Nossa História
1983-1988 1989-1994 1995-2000 2001-2006 2007-2012 2013-2017

1983

Publicado em 21 de julho, o Decreto nº 18.891, onde cerca de 80 hectares, com exceção do núcleo central do campus, são desapropriados a um custo de US$ 4.300.000,00. Em 13 de setembro, uma comissão visitou a Fazenda Lagoa Bonita, em Artur Nogueira, sendo decidida a sua aquisição. No dia 30 de setembro houve a primeira reunião religiosa na Fazenda, um culto de pôr-do-sol; no dia seguinte, 1º de outubro, foi realizada a primeira Escola Sabatina na capela da fazenda. O primeiro serviço religioso completo (Escola Sabatina e Culto) aconteceu no sábado seguinte, 8 de outubro. Ricardo Leme, o primeiro obreiro a trabalhar na Fazenda, chegou no dia 20 de outubro. Iniciada a construção de residências para obreiros e funcionários.

1984

Em fevereiro começou a funcionar uma Escola Adventista, com 15 alunos, na casa sede da Fazenda, sendo Raquel Modro a primeira professora. A Escola foi transferida posteriormente para o prédio da atual mercearia. Sob a liderança do Pr. Narcizo Liedke (pai do Pr. Narcizo Liedke Filho), o grupo Lagoa Bonita tornou-se, no dia 21 de abril, um grupo oficial do distrito de Conchal, havendo na ocasião o primeiro batismo. Em 17 de junho, foi lançada a pedra fundamental do novo campus, com a presença do Pr. Neal Wilson, Presidente da Associação geral da IASD, e do Vice-Governador do Estado de São Paulo, Orestes Quércia. Organiza-se o primeiro coral da Igreja do Novo IAE sob a regência do Prof. Flávio Pasini.

1985

A Escola Adventista retorna à casa sede. Ali os quartos transformam-se em salas de aulas e secretaria, a área de serviço em cantina, a varanda da parte de trás em pátio e a sala de estar em recepção e diretoria. Improvisam-se lousas e carteiras; a escola ganha mais reforço com a chegada da professora Janete de Abreu Germanowicz e com auxílio da secretária Lóide R. Simon. Nesse ano também, o Pr. Walter Boger elabora o Plano Diretor do Novo IAE. Organizada a Igreja do novo IAE com 71 membros. Início da construção do Refeitório e Cozinha.

1986

Início do 1º Grau com 44 alunos matriculados até a 5º série. Implantação, no turno da noite, do Ensino Supletivo em nível de 1º e 2º Graus. Início da construção da Escola Básica - 5.800 m² inclusos. Em julho, chega a primeira aluno interna, Keila P. Santos, para cursar o Supletivo. Dirigida pelo Pr. Milton C. de Souza, a Igreja Lagoa Bonita realiza uma série evangelística em Engenheiro Coelho, resultando na formação de um grupo nesse local. Em agosto, é divulgado o Plano Qüinqüenal - 186-1990 - Novo IAE. São adquiridos 89 hectares de terra em área contígua à Fazenda original; 120 cabeças de gado são transferidas do IAE-C1.

1987

Transferência da Escola de Ensino Básico ao seu prédio definitivo e ampliação da Biblioteca Artur Dassow, sob a coordenação da secretária Ester Pacífico Arruda. Realiza-se a primeira formatura. Autorização da Delegacia de Ensino, sediada em Limeira, para o funcionamento do curso de Contabilidade. Construção do Silo Graneleiro - 2.000 m², bem como o início da construção do Residencial Masculino - 5.000 m²; iniciada a construção do Estábulo - 4000 m². Implantação do Poço Artesiano com 300 metros de profundidade e uma produção inicial de 40 mil litros de água por hora. Primeira avaliação do SALT/Pós-Graduação pela Associação Geral. No segundo Semestre, o Residencial Lagoa Bonita - módulo 1 foi loteado.

1988

Início do curso de Contabilidade e aumento do número de alunos. A Assembléia Geral adotou a nomenclatura Instituto Adventista de Ensino - Campus de Artur Nogueira (IAE-AN), e Instituto Adventista de Ensino - Campus São Paulo (IAE-SP). Construção da Lavanderia - 600 m², metade usada como lavanderia e outra metade como escritório da administração; Construção do Barracão de Beneficiamento de Laranjas - 2.000 m², bem como do prédio da Manutenção.Iniciada a construção do Residencial Feminino - 5.000 m².

