Seletiva irá escolher estagiários de Jornalismo e Comunicação Social

Profissão e Mercado

Escrito por

Redação Unasp EC

Publicado em

01 ago 2018

Crédito imagens

Unasp

A rádio Unasp FM é sintonizada em cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e serve de laboratório para alunos de Comunicação Social e Jornalismo da instituição

A Agência Brasileira de Jornalismo (ABJ), a rádio Unasp FM e a área de Assessoria de Imprensa do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, divulgaram nesta quarta-feira (1), o período de inscrição para seletivas do programa de estágio do segundo semestre de 2018.  Serão 68 vagas para alunos dos terceiros e quartos anos das graduações em Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Rádio e Televisão.

Em ambos os editais o período de inscrição acontece entre os dias 6 e 13 de agosto. Os interessados devem procurar a agência de sua escolha. Uma entrevista será agendada para análise de portfólio. O resultado da seletiva será divulgado no dia 15 de agosto. Todos os detalhes estão nos editais.

Das 68 vagas disponíveis, 41 são para áreas do Jornalismo, 16 para áreas de Rádio e Televisão e 11 para áreas de Publicidade e Propaganda. Alunos que cursam os primeiros dois anos das graduações em Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Rádio e Televisão, também podem participar. O edital prevê a certificação das horas e atividades desenvolvidas.

Editais para download

PROCESSO-SELETIVO-DE-ESTAGIÁRIOS-ABJ

PROCESSO-SELETIVO-DE-ESTAGIÁRIOS-UNASP-FM

PROCESSO-SELETIVO-DE-ESTAGIÁRIOS-ASSESSORIA-DE-IMPRENSA

 

Conheça a Unasp FM
Os alunos de Jornalismo e Comunicação Social podem realizar suas práticas na Rádio Unasp, emissora universitária FM e online. As atividades contemplam as áreas de formação e atuação. Sua diversificada programação abrange um amplo contexto cultural, incluindo temáticas em áreas como jornalismo, publicidade, história, direito, economia, música, educação, esporte, pesquisa acadêmica, turismo, ciência, tecnologia, filosofia, religião, arte, literatura, cinema, saúde, política e gastronomia.

São dois estúdios para produção e um para programação ao vivo. A Rádio Unasp conta com modernos equipamentos e ambientes construídos para atender ao curso de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Radio e TV e às atividades da emissora.
Além da oportunidade de estágio, os alunos de Jornalismo e Comunicação Social recebem assessoria e supervisão de professores e profissionais conectados à gestão da rádio e às disciplinas correlatas à estrutura dos estúdios.
A Unasp FM conta com o apoio de alunos bolsistas e estagiários. Ao longo dos anos, a emissora realizou coberturas importantes, como as eleições de 2012 e ainda venceu três vezes o SET Universitário conferido pela PUC de Porto Alegre. O programa Intervalo Filosófico foi considerado o melhor em dramaturgia. Em 2010 foi a vez do Canal da Imprensa, que recebeu o prêmio como melhor conteúdo em rádio no Mercosul. Em 2014, o SET contemplou a melhor reportagem em áudio à, na época chamada, Rádio Unasp. Conecte-se no www.radiounasp.com.br.
Conheça a ABJ
A maior parte dos cursos de Jornalismo no Brasil oferece como oficina prática aos alunos o jornal-laboratório. Para tanto, qualquer faculdade tem de disponibilizar um ambiente de redação, local onde o exercício e treinamento dos discentes, sob a supervisão e orientação dos professores, serão executados.
No curso de Jornalismo do Unasp não é diferente. A Agência Brasileira de Jornalismo (ABJ) foi criada em 2000, e já apresenta muita história e experiência, envolvendo docentes e futuros jornalistas. A ABJ já recebeu vários nomes. Em 7 de maio de 2000, nasceu a Agência IAE de Notícias. O Unasp ainda não era um centro universitário e a instituição se denominava Instituto Adventista de Ensino (IAE). Após a organização do Centro Universitário Adventista de São Paulo, a Agência passou a se chamar de Unaspress (www.unaspress.dk3.com) com sua agência de noticiosa, a Agência Paulista de Notícias (www.agenciapaulista.com), fechada pouco tempo depois. Isso ocorreu em agosto daquele ano.
Em agosto de 2001, um grupo de alunos do segundo ano se reuniu e propôs a construção da revista eletrônica Canal da Imprensa. Sem uma linha editorial definida e tendo características de espaço literário, a revista permaneceu quase um ano sob experiência. A partir do segundo semestre de 2002, dois novos veículos passaram a somar forças junto à Unaspress, o Canal da Imprensa e o Diário do Campus, cujo nome foi alterado para ABJ Notícias, veículo que ficou fora do ar durante um tempo mas que foi retomado em 2016. Este substituiu a Unaspress e acumulou as atribuições da agência de notícias.
Em março de 2006, a Abrajor se mudou pela última vez para seu local definitivo. Desde então, a Agência diminuiu sua sigla e assumiu o nome de ABJ. A nova redação se encontra no edifício Núcleo Multidisciplinar.