Acarte

Professores

Adriana Chaves Silva dos Reis nasceu em 23 de dezembro de 1982 em São Paulo. Iniciou seus estudos de piano aos 5 anos de idade e nunca mais deixou a música.
Aos 11 anos veio estudar na Acarte onde começou a participar no Coral Juvenil cantando e tocando. Passados alguns anos entrou no curso técnico e participou de mais grupos musicais como a Banda Jovem, Orquestra e Sinos.
No ano de 2000 ingressou na faculdade de música na UNESP e começou a trabalhar na Acarte onde permanece até hoje.
É formada no curso de Bacharelado em Piano e atualmente trabalha dando aulas de piano, tocando para o Coral Carlos Gomes, Coro de Câmara e também participando ativamente nas atividades da Igreja Unasp.

Iniciou seus estudos de Violão e música sob a orientação de seu pai, o professor Geraldo Ribeiro de Freitas, em 1966, com 5 anos de idade.
A seguir, passou a estudar com o professor Isaías Sávio, permanecendo com ele por mais de 6 anos.
Cursou o Conservatório Musical Pio XII de Bauru, concluindo seus estudos no ano de 1975.
Formou-se em Educação Artística, com Habilitação em Música, pela Faculdade de Música do Colégio do Sagrado Coração de Jesus, em 1982, em Bauru.
Foi professora do Curso Magister, em Bauru, e ministrou aulas particulares em Arealva, lacanga e São Paulo.
Obteve o primeiro lugar nos concursos musicais: 11 Concurso de Jovens Instrumentistas de Piracicaba (1973) - Concurso Nacional de Violão 2° Turno em São Paulo (1974) - Festivais dos Conjuntos Instrumentais da IV Semana de Arte Jovem, em São José do Rio Preto (1977) - 11 Concurso de Música Erudita de Uberlândia (1977). Foi também premiada no 11 Concurso Nacional de Música de Goiás, em 2° lugar (1977)
Foi solista do conjunto ``Camerata Violonística``, no período de 1982 a 1989, congratulada com o título de ``melhor conjunto Violonístico``, pela Associação Paulista dos Críticos de Arte, em 1984.
Professora de violão e musicalização infantil na ACARTE – UNASP Campus São Paulo desde 1999.

Bacharel em trompete pela Faculdade Mozarteum de São Paulo, com Licenciatura Plena em Pedagogia pela Faculdade da Aldeia de Carapicuíba.
Solista da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo de 2002 a 2017. Integrou também o Grupo Metais São Paulo, Orquestra Experimental de Repertório e Banda Sinfônica Jovem do Estado. Como convidado atua junto à Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo e Orquestra Sinfônica da USP. Foi professor de trompete da Emesp de 2004 a 2009. Como docente atua na ACARTE e desde 2010 no Programa Guri Santa Marcelina Cultura.

Aline Maia Borges iniciou seus estudos de música aos 5 anos na ACARTE, chegando a se formar no curso técnico da casa. Atualmente é aluna de piano e harpa da Escola Municipal de Música de São Paulo sob orientação de Fernando Tomimura e Délcia Coelho, e é bolsista CAPES no curso de Mestrado em História Social da PUC-SP, onde pesquisa a cultura pianista paulistana no começo do século XX.