1989

A igreja do IAE-C2 recebe o status de sede de distrito, tendo o Pr. Jorge Mário de Oliveira como distrital. A rede de água, instalação elétrica e telefônica são concluídas; construída uma pequena faixa de asfalto, e as demais ruas estão abertas mas não pavimentadas. Iniciada a construção do Centro de Comunicação. O curso de Supletivo é extinto. Formado o Coral da Escola de Ensino Básico, sob a regência do Prof. Edley Matos.

1990

Iniciada a construção de Prédios de Apartamento para alunos casados.Concluída a construção do estábulo e usina de laticínios - 4.000 m².

1991

O antigo Distrito de Engenheiro Coelho, onde estava implantado o novo campus, emancipou-se de Artur Nogueira, e o nome do IAE-AN mudou para Instituto Adventista de Ensino - Campus Central (IAE-Ct). Iniciada a construção do Centro de Estudos Superiores - 9.800 m². Início do curso de Música. No Ensino Superior, são transferidos os dois primeiros anos de Faculdade de Teologia do IAE-C1 para o campus 2. Encaminhando ao Conselho de Educação da União Central Brasileira o anteprojeto de criação da Universidade Adventista. Concluído o Residencial Masculino - 5.000 m².

1992

Início do curso Colegial, bem como a chegada do primeiro ano do curso de Pedagogia do IAE-C1, tendo as demais séries sido transferidas sucessivamente uma por ano. Ocorre também a transferência, para o IAE-C2, do Mestrado em Teologia, bem como do Centro de Pesquisa Ellen G. White do Brasil e do Centro Nacional da Memória Adventista. Encaminha-se ao MEC a solicitação para a expansão universitária. Surge a Escola de Artes sob a breve direção de Sílvia Araújo e, posteriormente, do Prof. Jetro Meira de Oliveira. O Coral Jovem passa a ser reconhecido por esse nome. o Coral Universitário é formado. Concluído o Prédio do Centro de Comunicação.

1993

Início do curso de Processamento de Dados. Concluídos dois prédios residenciais para alunos casados. Início do Doutorado em Teologia Pastoral com três áreas de estudo: (1) Administração Pastoral, (2) Cuidado Pastoral, e (3) Culto, Evangelismo e Crescimento de Igreja. Início do curso de pós-graduação Lato-Sensu em Educação, na área de Administração Escolar. Encaminhando à CAPES o primeiro projeto de um Mestrado em Educação. No primeiro semestre, começam a ser publicados O Flamboyant e Horizontes Notícias, respectivamente informativos semanal e semestral do IAE-C2. Em setembro, houve a comemoração do 10º Aniversário do IAE-C2.

1994

Iniciada a transferência do curso de Letras para o IAE-C2, com a chegada do primeiro ano do curso. Implementada a corrida de fundo “Red Fish”, pelo Dr. Thomas Shepherd, missionário americano.

1995

Iniciam-se as atividades sociais “Gincana das Cores”, pelo Pr. Edilson Valiante, e o “Show de Talentos”. Realizado no IAE-C2, de 28 de novembro a 5 de dezembro, o Concílio Qüinqüenal da Divisão Sul-Americana da IASD. Início do Mestrado em Educação, e do curso de Lato-Sensu em Educação na área de Metodologia de Ensino. Ocorre a formatura da primeira turma de Pedagogia do IAE-C2.

1996

Encaminhado ao Conselho Federal de Educação o pedido de autorização de abertura de 14 novos cursos. Passa a ser oferecido o curso de Lato-Sensu em Educação na área de Orientação Educacional e Supervisão Escolar. Inicia-se a “Escola de Pais”, atividade cultural e religiosa da Escola de Ensino Básico. No segundo semestre, foram loteado os Residenciais Lagoa Bonita - módulos 2 e 3.

1997

Solicitado o status de Centro Universitário bi-campi, sob a nova legislação do ensino superior vigente, para que se concretize, a médio prazo, a formação da Universidade Adventista. Realizado, de 8 a 12 de julho, o Concílio Ministerial da DSA. Publicado o primeiro número da Revista da Escola Adventista. Ocorre a formatura da primeira turma de Letras do IAE-C2. Concluído o Residencial Feminino - 5.000 m², faltando apenas terminar a Capela.

