Blog do Unasp

Escolha profissional na adolescência: dicas para encontrar uma vocação.

Encontrar uma vocação não é o processo mais fácil do mundo, mas ele pode ser mais simples se você souber onde buscar as respostas. Veja a seguir algumas dicas que irão te ajudar a descobrir a sua vocação, e quem sabe até a sua futura profissão!

Escolher uma profissão que esteja alinhada à sua vocoção nem sempre é um processo fácil. Os desejos e medos, anseios e fantasias se misturam internamente e se confrontam com as expectativas externas. Ainda há fatores como o investimento no curso, o resultado da escolha no futuro e a influência de amigos e familiares. Mergulhar nesse campo vasto de possíveis escolhas demanda tempo, apoio e auto conhecimento.

Escolher um curso de graduação e uma profissão requer conhecimento de si mesmo, de seus interesses, aptidões e estilo de vida desejado.

A adolescência é uma fase cheia de dúvidas e angústias. Não se preocupe, isso é normal. Sentir-se indeciso e preocupado com o futuro é algo inerente a todos os períodos da vida, mas na adolescência esses sentimentos constumam ficar mais acentuados. Por ser um período de transição, entre a infância e a fase adulta, os adolescentes passam por momentos de mudanças físicas, cognitivas, afetivas e nos papeis sociais. Exigir muito de si mesmo nessa fase pode causar mais conflitos do que ajudar. Estar meio “perdidão” é algo comum, então relaxe.

Se você é adolescente e está buscando a sua vocação e futura profissão, entenda que esse processo de escolha não é repentino. Buscar informações e adquirir maturidade é essencial. Para os pais ou responsáveis vale o mesmo, apoiar um adolescente nessa fase é fundamental. A escolha profissional é um processo contínuo que conta com a contribuição de diversos fatores motivadores, que começam ainda na infância. Mesmo que você não perceba, a influência de pessoas, situações e experiências constroem as preferências e a busca por determinada carreira.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Em seu livro “A escolha profissional: do jovem ao adulto”, Dulce Helena Penna Soares cita um estudo de psicólogos americanos, que a partir de entrevistas com adolescentes indicou que o processo de escolha de uma carreira passa por três estágios: primeiro, de fantasia; segundo, de tentativa e terceiro, realista.

“A fase realista ocorre entre 17 a 21 anos, implicando a escolha de uma profissão, de um curso superior, e caracteriza-se por alguns momentos distintos. Inicialmente, você deve ter um conhecimento mais detalhado, se possível, de todas as profissões para começar a distinguir as que você quer ou das quais gosta. Essa fase é de exploração. Na próxima fase você se compromete com o objetivos escolhido.” (SOARES, 2009).

Então, o que eu devo fazer para encontrar a minha vocação?

Bem, há algumas atitudes que podem te ajudar a encontrar o seu caminho e a sua verdadeira vocação.

• Busque informações: escolher uma profissão e construir uma carreira requer motivação. Para fazer as melhores escolhas é necessário buscar informaçõe que te ajudem a entender suas paixões e talentos. Com base nisso será mais fácil detectar as profissões que possuem características que combinam com a sua personalidade.

Seja disciplinado(a) nos estudos, aprofunde-se nas pesquisas sobre as áreas que você se interessa, converse com pessoas que trabalham na área e pequise opções de universidades.

• Respeite as suas escolhas pessoais: ser feliz em uma carreira vai muito além de ganhar dinheiro, fama ou corresponder as expectativas alheias. Não delegue o seu futuro a outras pessoas. Claro que é importante ouvir quem te ama e quer o seu bem, mas não esqueça que será você que levará o peso das suas escolhas.

Toda ação tem uma reação. Toda escolha resultará em uma consequência. Suas escolhas são sua responsabilidade. Se não escolhemos, deixamos que outos façam isso por nós. O que não é bom, concorda?

• Converse com os seus pais ou responsáveis: no item acima eu disse que as suas escolhas são muito pessoais e que você deve respeitar os seus sentimentos e motivações. Por outro lado também é muito importante manter um bom nível de relacionamento com pessoas que você confia. E não falo de apenas de amigos. Sim, os amigos são importantes, mas ouvir pessoas mais experientes é ainda melhor!

Não se isole. Abra o seu coração e busque ajuda. Eu sei que às vezes os pais podem colocar um pouco de pressão em relação ao futuro, o que pode ser meio irritante, mas dê um desconto. Ouvir as pessoas que te amam e que querem o teu melhor é sempre uma boa escolha.

• Preste atenção nos seus hobbies: o que você gosta de fazer no seu tempo livre? Quais são as suas paixões pessoais? Os seus hobbies são uma boa pista para encontrar a sua vocação. Não há nada melhor do que estudar e trabalhar em uma área que te agrada e trás não só o retorno financeiro, mas também a satisfação pessoal.

• Mantenha o foco: Por mais difícil que possa parecer, tente manter o foco. Livre-se de hábitos improdutivos e foque no que realmente importa. Se caso for necessário busque a ajuda de amigos e familiares.

• Seja resiliente: a resiliência não é um super poder, mas bem que parece, ela é a capacidade de uma pessoa de adaptar-se às mudanças e situações adversas – superar obstáculos, resistir à pressão, dar um novo significado aos eventos traumáticos, etc – sem entrar em parafuso, evitando surtos psicológicos, emocionais e até físicos.

Basicamente a resiliência é olhar para um problema e dizer: “vou passar por cima desse problema e não importa se me ferir, eu irei sarar e sair dessa situação inteiro(a).” Quer saber mais? Veja aqui 6 dicas para aumentar a sua resiliência.

• Saia da sua zona de conforto: a melhor maneira de conhecer a si mesmo é buscar ir além, fazer o melhor e buscar experiências que você ainda viveu. Sair da zona de conforto pode te ajudar a descobrir alguns lados pessoais que você nem mesmo sabia que existiam.

Antes de iniciar a faculdade pense em fazer um intercâmbio, engajar-se em uma missão de voluntariado, fazer um curso e até mesmo conseguir um emprego durante as férias. A ideia é experimentar e descobrir a sua vocação através das experiências.

• Busque ajuda profissional: você já ouviu falar em coaching? O coach é um profissional que atua como um orientador/profissional que auxilia no processo de auto conhecimento de uma pessoa. Nessa mentoria o coach irá te ajudar a identificar o seu potencial e desenvolver as suas habilidades. Ele também irá te estimular a explorar seus pontos fortes, reconhecer os fracos e propor melhorias. Que tal experimentar?

• Busque uma missão e propósito de vida: você ainda é muito jovem, ainda irá descobrir muitas coisas e mudará algumas ideias. Lembre que você está em um momento de transformação. Porém, o quanto antes você descobrir a sua missão e propósito de vida, melhor.

A missão é sua razão de ser e o seu papel no mundo. Por exemplo, você pode descobrir que a sua missão é inspirar pessoas através da arte, ou ajudar as pessoas através de ações pontuais. Enfim, eu não sei dizer qual é a sua missão, mas tenho certeza que ela está aí, dentro de você.

Já o propósito é o porquê de fazer algo. Qual é a sua intenção tomar uma ação e qual é o resultado que você desejar causar. Propósito é saber o que você gosta de fazer, fazer bem e sentir-se bem fazendo aquilo.

Acredite, encontrar uma carreira que tenha a ver com a sua vocação e missão de vida é algo transformador.

Espero que essas dicas sejam úteis e que você encontre sua verdadeira paixão! Um grande abraço e até a próxima.

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!