Foi aluna do professor Domício de Oliveira e atualmente da professora Anna Grimald Cortazzio. Tem participado ativamente de diversos Salões de Artes Plásticas. É vencedora do Primeiro Salão de Artes do UNASP Engenheiro Coelho com grande medalha de ouro. Participou também de diversas outras exposições, dentre as quais destaco:
Biblioteca Affonso Taunay - SP, II Salão de Artes dos Cristãos de Vila Prudente, I e II Salão de Artes Plásticas de Santo Amaro, XII Salão Livre de Artes Plásticas - Suzano, Universidade São Judas Tadeu, IV Mostra de Artes do Ateliê Rosa Bérgamo (Medalha de Bronze), IX Salão de Aniversário da AASA, Faculdade Osvaldo Cruz, II Salão de Artes Plásticas de Peruíbe, I,II,III E IV (pequena medalha de ouro) Salão Nacional Adventista de Arte Plásticas Boulevard da Faculdade Osvaldo Cruz, Boulevard Rio Branco – Taubaté, Mostra de Arte de ANNA G. CORTAZZIO e seus alunos - Taubaté, Museu Histórico de Taubaté, Museu Sacro de Taubaté, I Mostra Itinerante de Artes Plásticas – Ubatuba, Mostra de Artes “Sanctus EtÁngeles” – Cunha.
Domina as Técnicas de grafite, lápis de cor, guache, mangá, nanquim, acrílico, lápis pastel, pastel, óleo e aquarela.
É artista plástica e profissional de desenho e pintura no Atelier da Academia Adventista de Arte, pertencente ao UNASP campus São Paulo.

Iniciou seus estudos de música com 10 anos; aos 11 ingressou na Orquestra de Câmara da UFCG (PB). No mesmo ano mudou-se para São Paulo, tendo aulas com violinista Cesar Vicente. Em 2007, ingressou na Escola Municipal de Música, na sala da Profa. Marcia Fukuda. Passados dois semestres passou a ter aulas na mesma instituição com Alexey Chashnicov (OSESP). Em 2011, formou-se em violino na Escola Municipal de Música e, em 2013, na Escola de Música do Estado de São Paulo, na sala do professor Yury Rakevich (OSESP). Atualmente é bacharelando na Universidade de São Paulo com a Prof.ª Dr ª Eliane Tokeshi.
Experiências profissionais
Tocou na Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, foi Spalla da Orquestra Jovem Tom Jobim, tocou na Orquestra Jovem do Conservatório Municipal de Guarulhos e participou de apresentações e recitais de música de câmara com professores da Escola Municipal de Música. Atualmente trabalha na Orquestra de câmara da Universidade de São Paulo (OCAM). Há 3 anos trabalha intensamente, difundindo o ensino de violino através da filosofia Suzuki, em que acreditamos que “ Toda Criança é Capaz”.
Cursos
Fez o curso de Filosofia Suzuki com a Profa. Dra. Shinobu Saito. É capacitado nos livros um, dois e três pelos teacher trainers Edward Kreitman (Chicago), Shinobu Saito (Brasil) Eduardo Ludueña (Argentina), para lecionar crianças a partir de três anos de idade. É professor associado à Suzuki Association of America – SAA, com registro nº 115579, site (https://suzukiassociation.org/user/) e participou do curso de ensino de música para crianças com necessidade especial (Música e Inclusão) com a pesquisadora professora Viviane Louro. É professor de violino na Escola de Música Suzuki de São Paulo.
Participou de Festival de Música nas Montanhas tendo aulas com Elisa Fukuda e Lindom Taylor (Londres), participou de duas edições do Festival de Música nas esferas de Bragança Paulista tendo aulas com Claudio Michellete (Spalla Ususp), violistas Ville Makemen (Finlândia), violinista Ana de Oliveira, o professor Alexandro Borgomanero e Laércio Diniz. Constantemente participa de master classes com violinistas renomados, dentre os mais famosos Camelo De Los Santos (NMU- New Mexico University), Emanuelle Baldini (Spalla da OSESP) Levon Ambartsumian (Georgia-USA) e o renomado Linus Roth (Alemanha).