1998

Falece em março o Pr. Walter Boger, diretor geral do IAE por 18 anos, sendo sete anos do Campus 1 e 11 anos do Campus 2. Em vista da obtenção do título de Centro Universitário, o Campus Central tornou-se Campus 2, e o Campus de São Paulo passou a denominar-se Campus 1. Pr. Nevil Gorski passa a ser o Diretor Geral dos dois campi, tendo como diretores acadêmicos José Iran Miguel (Campus 1), e Daniel Baia (campus 2). Ocorre a primeira defesa pública de tese do Doutorado em Teologia Pastoral, pelo Pr. Luiz Nunes. Os grupos musicais “Imagem Vocal” e “Madrigal Officina Vocalis” são formados. em 7 de julho, houve a Comemoração do 15º Aniversário do IAE-C2. Inaugurada a Vicinal Pastor Walter Boger, com a presença de autoridades civis e eclesiásticas. Realizando, de 20 a 28 de novembro, o I Simpósio da Memória Adventista no brasil intitulado ”IAE-C2, 15 anos de História”, os cursos de Educação Artística, Tradutor e Intérprete, Letras - Inglês, bem como Administração e Engenharia Civil receberam autorização de funcionamento.

1999

Iniciados os cursos de Engenharia Civil, Educação Artística - habilitação em Música, Administração, Letra- Inglês e Tradutor e Intérprete. Falece em março o Dr. Admir Josafá Arrais Matos, Doutor em Ciências, obreiro do IAE - Campus 2, de 1992 a 1999, como Coordenador do departamento pós-graduação, pesquisa e extensão. Em 10 de junho, é defendida a primeira dissertação do Mestrado em Educação, pela Profª. Ednice O. Burlandy. Autorizado, no primeiro semestre, o funcionamento do curso de Comunicação Social - habilitações em Jornalismo e Publicidade e Propaganda, previsto para iniciar no ano 2000. Em setembro, o Conselho Nacional de Educação (CNE) confere oficialmente ao IAE o status de “Centro Universitário”, com sede no IAE-C1, como solicitado pela comissão de expansão universitária. Define-se também uma nova diretoria para os dois campi, com algumas alterações na estrutura administrativa. Ocupa o cargo de diretor presidente Nevil Gorski; diretor vice-presidente para o Campus 1, Euler Bahia e diretor vice-presidente para o Campus 2, Leví Borrelli.

2000

O campus passou a ser dirigido pelo pastor Daniel Baía, que permaneceu no posto até 2003. implantaram-se os cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda. Ocorreu a pavimentação da avenida dos Estudantes, anel interno e estacionamentos. Cria-se também o instituto de línguas, que dentre suas atividades, estabelece parcerias com instituições secundárias e universitárias na Europa e Estados Unidos.

2001

Inauguração do templo em 17 de fevereiro, com o primeiro culto e Escola Sabatina ministrados pelo o Pr. Tércio Sarli.

2002

Começa a funcionar o ensino médio. Abriu-se o curso de Ciências Contábeis.

2003

Comemoração dos 20 anos do UNASP, com a presença de Geraldo Alckmin e Jennifer LaMountain.

2004

A instituição passa a ser administrada pelo professor e pastor José Paulo Martini, que mantém sua gestão até os dias atuais. Abriu-se o curso de Direito.

2005

Acontece o primeiro projeto Carajás, projeto de evangelismo do UNASP na Ilha do Bananal, em Tocantins. Construção do ginásio coberto do campus.

2006

É criada a Zoom, agência de publicidade e propaganda que serve à instituição. Inaugura-se também o núcleo Multidisciplinar, setor que abriga a ABJ (Agência Brasileira de Jornalismo, a Zoom e o núcleo de Ensino à Distância). Acontece também a inauguração do Templo, com a presença do pastor Jan Paulsen, presidente mundial dos Adventistas na época.

2007

Inaugura-se a rádio UNASP-FM e um SPA no Residencial feminino.

2008

Ampliação do prédio do Ensino Superior (Bloco C), com o objetivo de incluir uma nova sala.

2009

Abriu-se o curso de Sistemas para internet, que permaneceu até o ano de 2016. Reinaugurou-se o Centro de pesquisas Ellen G. White.

2010

Começa a funcionar no Campus o curso de História. Jubileu de Prata do Clube de desbravadores Flamboyant.

2011

Inauguração do Bloco E do prédio do Ensino Superior e do laboratório de pianos, que serve ao curso de música.

2012

Inauguração da nova ala do Residencial Feminino.

2013

Abriu-se o curso de Arquitetura e Urbanismo. Na época, a instituição alcançou 5198 matrículas, sendo 1459 residentes do Internato. Comemoração de 30 anos do UNASP, com a presença do cantor Jody McBrayer.

2014

Início do curso de Rádio e TV

2015

Começa o curso de Engenharia de produção.

2016

Começam as atividades do curso de Engenharia Agronômica.

2017

Inauguração das novas instalações da Igreja UNASP, do UNASP Virtual e da sede da administração superior do UNASP, do Centro de Desenvolvimento Espiritual e Cultural, e do UNASP Village Inn, hotel da instituição.