UNASP: instituição que oferece Experiências pra Vida

Impacto Social

Escrito por

Gabriel Buss / Mairon Hothon / Jael Eneas

Publicado em

11 set 2020

Crédito imagens

Marketing UNASP

Durante seus trabalhos, o dramaturgo francês Jean-Baptiste Poquelin, ou mais conhecido como Molière, vivenciou diferentes experiências ao escrever seus textos, ensaios e livros sobre o cotidiano humano. Conhecido por ser um dos nomes mais expoentes da cultura no Velho Continente, ele chegou ao final da vida e destacou um pensamento conhecido até hoje: “A escola da experiência é a mais educativa”. Desde o século XVII, seus trabalhos ainda ecoam nas escolas, teatros e mídia parisienses a partir dessa épica frase.

Vinda do latim experientia.ae, experiência significa o conhecimento ou aprendizado obtido através da prática e da vivência. É aquilo que vai além do tempo, lugar ou objeto que temos às mãos, é algo constituído de lembranças que a pessoa carrega de um determinado momento. Das marcas de produtos famosas à lanchonete na esquina de casa, tudo que nos envolve, nos marca de alguma maneira, sendo positivo ou não.

Para a escolha de uma instituição de ensino onde você vai passar boa parte da vida também não é diferente, as opções impressionam e são as mais diversificadas. De acordo com o último Censo da Educação Superior, o Brasil tem mais de 10 milhões de estudantes matriculados em 33 mil cursos de graduação oriundos de 2.364 instituições públicas e privadas. É uma infinidade de faculdades que a priori oferecem o mesmo serviço: um diploma do Ensino Superior. Contudo será só isso mesmo? Passar por uma faculdade e só levar os aprendizados técnicos adiante?

O filósofo holandês Baruch Espinoza diria que não. Através da sua Teoria do Afetos, já mencionava que os seres humanos são altamente afetivos, que o afeto é aquilo que os move. E que as pessoas são resultadas dos encontros e experiências, do quanto são afetados e afetam os outros nesses encontros, provocando diferentes experiências e sensações.

Atualmente morando em La Paz, na Bolívia, Lenildo Moura tem 49 anos e é um dos assessores da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Área de Enfermidades Não-Transmissíveis, Deficiências e Segurança Viária na América do Sul. Quem olha de longe nem imagina que tudo começou como um monitor de serviços gerais no laboratório de sua faculdade.

Formado na turma de 1996, o capixaba de origem humilde sempre foi um aluno que se dedicou muito e aproveitava as oportunidades. A Faculdade Adventista de Enfermagem (FAE), na época do seu ingresso, era uma das poucas graduações de Enfermagens no Estado de São Paulo e por ser reconhecida por sua qualidade acadêmica era o desejo de muitos jovens. Foi ali que ele teve suas primeiras experiências profissionais e de humanização.

“A gente pode passar pela faculdade e levar apenas o conhecimento dos livros, as regras de como fazer uma atividade ou aprender o código de ética da profissão. Eu passei por este período e aprendi muito mais que os livros podem oferecer, aprendi a me espelhar nos meus professores, a ser dedicado, humilde, não ter tempo ruim pra trabalhar nem que fosse pra limpar o chão. As lições que a minha professora Vera me dava trago até hoje. A FAE foi a faculdade da minha vida”, relembra.

Hoje com mestrado, doutorado e experiência de pesquisa científica em Atlanta (EUA), Lenildo é um dos consultores da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Formado pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP), campus São Paulo, o enfermeiro lembra com carinho de tudo que passou em sua juventude.

 Lenildo de Moura, consultor em doenças crônicas e especialista em investigação de campo da OPAS/OMS no Brasil.

O psicólogo Lev Vycotski ao falar sobre experiências, afirma que “o saber que não vem da experiência não é realmente saber”. E o Unasp acredita que o aluno precisa vivenciar não só experiências profissionais ao longo da sua passagem pela instituição, mas momentos que vão torná-lo um cidadão com caráter excepcional para os desafios futuros.

Experiências no Voluntariado

No contexto de educar e servir, lema da instituição de ensino, em cada campus universitário existe um Centro de Missões que incentiva e envia os alunos para as diferentes partes do Brasil e do Mundo a fim de servir por um período de 30 dias a até cinco anos. No último quinquênio, o UNASP já atendeu mais de 50 países e 100 cidades brasileiras com estudantes e colaboradores que doaram parte da do seu tempo para ações de voluntariado que vão desde ensinar inglês/português para crianças até a construção de escolas e hospitais.

