa Universitária Adventista, Unaspress, e reúne mais de 40 autores doutores e mestres. O objetivo é que a cada ano os conteúdos discutidos no fórum sejam registrados através da publicação de um livro.

Em entrevista, Renato Gross deixou uma orientação para todos os professores e educadores cristãos.

“O momento no qual somos chamados a sermos professores é muito complicado. São os momentos finais da história da humanidade e muitos de nós não nos demos conta disso. Nós temos o privilégio de viver esses dias. Nós temos a responsabilidade de sermos professores nesse momento da história da humanidade e isso implica em responsabilidade muito grande. O conteúdo mais importante é passado mais por aquilo que nós vivemos do que por aquilo que nós ensinamos. Então, os professores devem estar cientes do atual momento histórico, do atual momento profético e ai pautar as suas ações”, aconselhou.

por Murilo Pereira