Blog do Unasp

5 filmes sobre a ditadura militar para entender e estudar

Que tal estudar com filmes? O educacine está aberto. Tema de hoje: ditadura militar no Brasil. 

A ditadura militar tem sido uma das temáticas mais abordadas e citadas nas redes sociais ultimamente. Além disso, essa também é uma das temáticas que caem no ENEM e em alguns vestibulares. Seja para entender a política do nosso país, seja para compreender a nossa história, estudar sobre a ditadura militar é muito importante. 

Apesar disso, às vezes é complicado lembrar todos os nomes, datas e ocorrido em uma ordem cronológica. Por isso, trouxemos hoje uma lista de filmes que podem te ajudar a entender melhor como ocorreu este fato histórico. 

Um breve resumo

Antes de darmos início à sessão de filmes, vamos entender um pouco sobre o contexto histórico?

A Ditadura militar foi um regime que durou cerca de 21 anos, tendo início em 1964 com o golpe militar e afastamento do Presidente da República João Goulart e finalizando em 1985.

Esta época contou com diversos AIs, Atos institucionais, que funcionavam como ferramentas para legitimar e legalizar as ações políticas dos militares, dando poderes extra-constitucionais. Estes traziam à prática a censura, perseguição política, a falta de democracia e repressão daqueles que eram contra o regime.

O vídeo abaixo é super curtinho e ajuda a ter um panorama geral do que ocorreu:

Os atos institucionais

Como citado lá em cima, os AIs foram usados como formas de dar poderes aos militares fora da constituição. Abaixo estão alguns pontos principais de 5 deles:

  • AI-1: Com 11 artigos, dava ao governo militar poder para modificar a constituição, suspender direitos políticos e determinava eleições indiretas para presidente e vice;
  • AI-2: Com 33 artigos, foi responsável por dissolver todos os partidos políticos, o presidente poderia decretar estado de sítio por 180 dias sem aviso prévio ao congresso;
  • AI-3: Estabeleceu eleições indiretas para governador e prefeito;
  • AI-4: Convocou o Congresso Nacional para votação da nova constituição de 1967;
  • AI-5: Endurecimento do regime militar, uma contra-reação, suspensão de direitos. Proibição de manifestações políticas e “habeas corpus” para crimes considerados contra a segurança nacional. Dava também ao presidente plenos direitos de fechar o Congresso, demitir e remover funcionários e cessar direitos de qualquer pessoa.

Agora que já entendemos um pouquinho do contexto, vamos a sessão? Então pega a pipoca e se prepare para altas emoções.

1. Batismo de Sangue (2007)

Baseado em fatos reais e inspirado no livro de Frei Betto, a longa conta a história de frades dominicanos que abrem suas portas do convento para abrigar o grupo da Aliança Libertadora Nacional (ALN) liderado por Carlos Marighella, pois estavam movidos por ideais cristãos. Por conta disto, os frades começam a despertar desconfiança nos policiais e logo passam a ser torturados.

2. O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006)

Mauro é um garoto de doze anos que vai morar com o avô quando seus pais resolvem “sair de férias” inesperadamente. O que o menino não sabe é que seus pais, que são militantes de esquerda, estão fugindo da ditadura militar. Infelizmente o avô morre e Mauro acaba vivendo com o vizinho, enquanto espera seus pais. 

O diretor utiliza o olhar da criança como guia neste drama que fala sobre o efeito do acontecimento nas famílias. Este se passa em 1970, ano do tricampeonato mundial do Brasil.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

3. Zuzu Angel (2006)

Baseado na história verídica da estilista de sucesso e mãe de um dos militantes na época da ditadura, Stuart Angel Jones. Zuzu Angel trava uma luta pelo direito de ver o corpo do filho assassinado após torturas, e também pela justiça.

4. Cidadão Boilesen (2009)

Este documentário traz a história de Henning Albert Boilesen, um dinamarquês radicado no Brasil e presidente do grupo Ultra, Ultragaz, e a sua ligação com a ditadura militar e a repressão, das quais era apoiador.

5.  O dia que durou 21 anos (1971/2013)

Mais um documentário que trata da ditadura, mas agora a relação dos EUA com ela. Neste são reunidos diversos documentos e imagens que comprovam o apoio ao golpe de 64 por parte dos Estados Unidos. A longa teve uma adaptação para o cinema brasileiro em 2013.

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!