Estudo apresenta dados sobre educação integral e o desenvolvimento físico no Ensino Superior

Cultura e Ciência

Escrito por

Raiane Livia

Publicado em

05 abr 2019

Crédito imagens

Arquivo Pessoal

Pesquisa realizou coleta de dados com professores e alunos do ensino superior da rede de educação adventista

A importância do desenvolvimento físico ganha visibilidade na pauta social com frequência. No contexto do Ensino Superior, para docentes e discentes da educação adventista esses aspectos são considerados dentro do ensino integral. Essa característica trabalha de forma harmônica o desenvolvimento das faculdades físicas, mental e espiritual.

O pesquisador e mestre em educação, Erling Walter Quiaper, desenvolveu estudos sobre a educação integral desenvolvida em instituições adventistas de ensino superior. A coleta de dados foi feita nos três campis do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) com a participação de 400 alunos e professores.

A pesquisa analisou a matriz curricular de 26 diferentes cursos de graduação e planos de ensino da disciplina de Princípios de Vida Saudável. Essa matéria é disponibilizada com o principal objetivo de apresentar os princípios filosóficos adventistas para uma qualidade de vida, entre eles a prática de exercício físico.

Apesar dos campi oferecerem uma estrutura para prática esportiva as análises demonstraram que apesar de compreenderem a relevância dos cuidados com o corpo, os professores e alunos não praticam regularmente atividades físicas. O cenário social é desafiador, pois com a rotina de trabalhos os professores e alunos se mostram cada vez mais distante de um estilo de vida saudável. Os resultados da pesquisa na íntegra estão disponíveis no acervo digital do Unasp.