Blog do Unasp

Quando e como renegociar o seu salário?

Salário, eis um assunto que sempre permeia os nossos pensamentos. É normal querer ganhar mais, reajustar o valor e entrar em um consenso com a empresa. No entanto, como renegociar da forma correta? Aprenda.

Salário é sempre um tópico que gera um certo desconforto quando é necessário tratar com nossos chefes. Principalmente quando pensamos em renegociar os valores. Quando isso acontece, precisamos sempre nos manter atentos em relação ao equilíbrio; entre saber o seu valor, não permitindo que fique abaixo do mercado e gere uma desmotivação para continuar exercendo suas obrigações; igualmente estar atento ao excesso de segurança acreditando estar acima do padrão mercadológico. 

Além disso, ainda surge aquela dúvida de quando e em qual é o momento ideal para ter esse tipo de conversa. Ainda mais, como ter esse tipo de conversa?! Bem, nós separamos algumas dicas para você fazer um  diagnóstico e estar pronto a renegociação. 

Coragem!

Salário vs. remuneração

Primeiramente, antes de renegociar é necessário que você entenda a diferença entre o salário e a remuneração. O salário, é o que recebe-se em troca do trabalho feito. Remuneração é um conjunto de benefícios junto ao salário. Por exemplo, vale-refeição, plano de saúde, auxílio na faculdade, entre outros. Portanto, o que você pode achar que é salário, na verdade é remuneração.

Seja realista para renegociar

Como falamos anteriormente, o primeiro ponto que deve ser considerado é a sua posição frente ao mercado. Uma vez que esse atua como um termômetro e guia no momento de determinar quanto deveríamos estar ou não ganhando. 

Avalie a média salarial da sua área de atuação, ou da qual pretende atuar. Juntamente, olhe como andam os números na sua região. Pois eles podem sofrer alteração de estado para estado, assim como de país para país. Faça pesquisas em sites, como no Glassdoor. 

Identifique-se 

Quanto você acredita que deveria estar ganhando no mínimo e máximo pelo trabalho que está realizando? Pergunte-se o quanto é o mínimo necessário para permanecer com a vida financeira em dia. Esses questionamentos, junto com a análise mercadológica, te ajudarão a ter uma faixa de valores para renegociar.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Não tenha medo

Para muitos, esse tipo de situação gera sentimentos como medo, que derivam da insegurança. Procure trabalhar a sua segurança mantendo o equilíbrio. Revise os motivos pelos quais você está indo renegociar o seu salário e entenda cada ponto com clareza. A forma como você se portar na reunião vai influenciar em uma positiva ou negativa na resposta. 

Escreva

Um importante meio para ter segurança é anotar tudo o que você considerou para chegar àquela conclusão. Além disso, mantenha dados, benefícios e qualquer outro tipo de proposta feita pela empresa escritos para te auxiliar a renegociar de uma forma mais eficiente. 

Mantenha-se aberto 

E falando em renegociação eficiente, lembre sempre de se manter aberto para escutar o outro lado. Não é possível chegar a um acordo sem ambas as partes estarem dispostas a algo. E se a proposta da empresa for inferior ao que você tinha em mente, se permita entender as razões para ponderar uma melhor alternativa. 

 

Por fim, caso não dê certo de primeira, mantenha a esperança alinhada com a realidade. Reavalie suas opções e pontos fortes para tomar a melhor decisão.

Esperamos ter te ajudado.

 

Até a próxima!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!