Enfermeiras falam sobre conclusão de pós-graduação em Enfermagem Obstétrica

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

16 set 2014

No início do mês de setembro, ocorreu a formatura de pós-graduação em Enfermagem Obstétrica do UNASP, campus São Paulo. A cerimônia, que aconteceu no auditório Ellen White, reuniu docentes, amigos e familiares dos profissionais de Enfermagem que concluíram, nessa data, sua especialização.

Durante a solenidade, houve um culto de gratidão. Na oportunidade, professores e alunos expressaram sua gratidão a Deus e satisfação pelos resultados conquistados no decorrer do curso. A professora Ivanilde Rocha e a estudante de Enfermagem Allynne Bispo fizeram uma apresentação musical que emocionou o grupo de formandos e seus convidados.

Para a enfermeira Mariana Oliveira, até os momentos de culto, no início das aulas, eram algo especial. “Eu me surpreendi muito quando entrei no curso. Achei maravilhosos os cultos de que participei a cada início das aulas. Os professores são carinhosos, solidários, muito cativantes. Quem conhece a professora Ivanilde Rocha e a professora Vivian Zorzin sabe que elas são apaixonadas pelo que fazem. Conseguiram nos cativar emocionalmente e nos tornar apaixonados por obstetrícia”, ressaltou.

Além disso, Mariana acredita que a oportunidade de praticar a Enfermagem Obstétrica, no decorrer do período de especialização, foi uma experiência fundamental. “A vivência de estágio foi a fase mais gostosa que eu tive na pós-graduação. Poder ajudar uma criança nascer é maravilhoso. Não tenho palavras para descrever. A gente ama o que faz. E, literalmente, eu amo obstetrícia. A parte que eu mais gostei foi colocar em prática tudo que foi aprendido em sala de aula”, enfatizou a enfermeira.

Neste dia, toda a turma que concluiu a especialização em Enfermagem Obstétrica apresentou seus projetos monográficos de conclusão de curso com resultados exemplificados em banners. “Entrei gostando da saúde da mulher e estou saindo apaixonada. Não me vejo trabalhando em outra área”, comentou Rute Martins da Silva.

Algumas profissionais, como a Sandy de Araújo, estiveram no UNASP-SP, desde o início da graduação. “Cheguei aqui em 2007. Fui aluna interna e me formei em Enfermagem. Eu gostei muito da metodologia utilizada pelos professores na pós-graduação. Foi muito prático, dinâmico e com uma ótima teoria que dá para embasar tanto a parte científica quanto a parte prática. Eu decidi fazer o meu trabalho de conclusão de curso sobre aleitamento materno, pelo fato de estar totalmente vinculado com meu dia a dia, pois eu sou enfermeira do PSF e trabalho com pré-natal por 8 horas semanais”, justificou.

por Gésia Ruckdeschel