É Bacharel em Flauta Transversal e pós-graduado em Docência Superior em Música pela FMU. Diretor da ACARTE (Academia Adventista de Arte) e maestro da OSU (Orquestra Sinfônica do UNASP).
Foi spalla e 1º flautista da Banda Jovem e Orquestra Sinfônica Jovem do IAE (instituto Adventista de Ensino) onde atuou sob a regência dos maestros: Derosdete Serafim, Carlos Santana, Jean Reis e Wagner Polistchuk. Também integrou a Orquestra Sinfônica de Poços de Caldas onde também atuou como solista.
Participou de eventos tais como: Projeto Musicistas; I, II, III e IV Festival nas Montanhas de Poços de Caldas; I Festival Internacional de Flautistas; integrou o corpo de professores no 10° e 11° encontro de músicos do Unasp Campus Engenheiro Coelho e de vários masterclass com professores como: Rogério Wolf, Karl Kraber, Renato Axelrud, Wendy Rolve, Keith Underwood, entre outros.
Gravou seu 1º CD “Como Agradecer” em 2000, além de ter participado como solista em diversos outros CDs.
Como diretor artístico da OSU (Orquestra Sinfônica do UNASP) gravou em 2009 o CD “Somente a Ti” e em 2013 o DVD “Orquestra Convida”. Ainda em 2013 realizou uma apresentação com a OSU em Whashington DC. Atuou como maestro da Orquestra Colina MUNASP nas 4 primeiras edições do MUNASP.

Iniciou seus estudos na AEB (Associação Evangélica Beneficente) posteriormente ingressou na ULM (Atual EMESP). Foi aluno da Classe de Violinos da Professora Betina Stegmann na Faculdade Cantareira, teve aulas de violino com importantes Professores destacando Carmelo de Los Santos UNM (Universidade do Novo México-EUA), Jean Reis (Jazz Sinfônica), Simona Cavuoto (OSESP) e Djavan Gaetano(Teatro Municipal-SP).
Foi 1° Violino da Orquestra Jovem de Mogi das Cruzes e Sinfônica Heliópolis e Integrante da Orquestra Jovem de Atibaia, tendo trabalhado com importantes Maestros destacando Zubin Mehta, Roberto Tibiriçá e Jean Reis. Em 2004 foi membro da Orquestra Jovem do Mercosul tendo realizado concertos na Argentina e Paraguai e foi integrante em 2009 da orquestra Jovem do Brasil tendo realizado concerto no Rio de Janeiro. Participou de diversos festivais por todo o Brasil, destacando os festivais musica nas montanhas- MG, festival de música em Londrina-PR, festival de música nos Pampas-RS, festival música na Serra-SC, festival de Música em Maringá-PR, festival de Música em Maranguape-CE e MUNASP-SP onde foi Spalla da Orquestra Do Festival nas edições 2012, 2013 e 2014.
Em 2015 foi Professor da EMM (Escola Municipal de Música) em Embu das Artes-SP Atualmente e Professor de Violino na ACARTE-SP e na AEB (Associação Evangélica Beneficente)

Bacharel em violoncelo pela Universidade Estadual Paulista – UNESP, Participou de vários festivais, tais como o Festival de Águas de Lindóia, de Londrina, de Campos de Goytacazes, de Prados e da Semana da Música de Ouro Branco.
Integrou o naipe de violoncelos de diversas orquestras e conjuntos dentre eles a Orquestra Jovem da Escola Municipal de Música, Orquestra Acadêmica da UNESP, Banda Sinfônica do Exército Brasileiro, Orquestra de Câmara da ECA USP, International Young Orchestra Academy (IJOA – Alemanha) e Orquestra Sinfônica Heliópolis.
Desde 2007 dá aulas particulares e em escolas de música, e atualmente leciona na Academia Adventista de Artes (ACARTE) do Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP).

