Blog do Unasp

Design Thinking: entenda mais sobre essa metodologia e como aplicá-la

[vc_row][vc_column][vc_text_paragraph]

O Design Thinking é considerado um processo crítico e criativo que vai muito além do design; permitindo organizar ideias, conceitos, estratégias, tomando decisões assertivas e inovadoras. Descubra mais sobre o tema. 

Um dos maiores desafios enfrentados pelos profissionais atualmente é suportar a pressão do trabalho e trazer resultados imediatos com qualidade e rapidez. O mercado exige, o ambiente de trabalho e equipe, também; você precisa trazer resultados. No entanto, esse caminho está cheio de riscos e incertezas que podem colocar o futuro do profissional e da empresa, em perigo. Afinal, não é só uma questão de ser ágil, é preciso aprender a fazer isso com qualidade e trazer resultados reais e significativos. No entanto, como? Daí que surge o Design Thinking, buscando transformar este cenário.

Podemos considerar que o Design Thinking veio, de certa forma, para revolucionar o mercado e a maneira de encontrar soluções inovadoras para os problemas. Vamos entender melhor sobre o assunto a seguir. 

O que é Design Thinking

O Design Thinking é considerado um processo crítico e criativo que vai além do design e permite organizar ideias, conceitos, estratégias, tomando decisões assertivas e inovadoras. Esse método é oriundo do Design, como o próprio nome já diz, entretanto ele consegue se adaptar muito bem às empresas e corporações.

É importante ressaltar que o Design Thinking não é uma metodologia, e sim uma abordagem. Isso significa que não existe uma fórmula que se aplique em qualquer situação. Pelo contrário, por ser uma abordagem ele torna-se versátil e customizável, de acordo com as necessidades de cada empresa, equipe ou profissional.

Essa é uma abordagem que visa a solução de problemas de forma coletiva e colaborativa, em uma perspectiva de empatia e envolvimento pessoal. Dessa forma as pessoas são colocadas no centro de desenvolvimento do produto – não somente o consumidor final.

Portanto, trata-se de uma abordagem preponderantemente “humana” e que pode ser usada em qualquer área de negócio.

Na prática empresarial o Design Thinking é sinônimo de inovação e criatividade. Ou seja, comparando com o perfil do Designer, é toda essa percepção de estética, resolução de problema e satisfação de cliente, que os gestores buscam para sua equipe. Utilizar o Design Thinking na empresa é uma forma de expandir horizontes na hora de criar projetos e executar tarefas.

Como funciona o Design Thinking?

Sabendo que o Design Thinking é visto como um conjunto de práticas e processos, também podemos afirmar que esse método se desdobra em atividades de pesquisa e análise. Fazendo assim, uma nova abordagem dos problemas para então resolvê-los. Dessa forma se relaciona à obtenção de informações, sua análise e as consequentes soluções propostas a partir do conhecimento gerado.

No caso das empresas, o foco passa a ser a experiência do consumidor ou do público-alvo, seja de um produto ou serviço. Sendo assim, o caminho do processo se baseia na busca por respostas aos problemas encontrados enquanto abordagem metodológica de pesquisa e análise foram feitas.

Contudo, uma das grandes características e diferença deste método, é que ele parte da solução de um projeto e não necessariamente de todos os parâmetros do problema. A colaboração com o próprio consumidor na hora de criar projetos e soluções é também uma característica de quem aplica o design thinking.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail![/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_1″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Aplicando o Design Thinking na sua empresa

Com o intuito de resolver os problemas através de soluções inovadoras e criativas, o método de Design Thinking entra nas empresas para levar eficiência e enxergar novos caminhos.

Existem também alguns passos para que o processo de Design Thinking seja aplicado da melhor forma. Sendo assim, eles acontecem em 5 etapas. Veja!

1 – Imersão

Essa é a fase do entendimento! Ou seja, o processo de imersão começa com o entendimento de si mesmo, melhor dizendo, da empresa. Então são usadas ferramentas que ajudam nessa imersão. Como por exemplo a análise SWOT, que estuda as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da empresa, a imersão se inicia.

