Blog do Unasp

Direito: como é o curso e o que é estudado durante a graduação?

Você está planejando cursar Direito? Descubra quais são as principais disciplinas, áreas e competências ensinadas ao longo da graduação.

Quando chega o momento de escolher um curso de graduação o ideal é que você tenha o máximo de informações sobre a sua futura faculdade e profissão. Para assim, facilitar na hora de fazer a sua escolha final. E se você chegou até aqui é porque muito provavelmente você está paquerando o curso de Direito. Certo?

A princípio o que mais procuramos nos informar são as áreas de atuação. Como é o mercado de trabalho e qual o perfil do profissional da área. Você também é assim? Em suma, costumamos focar a nossa atenção no futuro. Queremos ter um vislumbre do que seremos se estudarmos determinado curso. E tá tudo certo! Precisamos mesmo ter essa ideia de futuro, até porque essa será a nossa projeção e meta pessoal e profissional.

No entanto, também é preciso ter outras informações para fazer a melhor escolha. Por exemplo, saber o que você irá aprender no decorrer do curso. Como, quais são as principais matérias e quais são as habilidades e competências que o curso irá desenvolver no aluno.

Antes de escolher a sua graduação, dê uma olhada nas matrizes curriculares que as faculdades oferecem. Elas darão uma boa pista para descobrir se esse curso combina mesmo com o seu perfil e aspirações pessoais. 

E para te ajudar nesse processo de escolha levantamos algumas informações preciosas sobre o que você estudará durante a faculdade. Ah, e como não somos bobos nem nada, aproveitamos para adicionar algumas informações extras. Olha só!

Sobre o curso

O curso de Direito tem por objetivo principal a formação de profissionais capacitados para atuar no mundo jurídico, social, econômico, cultural e político. Além de formar agentes de efetivação dos direitos humanos e cidadania, conscientes da sua função social.

Logo, o aluno de Direito através do curso adquire boa formação jurídica vinculada à realidade nacional e internacional. Preparando-se para o exercício profissional na advocacia e nas funções públicas e privadas.

Objetivos do curso

Só para deixar claro, a graduação em Direito desdobra-se em objetivos gerais em objetivos específicos coerentes com o contexto educacional, o perfil profissional do egresso, e a estrutura curricular do curso. Então, existem várias áreas de especialização nos estudos. No entanto as mais gerais são essas:

• Qualificar para o exercício ético e técnico do Direito com habilidades necessárias para atuar diante das múltiplas e inovadoras exigências das carreiras jurídicas;

• desenvolver e estimular o exercício da cidadania, em todas as suas acepções, bem como a defesa dos princípios básicos do Estado de Direito e do regime democrático. Ou seja, especialmente no que tange aos Direitos Humanos e Cidadania;

• proporcionar condições concretas para o desenvolvimento de atividades que motivem a atuação do aluno junto à comunidade regional, de profissionais, e a sua integração com a dinâmica do mundo do trabalho;

• criar atividades de ensino, pesquisa ou extensão relacionadas com a solução de problemas provocados pelas necessidades comunitárias;

• despertar e incentivar a reflexão, a atitude científica para o desenvolvimento da pesquisa jurídica interdisciplinar, visando à formação continuada do profissional do Direito;

• proporcionar condições adequadas para as atividades do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) visando atender às comunidades carentes do entorno da Instituição.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Competências e habilidades que você irá desenvolver durante o curso

As diretrizes curriculares do curso de Direito variam de uma instituição para outra. Portanto é difícil afirmar com 100% de precisão o que você estudará no decorrer dos cinco anos da graduação.

O ideal, para evitar futuras surpresas desagradáveis, é que você tenha acesso às diretrizes curriculares do curso antes de fazer a matrícula. Desse modo você poderá fazer a sua escolha, em relação em qual instituição estudar, com mais certeza que ela irá suprir as suas necessidades e desejos em relação ao curso.

Aqui no Unasp todos os cursos possuem um Programa de Curso que fica à disposição do aluno para download. Para acessar e baixar basta você ir até a página de cursos, escolher o curso que deseja e o campus da sua escolha. Após isso, você será direcionado para  página do curso e campus escolhido, e então poderá fazer o download de um documento com as diretrizes curriculares. Fácil né?