Eliete Silva Carvalho, nascida em Mato Grosso quando seus pais eram obreiros entre os índios Karajás na aldeia Fontoura. Passou parte de sua infância no Rio de Janeiro onde sua mãe lhe ensinou os primeiros hinos no piano, tocando pela primeira vez em público acompanhando a congregação na igreja aos 10 anos de idade. Em seguida, iniciou seus estudos de piano com a profª Noemi Costa e Silva em Teresópolis, RJ. 1 ano depois ensaiava e tocava para um quarteto masculino na igreja em que frequentava. No ano seguinte, após seus pais terem sido chamados para trabalhar no IAAI, AM, passou a ser a pianista do colégio, tendo a oportunidade de se desenvolver muito ao tocar para o coral da escola, sendo sua mãe a regente, grupo misto, quartetos e para grupos infantis. Ao fazer parte do Ensino Médio no IAP, PR, estudou com a profª Deise Cremonese na Esarte.
Mesmo sua formação acadêmica sendo na área da enfermagem, com pós-graduação em Assistência de Enfermagem da Criança ao Adolescente e Gestão de Pessoas, nunca deixou a música de lado. E por isso sempre esteve presente cantando em corais da escola, no grupo Brisa, na gravação base de vários CDs da mesma instituição, além de participar de grandes eventos musicais cantando ou tocando piano.
No intuito de aperfeiçoar o trabalho que já tem feito com a música durante todos esses anos, em 2011, voltou a estudar piano pela ACARTE e hoje está cursando o Técnico em Música.
Atualmente, é Regente do Coro Masculino da Igreja do Unasp, pianista do coral Tempo Jovem, do ensino médio, e toca trompa, junto com seu filho, na Banda Baby na mesma instituição.

Mestre em Artes e Bacharel em Violão pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Em 2012 recebeu o prêmio de ``Intérprete Instrumental de Música Erudita`` pela Pró-reitoria de Cultura da USP no 20º Programa Nascente. Atua como concertista no Brasil e nos Estados Unidos. Realizou gravações inéditas de obras para violão solo para a Rádio Cultura FM de São Paulo e também diversas gravações e arranjos no ramo da música cristã para Sony Music, Gravadora Novo Tempo, entre outros. Teve como professores de violão Henrique Pinto, Edelton Gloeden, Gilson Antunes, Francisco Araújo e Aída Saggioro. Tem participado festivais e masterclasses no Brasil e Estado Unidos, aperfeiçoando-se com músicos como Leo Brouwer, Eliot Fisk, David Russell, Manuel Barrueco, Fábio Zanon, Bruce Holzman, entre outros. Atua como professor no Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP) nos campus Engenheiro Coelho e São Paulo capital, como professor no Ensino Superior e coordenação do Curso Técnico em Música.

Ivan Marques iniciou seus estudos na Acarte aos 9 anos de idade. Durante 2 anos estudou com Fernando Campos, e durante os 8 anos seguintes foi aluno do grande saxofonista César Albino. Foi aluno do projeto bandas durante todo esse tempo. Atualmente é maestro da Banda Baby. Iniciou projetos como a Big Band UNASP. É líder do Quarteto de Saxofones do colégio e exerce outras funções também.
Estuda na Universidade Metropolitana de Santos, no curso de Licenciatura de Música.

Jocélio Silva nascido em 10/06/1989 em Pacajus CE, é guitarrista e produtor musical há mais de 12 anos.
Começou a estudar música aos 15 anos. Teve o primeiro contato com música na igreja, como baterista, mas rapidamente se tornou guitarrista e violonista pela falta de um músico no instrumento, dali em diante não teve dúvidas do que queria para sua vida. Em 2011 largou família, amigos e o trabalho de Serigrafista. No estado do CE e veio morar na cidade de São Paulo - SP
É um músico com formação na música popular, mas se aprofundou no mundo dos estudos musicais com livros, revistas, vídeos e songbooks.
Trabalha com música como Sideman, e leciona aulas de música na cidade de São Paulo.
Já fez trabalhos com vários artistas e gravadoras dentro e fora do país trabalhando com gravadoras como Line Recordes, Square Recordes.
No meio gospel tocando e gravando.
Trabalhou com artistas como Mara maravilha, Lauriete, Giovani Santos, Dayane Damasceno, Liza Zampiere, Daigo Takayama entre outros.
Atualmente é guitarrista e violonista dos artistas Fabio Teruel e Banda Gerd, e produtor musical na sua igreja.

