Feira do Desapego movimenta semana do meio ambiente no Unasp

Acontece no Unasp

Escrito por

Redação

Publicado em

08 jun 2016

A Semana do Meio Ambiente foi lembrada no Unasp-EC por meio de ações envolvendo professores, colaboradores e alunos da instituição. Uma delas é a “Feira do Desapego”, onde as pessoas doam objetos e roupas que não estão sendo usados. Ao invés do descarte, eles podem ser doados ou trocados. Nesta quarta, foram doadas violetas para alunos que assistiam aos músicos na hora do intervalo de aulas e, nesta sexta, uma ação de nome “Bota-Fora” será feita entre os colaboradores da instituição. Uma equipe passará pelos departamentos recolhendo o que não é utilizado e o encaminhará para a reciclagem. Debates e músicas com o tema também aconteceram em sala de aula.

A iniciativa partiu da Comissão de Monitoramento Ambiental (COMAM), departamento do campus que tem como objetivos orientar, motivar, incentivar a pesquisa e promover o cuidado do meio ambiente. De acordo com a presidente da comissão, Jussara Bauermann, o centro universitário se preocupa com essas questões. “Ações relacionadas ao meio ambiente fazem parte de nossas atividades pedagógicas”, informa a professora.

A “Feira do Desapego” é uma parceria com a empresa júnior dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, a Metta Consultoria Júnior. O professor responsável do setor conta que a ação trouxe boas repercussões. “Percebi que a aceitação foi extremamente boa, as pessoas receberam muito bem e estão se envolvendo na causa”, afirma Airton Bauermann.

O estudante de Arquitetura, César Pumacahua, foi fotografar a ação e ficou maravilhado. “Eu achei incrível a feira. Eu tenho tanta coisa no meu quarto que não uso e agora posso trocar por coisas que vou usar. Soube hoje, quando vim fotografar, e amanhã estou voltando lá para trocar”, comemora.

Há objetos como violão, perfumes importados, câmera fotográfica, acessórios eletrônicos, roupas e calçados. “O que uma pessoa descarta, a outra precisa. É um benefício duplo, o de preservação do meio ambiente e o de causa social”, acrescenta Bauermann.

A empresa júnior ainda pretende desenvolver outra ação nos próximos dias. Ela lançará uma votação, em sua página no Facebook, para a escolha de um projeto social. O projeto mais votado será executado pelos estudantes. São três: um deles está ligado ao Centro Infantil Boldrini, referência no tratamento do câncer infantil. O outro está relacionado a animais abandonados e, o último, é auxiliar pessoas em vulnerabilidade social que precisam de alimentos.

 Meio ambiente no Unasp-EC

Nos últimos anos, a instituição fez reflorestamento em quatro pontos estratégicos do campus. Mais de 25 mil pés de eucaliptos e alguns milhares de árvores nativas foram plantados. Parte desse plantio foi feito para proteger as nascentes dentro da fazenda. Com a abertura do curso de Agronomia, outras ações de preservação ambiental estão sendo propostas e realizadas pelos professores e alunos. Para setembro está previsto o plantio de 5 mil Palmeiras Juçara, nativa da Mata Atlântica.