No entanto, de maneira geral os de Direito possuem muitas características em comum. Principalmente em relação às competências e habilidades que serão desenvolvidas no aluno no decorrer dos anos da graduação. Assim fica mais fácil estabelecer alguns pontos em comum.

Portanto, são essas as competências e habilidades a serem desenvolvidas no curso de Direito:

• Desenvolver a capacidade de leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos pelo acadêmico de acordo com as normas técnico-jurídicas. Bem como, a utilização adequada da terminologia jurídica através de sólida formação teórica, das atividades junto à disciplina de Língua Portuguesa e da atuação junto ao Núcleo de Prática Jurídica.

• Fomentar a capacidade de interpretação e aplicação do Direito por meio da interação entre a teoria e a prática, nas atividades de extensão, nas disciplinas de formação prática e na atuação junto ao Núcleo de Prática Jurídica.

• Estimular o desenvolvimento da capacidade de pesquisa do acadêmico com relação às fontes do Direito (legislação, jurisprudência e doutrina). Sempre através de atividades avaliativas das diversas disciplinas ao longo do curso, dos Seminários de Pesquisa e do Trabalho de Conclusão de Curso.

• Propiciar a adequada atuação técnico-jurídica nas diversas instâncias administrativas ou judiciais por meio da interação adequada entre a formação teórica e a formação prática.

• Estimular o desenvolvimento do raciocínio jurídico, da utilização da argumentação, persuasão e da reflexão crítica através de estudos de argumentação jurídica. Visto que seja por meio de seminários, do exercício de atividades junto de prática jurídica e de práticas pedagógicas.

• Estimular a capacidade de julgamento e tomada de decisões no acadêmico por meio do estímulo de postura crítica e independente. Ou seja, através da operacionalização no Estágio Obrigatório e na prática jurídica do conhecimento da dogmática jurídica, doutrina e jurisprudência.

• Propiciar a interação entre o Direito e as demais ciências sociais de forma a permitir um profissional com conhecimento amplo. Conhecimento que extrapole a mera operacionalização de conhecimentos técnicos específicos através das disciplinas de Formação Geral.

• Estimular valores éticos e socialmente responsáveis no acadêmico, por meio da participação em atividades extensão, permitindo a interação e o estreitamento de laços com a comunidade onde a IES está inserida.

Conteúdos específicos

Assim como em qualquer outra graduação, é importante saber as disciplinas que você estudará no decorrer do curso. Mas como já dissemos lá em cima, as matérias mudam de curso para curso. Porém, há certos temas que são específicos de arquitetura e urbanismo. E portanto, abordados em praticamente todas as instituições. São eles:

• Bioética e Direito

• Direito Empresarial

• Direito Previdenciário

• Direitos Humanos

• Economia

• Linguagem Jurídica

• Medicina Legal

• Organização Judiciária

• Religião Direito e Estado

• Responsabilidade Civil

• Retórica Jurídica

• Teoria Política

Perfil do egresso e áreas de atuação

Existe um perfil traçado que indica algumas características que os alunos de Direito podem ter. Isto é, possuir esses atributos fará com que o desenvolvimento seja inda mais positivo.

• Sólida formação geral, humanística e axiológica;

• Capacidade de análise, domínio de conceitos e da terminologia jurídica;

• Adequada argumentação, interpretação e valorização dos fenômenos jurídicos e sociais;

• Postura reflexiva e de visão crítica que fomente a capacidade e a aptidão para a aprendizagem autônoma e dinâmica indispensável ao exercício da ciência do Direito, da prestação da justiça e do desenvolvimento da cidadania;

• Capacidade para atuar no mundo jurídico, social, econômico, cultural e político orientado pelos princípios éticos e valores Bíblicos.

Também é muito importante saber em quais áreas o profissional formado em Direito poderá atuar. Separamos algumas delas:

• Advogado privado ou do Estado

• Consultor

• Ministro

• Juiz

• Administrador político

• Professor universitário, desde que possua mestrado

E aí?

Legal conhecer um pouco mais sobre o curso de Direito, né?! Assim, fica mais fácil para decidir se irá cursá-lo ou não. Por isso, se você ainda tiver dúvidas ou quiser saber mais, não deixe de falar com a gente. É só deixar o seu comentário logo abaixo.

Até a próxima!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!