Doutorando em Teoria e Análise Musical pelo Programa de Pós-Graduação em Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (PPGMUS/ECA/USP) e Mestre em Processos de Criação Musical pela mesma instituição. Bacharel em Trompa pela Faculdade Mozarteum de São Paulo (FAMOSP). Especialista em Gestão em Projetos Culturais e Organização de Eventos pelo Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (CELACC/ECA/USP). É professor de Trompa e Teoria Musical na Organização de Cultura, Educação e Assistência Social Santa Marcelina, Conservatório e Curso Técnico em Música da ACARTE (UNASP) e Escola de Música de Embu das Artes. Iniciou seus estudos musicais na ONG Músicos do Futuro (antiga Banda Marcial de Taboão da Serra), seguindo para a Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP; antiga ULM), onde estudou com o trompista Nikolay Alipiev (OSESP). Foi professor de Teoria Musical e orientador de trabalhos de conclusão de curso (TCC) do bacharelado da Faculdade Mozarteum de São Paulo (FAMOSP). Publicou diversos artigos no campo da Análise e Teoria Musical em Simpósios e Encontros de Musicologia no Brasil e na Europa (Portugal). Foi trompista de importantes grupos sinfônicos como a Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e Orquestra Jovem de Guarulhos. Participou de vários festivais com destaque para o Festival de Música de Santa Catarina (SC), Semana da Música de Ouro Branco (MG) e Festival de Música de Campos do Jordão (SP). Também é compositor/arranjador e produtor cultural.

Iniciou seus estudos musicais aos 9 anos em Lençóis Paulista (interior de São Paulo) . Aos 15 anos, ingressou no Conservatório Dramático e Musical ``Dr. Carlos de Campos`` de Tatuí, onde fez aulas com o Professor Max Ferreira. Aos 17, ingressou no curso de Graduação (Bacharelado em Clarinete) na Universidade Estadual Paulista (UNESP), onde teve aulas com o Professor Sérgio Burgani.
Já fez aulas com clarinetistas de renome, no cenário nacional e internacional, tais como Giuliano Rosas, Daniel Rosas, Ovanir Buosi, Luis Afonso Montanha, Paulo Sérgio Santos, Wenzel Fuchs (Alemanha), Paul Meyer (França) e Michael Collins (Inglaterra).
Já atuou como clarinetista na Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, onde ganhou o Prêmio Jovens Solistas no ano de 2010, e Orquestra Jovem Tom Jobim. Foi também professor de clarinete e madeiras no Projeto Música nas Escolas, em Lençóis Paulista, e no Projeto Guri Santa Marcelina, na Grande São Paulo.
Atualmente é clarinetista da Banda Sinfônica do Exército Brasileiro e Banda Sinfônica Municipal de Cubatão. Também é professor de clarinete na Escola Municipal de Música da Estância Turística de Embu das Artes e, na Academia Adventista de Arte - Acarte.

Joyce Carnassale nasceu no dia 17 de maio na cidade de São Paulo. Graduada em Educação Musical pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo – campus Engenheiro Coelho. Cantou no grupo Tom de Vida e no Coral jovem do IASP nos anos de 98 e 99. Já em Engenheiro Coelho, no ano de 2000, ingressava no recém formado grupo Novo Tom, dirigido pelo maestro Lineu Soares.

Faculdade de educação Física Bacharelado e licenciatura, pela Universidade de Santo Amaro ano 2000.
Curso de Especialização Fisiologia do Exercício e Treinamento Resistido na Saúde na Doença e no Envelhecimento, Módulo Extensivo, Faculdade de Medicina USP. 2004. Curso de Musicalização para bebês e as Inteligências Múltiplas, Fundamentos Neurológicos 2003. Curso Técnico Piano 2015.

Nascida em São Paulo, começou a estudar flauta doce aos 10 anos e piano aos 12. Seu envolvimento com corais e estudo de instrumentos a levou ao trabalho musical desde cedo. Se formou em Licenciatura em Música pelo UNASP - EC onde se destacou como regente assistente do côro de câmara da universidade e professora-monitora dos seus colegas durante o curso. Hoje atua no UNASP SP como pianista, professora de flauta doce, piano, coral e musicalização.