Nessa etapa a equipe mergulha no problema identificado através de diversas perspectivas. Essa identificação primeiramente acontece de forma mais superficial e com hipóteses. Em seguida, a imersão acontece em profundidade, quando um projeto de pesquisa é desenvolvido com base na problemática.

2 – Análise e Síntese 

Depois da imersão e da preparação desse material, inicia-se a etapa de análise e síntese. Isso quer dizer que serão feitas análises das informações que foram coletadas durante a imersão. 

A equipe montará um padrão por meio da análise lógica e encontrará uma forma de organizar e entender o problema. Além disso, a representação visual de todo esse material com gráficos, imagens e objetos, por exemplo, ajuda a visualizar melhor o problema.

3 – Ideação

Esse é o momento das ideias, onde o problema começa a ter uma solução. Ou seja, é nesta etapa que através de todo o conhecimento acumulado sobre o problema, que soluções se linkam com as necessidades do público-alvo.

Então, surgem debates e brainstorming para fomentar ideias e gerar insights. Por isso que é muito importante que a equipe se sinta à vontade para experimentar e errar, sugerir e avaliar. Lembre-se que o medo da falha ou da crítica inibem grandes ideias.

4 – Prototipagem

A prototipagem é a etapa que vem após às ideias, que se transformam em um produto palpável. Dessa forma, o conteúdo buscado até então se transforma em ações que podem, realmente, tornar oportunidades de negócios e promover a diferença na empresa. 

Isso quer dizer que o protótipo serve para sentir como a solução se comporta na prática e se realmente será efetiva para solucionar o problema do cliente ou público-alvo.

5 – Teste

Depois da prototipagem interna na equipe é preciso testar o produto no mercado e avaliá-lo em métricas para entender se algo precisa ser mudado. A etapa de teste é fundamental. 

Além disso, o produto também será testado a fim de verificar a sua funcionalidade, qualidade e possibilidade de aceitação do público. Ou seja, testar antes, evita gastos com algo que pode não dar certo na prática.

Seja um Gestor Criativo e de Sucesso!

Que tal aprender mais sobre como aplicar o Design Thinking na sua prática profissional? Conheça o nosso curso em MBA em Inovação, Liderança e Empreendedorismo.

O MBA em Inovação, Liderança e Empreendedorismo pretende contribuir para o aperfeiçoamento profissional dos interessados na área, capacitando-os para suas atividades em Finanças, Marketing, Pessoas, Projetos, Inovação, Sustentabilidade e Administração Estratégica.

Alguns dos objetivos deste curso, são:

• Qualificar profissionais para atuarem na área estratégica das empresas, fornecendo referenciais teóricos para esta atuação e oportunizando vivências e práticas através de estágios, estudos de caso e simulações;

• Aprofundar os conhecimentos dos profissionais ligados ao empreendedorismo e desenvolvimento de negócios. Assim, oferecer aos interessados a ampliação dos conhecimentos de campos específicos da liderança, inovação e tomada de decisão.

Algumas das disciplinas estudadas durante o MBA, são: 

  • Pensamento Estratégico
  • Liderança Contemporânea
  • Planejamento Estratégico
  • Gestão Estratégica de Negócios
  • Liderança, Criatividade e Mudanças
  • Gestão de Operação, Processos e Qualidade
  • Negócios Internacionais
  • Gestão Financeira
  • Empreendedorismo e Desenvolvimento de Negócios
  • Inovação e Sustentabilidade
  • Masterclass

O MBA em Inovação, Liderança e Empreendedorismo torna-se uma boa opção de alavancar a sua carreira. O que achou da área? Saiba mais sobre o curso e venha para o Unasp!

Até a próxima![/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_2″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Leia também:

• Tipos de liderança: conheça alguns e descubra em qual você se encaixa.

• Liderança: maneiras de desenvolvê-la no seu ambiente de trabalho

• Empreendedorismo: 3 artigos inspiradores que você precisa ler

• 5 motivos para fazer um MBA de Gestão estratégica em negócios e empreendedorismo[/vc_text_paragraph][/vc_column][/vc_row]

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

[vc_newsletter_with_email newsletter_id="blog" newsletter_msg_success="Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!"]