Alunas da faculdade Jornalismo do Unasp recebem aprovação em mestrado da Unicamp

Profissão e Mercado

Escrito por

Raiane Lívia

Publicado em

23 nov 2018

As alunas contam sobre expectativas e desafios futuros da pós-graduação

 Ao se aproximar o término de uma faculdade muitas dúvidas, medos e incertezas, embaladas num misto de alívio e alegria pela conclusão de uma graduação, passam pela cabeça de muitos jovens formandos. Alguns sonham com um futuro promissor no mercado de trabalho na profissão a qual escolheram para a vida. Já outros descobrem novos caminhos e esses percursos incluem uma pós-graduação como o mestrado e uma carreira de pesquisador acadêmico.

As alunas Victória Bernadino Coelho e Thaís Ribeiro Alencar são concluintes da faculdade de Jornalismo do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, e estão prestes a segurar o sonhado canudo do diploma. Mas, recentemente receberam a surpreendente notícia da aprovação no mestrado da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O mestrado em Divulgação Científica e Cultural da Unicamp é uma das pós-graduações mais conceituadas na América Latina vinculado ao Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) e trabalha com fenômenos contemporâneos ligados à cultura científica. Uma das primeiras sensações que passam pela mente daqueles que vão participar de uma seleção de mestrado é incerteza da aprovação. Victória conta que nesse caso decidiu estudar mais em vez de apenas ficar pensando no processo. “Apesar da incerteza, eu não criei nenhuma expectativa. Mas dei o meu melhor. Estudei bastante sobre o meu projeto e me preparei para a entrevista, sem me desesperar. Tentando me manter o mais calma possível”, comenta.

A aprovação traz um misto de sentimentos. Significa uma nova jornada de desafios e muito mais aprendizado e dedicação. Após o resultado, Thaís sentiu na pele o que é carregar uma mistura de apreensão e alegria. “A aprovação traz um duplo sentimento: felicidade por uma nova porta que se abre, uma nova etapa na vida acadêmica e ao mesmo tempo insegurança, porque tudo que é novo desperta um medo”, avalia.

Thaís e Victória escreveram o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) juntas. As duas se propuseram a escrever um livro reportagem sobre o autismo. Além da correria dos prazos com o TCC, decidiram enfrentar mais esse desafio e para alegria da dupla conseguiram uma aprovação merecida na pós-graduação. “As vezes achamos que não somos capazes, achando que o mestrado é algo impossível. Mas sempre vamos ser recompensados pelos nossos esforços. Estou animada, porque vai ser um desafio novo continuar estudando por mais dois anos e eu acho que isso é muito importante”, afirma.

Com essa nova oportunidade Victória agora se prepara para uma novo rumo, bem diferente do que imaginava ou havia planejado. “O meu plano não era ficar por aqui, já que eu tinha recebido uma proposta de emprego em outro estado. Mas com o resultado do mestrado, estou começando a ajustar as coisas pro meu futuro agora. Mas a princípio meu plano é estudar, trabalhar e me dedicar à minha profissão”, idealiza. Para Thaís o plano é continuar se preparando para o novo desafio. “Minha expectativa para o futuro é continuar crescendo e me preparando para servir à comunidade que eu estiver inserida da melhor maneira possível. Acho que essa é minha maior expectativa atualmente”, conclui.