Nasceu em 10 de março de 1946, em Porto Alegre Rio Grande do Sul.
Com seis anos já em Belo Horizonte iniciou seus estudos musicais com sua mãe que era professora de piano e regente dos corais. Com doze anos, muda-se para São Paulo estudando no CAB, até formar-se no curso normal.
Nesse período estudou no CMA (ACARTE) piano e cantou no Coral Carlos Gomes vindo a ser mais tarde Pianista – Organista. Em 1965 ingressou no curso superior de Piano, formando-se com medalha de ouro. Em 1970 admitida com formação superior na ACARTE como professora de piano e percepção. Nessa década fez: Curso de Formação de Professores de Música, patrocinado pelo Governo de São Paulo tendo como professores Benito Juarez, Alexandre Paschoal Neto, João Carlos Martins, Paulo Herculano. Tocou em duas aulas públicas com Magdalena Tagliaferro.
Fez três anos de especialização pianística com Gilberto Tinetti, cursou um semestre de Composição Musical Willy Correa de Oliveira (USP – ECA). Estudou Canto.
Casou-se em 1975 e interrompeu os trabalhos na ACARTE por dois anos pelos filhos pequenos. De 1995 a 2002, cantou no Coral Paulistano, do Teatro Municipal de São Paulo. Atualmente é professora na Acarte dando aula de Percepção Musical e Piano.

Estudou viola na Escola Municipal de Música de São Paulo com o professor Alejandro de Jeon. Formou-se bacharel em Música pela UNESP, com o professor Ricardo Kubala- viola.
Participou de diversos festivais de Música como ’festival Música nas Montanhas’ (Poços de Caldas – MG), Curso internacional de Verão de Brasília, FEMUSC (Santa Catarina) e Oficina de Música de Curitiba entre outros.
Tocou na Orquestra Filarmônica de São Caetano, Orquestra municipal de Guarulhos, Orquestra Acadêmica da UNESP entre outras.
Fez diversos cursos de ensino de música. Já deu aula em Conservatório e na Fundação Bachiana. É professora no UNASP desde 2011.

Iniciou seus estudos de flauta doce aos 9 anos em São Paulo no projeto de voluntariado da Igreja Assembleia de Deus Ministério do Belém, onde também aprendeu a tocar trombone de vara. Aos 15 anos ingressou no projeto Guri, onde começou seus estudos de flauta Transversal; no mesmo ano entrou para o Centro Tom Jobim (EMESP) sob a orientação do Professor Marcelo Adib. Em 2010 estudou com o Professor José Ananias na Escola Municipal de Música de São Paulo. Tocou na Orquestra Infanto-Juvenil da Escola Municipal de Música de São Paulo e na Banda Sinfônica Jovem do Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP). Como professor, lecionou na classe de instrumentos de sopros (madeira) do projeto EMUSICO da Associação Paulista Sul da Igreja Adventista do Sétimo Dia, e na Escola de Arteiros como professor de musicalização. Trabalhou como educador musical no colégio Adventista da Liberdade e no Colégio Adventista da Lapa atuo como regente do coral infantil e também professor de musicalização da Educação Infantil e fundamental 1. Atualmente rege o coral do 4° e 5° do Colégio UNASP-SP e ministra aulas de musicalização para o fundamental 1 na mesma instituição.

Rejane Fragoso Ferreira Dias, fonoaudióloga clinica desde 1998.
Realiza trabalho vocal com corais infantis desde 2008. Formou-se na Universidade Tuiti do Paraná.

O professor Renato Max começou a estudar canto aos 12 anos de idade. Aos 14 ingressava no Blacknessboyz por onde viajou pelo Brasil se apresentando durante 4 anos. Aos 15 começou a dar aulas particulares e em igrejas locais. Aos 18 entrou no Link4 e em seguida no Raíz Coral onde cantou por 9 anos. Nessa trajetória já cantou em vários palcos com diversos cantores como Sergio Saas, Leonardo Gonçalves, Ed Motta, Wanessa Jackson, Jhour Byron, Ton Carfi, Paloma Possi, Cristian Dentley (take 6), Robson Nascimento, Silvera, Nc'Black, entre muitos outros.
Já participou de um músical internacional (Londres), que fazia tributo à Michael Jackson (2013). Já estudou com vários professores particulares e também estudou na FMU - SP (fonoaudiologia e música). Em formação.
Hoje, oferece cursos livres de canto e direcionamento (vocal coach) vocal e artístico para iniciantes e cantores profissionais.

