Blog do UNASP

Já ouviu falar na metodologia da Sala de Aula Invertida?

[vc_row][vc_column][vc_text_paragraph]

Muita pessoas ainda não ouviram falar no método de Sala de Aula Invertida. Se você é uma dessas, descubra agora sobre esse novo conceito educacional e suas ideias inovadoras.

Durante um bom tempo o modo padrão de ensinar e aprender algo era dentro de uma sala de aula. No entanto, desde que a tecnologia surgiu esse modelo de ensino/aprendizagem tem mudado um pouco de modo. As novas ferramentas online e os novos aparelhos eletrônicos têm nos possibilitado diversas melhorias. E por consequência, novas maneiras de ensinar e aprender.

Sendo assim, a nova metodologia de ensino, chamada de Sala de Aula Invertida, tem atraído muitos especialistas e escolas interessadas em implementar essa tendência. Para não ficar nenhuma dúvida, vamos explicar nesse post o que ela significa e quais são as suas vantagens.

Sala de Aula Invertida

De acordo com o portal Futura , a sala de aula invertida é um conceito com base no Ensino Híbrido, que se caracteriza por juntar dois sistemas de ensino: o on-line e o off-line. No on-line o aluno estuda sozinho, no tempo e no ritmo que desejar, em casa ou em qualquer outro lugar, no celular, tablet, computador ou com livros.

Já no off-line o estudante se junta ao grupo, interagindo com seus colegas e professores, numa aprendizagem coletiva e colaborativa. São duas formas de aprender que se complementam, potencializando o trabalho do professor e o aprendizado dos alunos.

Modelo Tradicional X Sala de Aula Invertida

O portal Escola da Inteligência, diz que no modelo de sala de aula convencional a informação e a memorização constituíam o objetivo dos alunos e o saber estava centrado na figura do professor.

A sociedade, porém, exige indivíduos cada vez mais críticos, autônomos e capacitados emocionalmente para a resolução eficiente de problemas em suas mais diversas instâncias; pessoas que saibam refletir sobre os conhecimentos em vez de decorá-los.

Portanto, o estudante tem acesso ao conteúdo curricular básico das aulas e estuda antes de ir para a escola. Ele não apenas lê o material e assiste aos vídeos como também levanta dúvidas e elabora comentários. No período de aula, discute com colegas e professores os assuntos já vistos em casa.

Ou seja, em vez de tentar reter o conhecimento dos conteúdos na sala de aula e resolver exercícios em casa, o aluno tem acesso aos conteúdos em casa, via internet. E assim, poderá levar as dúvidas e resolver os exercícios na escola, contando com o auxílio e a intermediação do professor. Daí que vem a ideia de inversão.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail![/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_1″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Vantagens de utilizar o método

Especialistas que acham o método eficaz listaram algumas vantagens de adotar a Sala de Aula Invertida.

Valorização do professor

Embora seja um método onde o aluno é o grande protagonista (diferente do modelo convencional), o professor também é peça chave e fundamental. Isso quer dizer que o docente precisa estar ainda mais preparado para atuar como mediador entre o estudante e o conhecimento.

Ele é o responsável por esclarecer dúvidas, estimular a interação entre a turma e trabalhar o conteúdo com exercícios e estudos de caso. De modo a despertar o interesse dos alunos e motivá-los o tempo todo.

Ou seja, na sua condição de facilitador da aprendizagem, cabe a ele fazer a curadoria dos conteúdos. Logo depois, provocar nos alunos a capacidade de pensar criticamente, de pesquisar e selecionar informações e principalmente, de criar um espaço onde tudo o que foi estudado se torne relevante e faça sentido para todos.

Melhoria no desempenho

No modelo tradicional os professores anotam os conteúdos no quadro (um monte deles), passam leituras em apostilas e atividades em livros e cadernos.

Já no método Sala de Aula Invertida, os conteúdos podem ser disponibilizados virtualmente, através de blogs, vídeos, PDF’s, textos e outras plataformas. Além disso, o professor pode, inclusive, gravar a exposição inicial da matéria de forma mais impessoal em vídeos curtos.

A possibilidade de acessar os conteúdos quando, onde e quantas vezes quiser ajuda a melhorar o desempenho dos estudantes e até mesmo a sua qualidade de vida, já que eles mesmos poderão escolher o momento mais conveniente para estudar.

Aulas participativas e tecnológicas

De fato, esse método facilita e propõe uma interação maior dos alunos entre si e com o professor. A aula passa então, a ser muito mais viva e dinâmica. Isso porque os alunos chegam com muitas informações, críticas, e dúvidas a serem debatidas e esclarecidas.

Da mesma forma, como o conteúdo é acessado em casa, utilizando diferentes mídias e tecnologia constante, essa prática promove o avanço dos alunos porque são estimulados a conhecer e a usar diversas ferramentas digitais.

Futuro da sala de aula

Não dá para negar que esse é um método com muitos pontos positivos e ideias inovadoras. Mas será que isso vai colar? Será que estamos falando de um futuro próximo das salas de aula e da educação?

O modelo de Sala de Aula Invertida já vem sendo adotada em países como a Finlândia e outras nações como Canadá, Cingapura e Holanda. No Brasil ainda há protótipos e pesquisas, mas é uma realidade bem próxima.

Você, aluno ou professor, o que acha desse método? Já viu algo parecido? Deixe aqui seu comentário e visão sobre o assunto. Compartilhe histórias, experiências e visão sobre a Sala de Aula Invertida.

Até a próxima![/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_2″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Leia também

• Tecnologia integrada na sala de aula, como tornar essa realidade viável

• O poder dos mapas mentais e sua aplicação nos estudos

• Administração EAD: como funciona a graduação a distância

• Mentoria Profissional: você sabe qual é o impacto dela na sua carreira?[/vc_text_paragraph][/vc_column][/vc_row]

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

[vc_newsletter_with_email newsletter_id="blog" newsletter_msg_success="Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!"]