Blog do Unasp

Tecnologia integrada na sala de aula, como tornar essa realidade viável

A tecnologia está cada vez mais presente em nossas vidas! Então porquê não trazê-la para as salas de aula com mais frequência? Veja algumas razões para desmistificar a tecnologia no estudo e como podemos fazer isso de uma forma amigável.

A tecnologia integrada às coisas, e na rotina, já é uma realidade para um grande número de pessoas espalhadas ao redor do mundo. Desde o sinal de wi-fi em casa, até ao computador conectado na internet e celular sincronizado. Ela nos acompanha onde quer que estejamos. Já parou para pensar na sua rotina sem a tecnologia?

Inegavelmente ela faz parte até mesmo do que somos! É só analisar as redes sociais, que são praticamente a extensão da nossa personalidade. E também um meio de como nos manifestamos e nos envolvemos com o mundo e pessoas. 

No entanto, apesar de a maioria das escolas e universidades brasileiras já possuirem laboratórios de computadores ou outros sistemas tecnológicos integrados à educação, ainda pode existir uma certa resistência. E o por quê disso? Bem, a resistência pode acontecer por alguns fatores. Seja pela infraestrutura da instituição que não foi pensada para atender tais necessidades ou por preconceito dos professores em relação a ter equipamentos eletrônicos como ferramentas em sala de aula.

Como usar a tecnologia nas escolas?

Aí bate aquelas dúvidas de sempre. Como podemos usar a tecnologia de uma maneira integrada com os estudos? Sem que ela cause algum ruído entre o professor/conteúdo com aluno? Como mostrar as vantagens, e melhor, como mostrar que a tecnologia integrada pode ser uma realidade, e melhor de uma forma acessível? Como isso pode ser benéfico para ambos os lados?  

Claro que devemos analisar todos os aspectos. Desde a realidade do educador, da instituição e dos alunos. Para quem deseja integrar a tecnologia às aulas é preciso levar em conta alguns aspectos. Como levantar e ponderar os principais desafios que serão impostos para alcançar a tecnologia integrada de qualidade. E então quais serão as atitudes necessárias para alcançar os melhores resultados. 

Portanto não podemos negar, apesar dos imensos avanços, esse ainda é um campo desafiador. Porém, o debate sempre vale a pena! Analisar os desafios e propor soluções inteligentes ainda é a melhor maneira de alcançar resultados mais eficazes. E aí, vamos conversar?  

Quais são os principais desafios encontrados para implementar a tecnologia em sala de aula?

Para classificar melhor os desafios dividimos eles em blocos. Apresentando cada um por ordem de similaridade. Assim, entendendo melhor quais são os desafios é mais fácil ter uma visão mais abrangente do cenário e pensar em possíveis soluções. Além dos desafios, você verá algumas propostas de soluções e sugestões de uso da tecnologia nas aulas.

Começamos então com o desafio da igualdade, onde vamos apresentar a experiência educacional ligada à tecnologia integrada para todos. 

Personalização da infraestrutura. Para que a tecnologia não seja utilizada de forma errada pelos alunos, a experiência deve ser personalizada desde o momento em que ele se conecta no wifi. Mas também é preciso ter certos cuidados. Como limitações de uso, fazendo que a internet seja usada para o aprendizado dentro do ambiente escolar.

Para que não se torne chato o processo de aprendizagem e as ferramentas utilizadas para o estudo devem ser interessantes, divertidas, ter um apelo gráfico para manter a atenção do aluno. Fazendo que ele não desvie sua atenção do estudo.

Passamos então a desafiar as escolas e universidades em questão do nível apresentado na tecnologia integrada.

• O professor deverá estar ciente do que acontece no meio tecnológico, inclusive participando ativamente com conteúdos que usem plataformas digitais. Por exemplo, o Google Classroom. Esse é um sistema de gerenciamento de conteúdo para escolas que procuram simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos. 

• A tecnologia integrada deve estar presente em qualquer lugar e hora. Assim como o estudo e materiais apresentados pelos professores. O educador pode indicar aplicativos, programas e outros conteúdos online para os seus alunos. Por exemplo, essa lista de 7 apps gratuitos para gerenciar a rotina de estudos. Busque, junto com os seus alunos, maneiras de facilitar os estudos. 

Sobretudo, é importante lembrar que estamos falando de tecnologia integrada. Por isso, nosso maior desafio é sempre buscar um equilíbrio entre o online e off-line. É importante buscar maneiras de a tecnologia não substituir o professor dentro da sala de aula. Como também, é preciso lembrar que o professor necessita ter o conhecimento básico para lidar com a tecnologia e seus alunos. Assim, o processo será muito mais fluído. 