Renato Pereira iniciou seus estudos musicais aos 12 anos de idade com Ulisses Pimentel. Aos 14 anos ingressou na EMM-SP (escola municipal de música de São Paulo) fez parte da classe da professora Cecília Guida durante 4 anos, após esse período integrou a classe de violino da professora Elisa Fukuda com quem se formou bacharel na FIC (Faculdades integradas Cantareira). Ao longo de sua carreira fez parte de grupos como: Orquestra Jovem Tom Jobim (spalla), Orquestra de Câmara da USP, Orquestra Experimental de Repertório, Camerata Cantareira (spalla), Camerata Fukuda, Orquestra Afro-Brasileira (spalla) e grupos de música de Câmara.
Dentro do universo popular é integrante do Coletivo Roda Gigante e fez participações e turnês com Andrea Bocelli, solista de Choro em projetos de São Paulo faz apresentação por toda a capital misturando e pesquisando o universo do violino popular e erudito.
Venceu o concurso Pauta Mágica e Concurso de MPB da Faculdade Cantareira.
Participou como bolsista dos festivais de Prados- MG, Aguas de Lindóia, Música nas Montanhas-MG, Juiz de Fora -MG, Bragança Paulista- SP e Festival Internacional de Campos do Jordão-SP.
Foi professor do curso preparatório de violino das FIC e Músicos do Futuro, Professor de música de câmara e preparador de naipe na Orquestra Filarmônica de Paraisópolis atualmente é professor na Escola Diese Musical e no curso técnico da Acarte-UNASP.

Rodrigo Burgo é natural de Curitiba-PR. Iniciou os estudos em piano com a professora Liliane de Vincenzo, e de trompete em 1989 com o professor Carlos Santana. Tem em sua formação acadêmica os cursos de Técnico em Música pela ACARTE, Bacharelado em Música (Piano) pelo Instituto de Artes da UNESP e Mestrado em Performance (Trompete) pela Florida State University - FSU. Dentre os vários festivais que participou destaca-se o festival de Bandas da World Association of Symphonic Bands and Ensembles - WASBE que ocorreu na Suécia - 2003 e o Festival de Orquestra do Collegium Musicum – Pommersfelden, Alemanha - 2005.
Como instrumentista Rodrigo participou por 15 anos como 1º Trompete da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, tendo também participado como convidado da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de SP, Orquestra do Theatro São Pedro e Orquestra Sinfônica da USP. Rodrigo participa frequentemente de gravações tanto para grupos vocais como solistas.
Rodrigo atuou como professor na Adventist Christian Academy, Escola de Música do Estado de São Paulo - EMESP, GURI - Santa Marcelina, Faculdade Mozarteum e é professor da ACARTE desde 1997. Atuou como professor do 14º e 17º Encontro de Músicos do UNASP-EC e também do como professor do Festival Internacional de Música do UNASP MUNASP - em 3 edições.

Ronnye de Oliveira Dias, formado pela Universidade de São Paulo (USP), tem atuado nos últimos 20 anos como arranjador (com centenas de arranjos gravados no Brasil, Estados Unidos e Europa), produtor (pela Gravadora Novo Tempo) e regente de grupos vocais e instrumentais. Atualmente é professor no centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP), campus São Paulo, aonde também atua como regente da Banda Sinfônica Jovem.

