Cultos de fim de semana no UNASP passam por mudanças em prol da espiritualidade

Acontece no Unasp

Escrito por

Franciele Borges e Melissa Maciel | Edição: Theillyson Lima

Publicado em

21 set 2021

Crédito imagens

Vinicius Santos

Tags:,

A Direção de Desenvolvimento Espiritual do UNASP anunciou a repaginação do formato de cultos para os alunos internos do campus Engenheiro Coelho, na última sexta-feira (17). O foco das mudanças é tornar os momentos de culto mais próximos dos estudantes, contribuindo para a espiritualidade e engajamento. 

Cultos passaram por transformações no formato.
Vocal Livre participou do culto em novo formato no UNASP

A abertura da programação ficou com o diretor geral Martin Kuhn e a oração inicial foi dirigida pelo Pr. Walid Reda. O momento envolveu a interação com alunos respondendo perguntas e teve a participação musical do grupo Vocal Livre. Os líderes espirituais do campus trouxeram a importância da espiritualidade e dos cultos de sexta que antecedem as horas especiais e sagradas do dia de sábado. 

“O foco das mudanças, principalmente nos cultos de sextas, é estratégico, visando o ensino aos alunos mostrando que o sábado é importante”, explica o diretor espiritual do campus, Binho Oliveira. “Também é dedicado porque abre as portas para um dia especial. É a lembrança do guarda do dia do sábado”, conclui. 

A Direção Espiritual do campus tem a iniciativa de três programações de culto: o de sexta coordenado pela reitoria, no sábado fica sob os cuidados da igreja, na pessoa do pastor Elias Brenha e, no domingo, com o pastor Binho e suas pastorais. “A nossa intenção é tornar a nossa formação espiritual mais próxima de Deus através da música e da palavra”, explica o pastor do residencial masculino, Jonathan Bispo.

As alterações foram pensadas na espiritualidade e em agradar a maioria do público jovem, uma vez que o internato é composto por uma mescla de gostos em relação a liturgia. Beatriz Mendes, 21, está no terceiro ano de Psicologia e diz que “ficou com cara de internato e o cenário que fizeram fez com que as pessoas ficassem mais perto dos que estavam falando. Dá para sentir que está todo mundo junto”, comenta. 

Em comparação aos cultos anteriores, o desta sexta-feira foi feito com a intenção de aproximar mais o público com os integrantes que dirigiram o momento solene, trazendo o púlpito para mais perto e adicionando mais cadeiras na parte da frente da igreja. A mensagem foi passada pelo Pr. Binho Oliveira e foi encerrada com o batismo de três alunas.

O reitor Martin Kuhn disse que “o UNASP entende que culto é um momento nobre e prioritário, onde deve colocar todo o seu talento e sua prioridade em relação às suas ações, convidando as pessoas para participarem”, finaliza.

Cultos se encerraram com batismos de alunas.
Batismo de 3 alunas encerrou a programação especial