Dito isso, agora segue uma receita simples para aprendermos juntos a deixar os estudos um pouco mais interessantes através da tecnologia. Interessante tanto para os alunos alunos como também para os professores. 

Como falamos nos desafios de aplicar a tecnologia integrada nas escolas e universidades, um dos maiores desafios é uma infraestrutura de qualidade. Mas quando falamos de facilitar, quais são as principais medidas a serem tomadas? 

• O sistema de wi-fi deve estar alinhado em todos os dispositivos conectados.

• O ideal é que os equipamentos estejam todos conectados a um mesmo wi-fi. Para que a mesma base de dados e informações esteja concentrada em somente um servidor.

• Os dispositivos, se disponibilizados pela escola ou universidade, não deverão apresentar erros de conectividade. Para que a experiência do aluno não seja prejudicada.

• A infraestrutura pode partir de uma colaboração com os próprios alunos!! Não devemos esquecer que o aluno é um usuário ativo desse sistema. Portanto, se o aluno trouxer para a sala seu próprio aparelho, meio caminho já estará sendo percorrido.

• Os alunos são uma ótima fonte de respostas. Afinal, eles são usuários ativos de tecnologia e podem opinar sobre maneiras de integra-la à sala de aula. Ouça-os e identifique suas predileções e maneiras de usar tecnologia, para assim desenvolver ideias para as aulas.

• Promover a interação online é uma boa iniciativa para que todos os alunos tenham a chance de participar das aulas, até mesmo no final dela. Que tal criar fóruns e grupos nas redes sociais para criar um ambiente onde os alunos possam debater, trocar ideias e tirar dúvidas? Lembre-se que a tecnologia é uma facilitadora e um meio para unir pessoas.

Tecnologia integrada na real

Os exemplos citados acima são apenas algumas das medidas e dicas de como usar a tecnologia em sala de aula. O importante é manter-se atualizado no que acontece no universo da tecnologia, para assim encontrar soluções interessantes para a sua realidade. Um exemplo muito legal foi o que aconteceu na Amazônia. 

Um projeto de tecnologia integrada já começou e pretende levar internet para os municípios que possuem uma conexão baixa com 512kbps, sendo essa a velocidade de internet atual da maioria das escolas no estado.

O objetivo principal é fazer com que os alunos possam ter uma experiência individual em relação ao estudo sempre conectados a internet de qualidade. Para que isso possa acontecer, as Forças Armadas estarão passando ao longo do tempo redes de fibra ótica nos rios fazendo que a internet e consequentemente a tecnologia integrada chegue com maior facilidade aos municípios amazônicos.

A rede pretende atender 5.247 escolas e mais de 1 milhão de alunos. Até agora 23% (1.214 escolas) possuem conectividade sendo que 13% (708 escolas) com banda larga, mas ainda com a maioria possuindo a antiga conectividade de 512kbps.

Para proporcionar qualidade e um bom nível de ensino os professores receberão treinamento especializado para mexer nas ferramentas e para instruir os alunos de forma que o ensino seja divertido e a tecnologia integrada esteja sempre presente.

Viu? Não é tão difícil quanto parece. A tecnologia pode ser integrada de uma forma mais natural se houverem iniciativas inteligentes para os problemas, e isso parte de cada educador ou instituição. Manter-se informado é extremamente necessário. E já que estamos aqui, que tal ler alguns artigos sobre o assunto? 

No site Porvir você vai encontrar uma matéria bem interessante sobre a tecnologia na educação. Nela algumas respostas serão respondidas, tais como:

POR QUE a tecnologia hoje é cada vez mais importante na educação? Quais são os principais RECURSOS tecnológicos usados para ensinar e aprender?

Como criar a INFRAESTRUTURA necessária para usar tecnologia nas escolas? Quais exemplos de aplicação da tecnologia NA PRÁTICA são inspiradores?

E no site Securedge você vai encontrar um texto dizendo 10 razões porque os estudantes de hoje em dia precisam de tecnologia na sala de aula. Clique aqui para ler. 

Nos conte da sua experiência

E você, tem alguma experiência com tecnologia integrada?

Na nossa faculdade podemos ver vários exemplos, mas quem sabe, com a sua ajuda, a gente consegue melhorar mais e trazer você junto? Comente!! Mande as suas sugestões de boas tecnologias integradas na sua casa ou escola, assim a gente continua a discussão e buscamos soluções juntos.

Até a próxima!! 

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail!
Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.