Nascido em São Paulo iniciou seus estudos em 1999 num projeto de iniciação musical dirigido pelo Maestro Edison do Nascimento na Prefeitura de Taboão da Serra. Estudou na EMM de São Paulo com Joaquim de Abreu e Elizabeth del'Grande (música de câmara e técnica orquestral). Graduou-se em Percussão Sifônica na USP na classe do Professor Ricardo Bologna. Já participou de vários grupos sinfônicos no Estado de SP, tais como Orquestra Jovem Tom Jobim, Banda Jovem do Estado de SP, Orquestra Jovem de SP, Sinfônica Heliópolis, Sinfônica de Santos, Osusp, Ocam-USP, ORTHESP, Percussivo Usp. Atualmente é professor do Programa Guri Santa Marcelina e Acarte (Universidade Adventista de SP).

Natural de São Paulo, SILMAR CORREIA é graduado em Piano pelo Conservatório Brasileiro de Música – RJ, na classe do Pianista Luiz Henrique Senise, e foi premiado em vários concursos nacionais.
Como maestro de coro, trabalhou com o Corais Jovem do IAP - PR) e IPAE (RJ). Atuou como diretor musical do Grupo Carisma (RJ) e Arautos do Rei (SP).
Suas composições fazem parte do cenário sacro no Brasil. Algumas das mais conhecidas são “A Tua Lei”, Nunca Mais as Lágrimas”, “Deus Tudo Pode”, “A Única Saída”, “Vem Brilhar”, “Hoje é o Dia de Voltar”, “Faço Novas Todas as Coisas”, “O Senhor Está Aqui” e “Salmo 23”.
Hoje, Silmar Correia é maestro do Jovem Coral UNASP-SP, diretor musical do VOCAL UNASP-SP e professor de piano na ACARTE.

Iniciou os estudos de piano aos 10 anos de idade através de um projeto de ensino de música do Colégio Adventista Ellen G. White. Aos 14 anos, já participava ativamente como pianista nos cultos da IASD Capão Redondo, onde também iniciou seus trabalhos como arranjador e pianista de conjuntos vocais. Nesse período, descobriu sua habilidade para a composição musical, área na qual escolheu investir. Aos 17 anos, ainda na IASD Capão Redondo, tornou-se pianista, compositor e arranjador do Coral Projeto Volta, com o qual já vem trabalhando há 13 anos, com dois álbuns lançados: Este é o nosso Deus (2008) e Ele é Real (2013) e um total de 15 músicas de autoria própria. Fez o curso preparatório para o vestibular em música na Acarte em 2013, com os professores Ronnye Dias e Silmar Correia, e graças a esse curso conseguiu ingressar no bacharelado em composição musical pela Escola de Comunicações e Artes da USP, onde está cursando. Atualmente é também pianista do Jovem Coral do UNASP Campus São Paulo, sob regência de Silmar Correia. Além do Coral Projeto Volta e do Jovem Coral, os grupos Nova Voz e Cristal são exemplos de outros grupos que já gravaram músicas de sua autoria.
Wesley Acarte: Trabalha também como professor do curso técnico da ACARTE.

Iniciou aos 5 anos no piano, estudou regência, trompete e piano na Universidade de São Paulo, é professor de piano e regente da Banda Sinfônica Teen e do Coral Expressão do UNASP - SP.

Iniciou seus estudos de piano aos 6 anos. Cursou o Conservatório Musical Santa Cecília em Presidente Prudente, concluindo a formação técnico em piano e flauta doce no ano de 1988.
Formou-se em Pedagogia na Faculdade AEPREVE em Presidente Venceslau-SP. Fez Curso de extensão na Hungria do Método Kodaly em 1998. Pós- Graduação em Psicomotricidade no ISPE-GAE em 2002. Participou de inúmeros cursos de musicalização infantil ministrados por diversos educadores musicais entre eles: Marli Ávila, Zeneide Alves, Eny Parejo, Maristela Loureiro, Leila Augahara, Elvira Drumond, Vira Kuhlmann, Estevão Marques, Margareth Darezzo. Ministrou cursos de capacitação para professores e alunos de Musicalização e flauta doce.
Desde 1999 é professora de piano, flauta doce e musicalização infantil na Acarte, no UNASP-SP.