Blog do UNASP

Prova OAB: é possível passar e sobreviver pra contar a história

[vc_row][vc_column][vc_text_paragraph]

Ela é temida. Ela é esperada. Mas o problema é que ela é mal compreendida. Passar na prova OAB é possível e sem traumas. Confira algumas dicas!

Uma prova com 80 questões objetivas, e você só precisa acertar 40 para passar. Depois disso, uma segunda fase, com três questões subjetivas e uma peça processual – dos 10 pontos, basta tirar seis. Teoricamente, não é nada tão complicado assim. Teoricamente. A prova  OAB ainda é o terror de muita gente que se forma em Direito.

Sem a aprovação da Ordem do Advogados do Brasil não é possível advogar e nem tentar a carreira de promotor público. Milhões tentam todos os anos, mas o índice de aprovação já chegou a ficar em meros 20%. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), 75% dos bacharéis em Direito precisam de até 3 tentativas para ser aprovados na prova OAB.

Confira essas estatísticas sobre a prova OAB aqui. Eu sei que parece desanimador.Parece. Com algumas dicas simples, mas essenciais, será possível melhorar muito o desempenho nos estudos.

1. Descubra sua melhor forma de estudar

Convenhamos que isso não serve apenas para uma prova OAB: é para a vida inteira. Tenho certeza que você é um ótimo estudante e já sabe disso, mas é sempre bom reforçar: é mais importante estudar com qualidade do que com quantidade. Se, depois de estudar, você não for capaz de explicar para alguém tudo que viu, então só perdeu tempo.

Descubra o que funciona melhor para você: assistir vídeos, observar organogramas, ler textos… Qualquer que seja a escolha, é sempre válido fazer resumos escritos à mão. O ato de escrever, por si só, faz o conteúdo entrar mais fundo na cabeça. E nem precisa falar o quanto é importante seguir uma rotina, com dia e hora certos para estudar.

Nunca é demais lembrar da listinha TOP TOP que o blog do Unasp preparou, com apps que vão te ajudar a organizar a rotina de estudos. Confira aqui.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail![/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_1″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

2. Além de estudar, treine

Todo mundo que estuda para a prova OAB já ouviu falar dos famosos livros com 5 mil questões comentadas. É só se certificar de que a editora é confiável, e correr pro abraço! Nada melhor do que praticar.

Caso não possa investir nesse tipo de livro, dá pra praticar de outras formas. Vá aos bancos de provas antigas na internet e pratique ao máximo. Separei para você os arquivos da OAB de São Paulo e da OAB do Rio de Janeiro. Viu que errou? Procure saber porquê. Viu que acertou? Procure também. Nessas horas, o Vade Mecum vai ser o seu melhor amigo.

Quer conhecer um canal no YouTube com ótimo conteúdo gratuito para a prova OAB? O blog do Unasp mostra bem aqui.

3. Foque nas matérias que mais caem

O conteúdo da prova é bem grande: Ética Profissional, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direitos Humanos, Filosofia do Direito, Direito Empresarial, Direito Ambiental, ECA, Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Processual Civil, Direito Processual Penal, Direito Penal, Direito do Consumidor, Direito Civil, Direito Tributário e Direito Internacional.

17 matérias em apenas 5 horas de avaliação. Mas praticamente metade da prova se resume nas seguintes matérias: Direito civil, Processual Civil, Direito Penal, Processual Penal, Direito do Trabalho, Processo Trabalhista e Ética. Priorizando essas matérias no estudo para a primeira fase, aumentam suas chances de conseguir as 40 questões corretas.

Uma dica ainda mais quente: das 80 questões, costumam cair 10 apenas sobre Ética. E essa matéria não tem segredo: é só revisar várias vezes o estatuto da ordem. Assim, você garante 25% de toda a pontuação que precisa para ir para a segunda fase.

4. Pense bem na matéria da segunda fase

Era tão grande o número de pessoas que passavam na primeira fase e reprovavam na segunda, que a ordem criou a repescagem: quem reprova na segunda, tem mais uma chance de refazê-la sem ter que passar pela primeira de novo. Só mais uma chance.

Logo na inscrição para a primeira fase já é necessário escolher qual matéria vai ser o tema da segunda fase. E pense bem! É provável que a sua matéria preferida também seja aquela que você mais domina, então essa deve ser a sua escolha.

Mas, para quem está ligeiramente no sufoco e quer uma carta na manga, a dica é escolher para a segunda fase Direito Constitucional. Afinal, essa é uma matéria base para todas as outras. Então é algo que não dá para não aprender.

E não espere passar na primeira fase para começar a praticar como fazer uma boa peça processual. Nesse link você encontra como estruturar um esqueleto para a peça na segunda fase da prova OAB.

Ninguém chega até o fim de um bacharelado em Direito sem muito estudo e dedicação, então isso eu sei que você tem de sobra. Agora é só fazer alguns ajustes, seguir as estratégias aqui do texto, e garantir a sua aprovação na OAB.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_2″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

Leia também

• Direito: como é o curso e o que é estudado durante a graduação?

• Direito: Descubra quais são as principais áreas de atuação.

• Canal no Youtube lança aulas grátis para quem quer passar no exame da OAB

• Bacharelado ou Licenciatura? Descubra a diferença e saiba qual escolher[/vc_text_paragraph][/vc_column][/vc_row]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

[vc_newsletter_with_email newsletter_id="blog" newsletter_msg_success="Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!"]