Um dos exemplos de experiências do voluntariado vem do UNASP Engenheiro Coelho. Em julho de 2018, o projeto ‘Missão Amazonas’ conseguiu fechar um ciclo, entregar uma escola construída na região norte do Brasil, a Escola Técnica Adventista de Massauari (Etam), no município de Barreirinha (AM). Após cinco anos indo a esta comunidade ribeirinha para ações de saúde, educação e construção civil, o projeto saiu do papel e hoje a Escola Técnica já funciona com 50 crianças matriculadas e professores voluntários que fazem os estágios obrigatórios na unidade.

De forma local, o voluntariado também acontece, a exemplo dos 25 grupos de estudantes que realizam atividades solidárias com moradores de rua, idosos em asilos, crianças em situação de orfanato, dependentes químicos, construção de moradias sociais para pessoas de baixa renda, visita a hospitais e apoio para pessoas com algum tipo problema psicológico nas cidades próximas ao campus. As ações também acontecem nos campi de São Paulo e Hortolândia.

Hoje o UNASP, campus Engenheiro Coelho, oferece 16 cursos de graduação, 22 de pós-graduação e MBAs, um Mestrado Profissional em Educação além do ensino básico e Médio, bem como serviços de intercâmbios culturais e imersão linguística.

UNASP, Experiências pra Vida

O UNASP hoje conta com mais de 33 cursos de graduação, 76 de extensão e pós-graduação e dois mestrados profissionais. Tudo isso, espalhados pelos três campi universitários, localizados na capital paulista, em Engenheiro Coelho e em Hortolândia. A instituição ainda conta com o serviço de Educação a Distância (EaD) distribuído em 68 polos de ensino em todo o país e uma Unidade de Ensino Descentralizada, no bairro de Vila Matilde, zona leste de São Paulo.

Além disso, o UNASP também oferece o Ensino Fundamental, Médio, Técnico e os intercâmbios linguísticos e culturais de seis meses a um ano. São mais de 18 mil alunos que experimentam o que esse modelo de ensino se propõe.

Recredenciado institucionalmente pelo MEC obtendo a nota máxima, cinco estrelas, a instituição oferta 85% dos seus cursos de graduação com notas 4 e 5, em uma escala de 1 a 5, e 80% do seu corpo docente com mestres ou doutores. O UNASP hoje é reconhecido nacionalmente. Por fazer parte da rede adventista de ensino também se projeta para se tornar uma universidade até 2030 e oferecer ainda mais experiências aos seus estudantes, professores e colaboradores.

Por quase dez anos, a marca UNASP teve como seu slogan associado o “Muito Além do Ensino”, e agora passa por uma reformulação, justamente para ter uma identidade ainda maior com a sua mantenedora e com a rede de ensino adventista.

UNASP, Experiências Pra Vida será a nova identidade visual que vai permear todos os planos, documentos e ações da instituição. Com a mesma missão e visão de ser uma instituição educacional reconhecida pela excelência nos serviços prestados, pelos seus elevados padrões éticos e pela qualidade pessoal e profissional de seus egressos, o UNASP vai continuar oferecendo serviços e produtos para os alunos terem experiências marcantes.

O reitor da unidade, Dr. Martin Kuhn, explica que esse posicionamento de marca só alinha a instituição ainda mais com o objetivo de oferecer algo que vai além dos limites de uma formação acadêmica, mas dar ao aluno uma formação integral da vida.

            “Quando você lembra das experiências mais importantes da sua vida, pode não se lembrar dos pequenos detalhes, mas é a experiência geral que vai marcar. Estudar no UNASP vai além do conseguir um diploma, mas ter experiências que só se vive aqui, seja por meio das amizades, do contato mais próximo com os professores, dos projetos sociais, intercâmbios estrangeiros e dos momentos de aprendizado e relacionamento com Deus”, declara ele que chegou ao colégio como aluno bolsista e hoje é o reitor da instituição.

Pedaço da História

Em 105 Anos o Unasp colecionou vários logos e diversos nomes. Porém a atual logomarca se conecta com a rede de escolas. Veja os principais destaques:

Galeria & Microcosmos

Identidade Sul-Americana

            Seja pelo envolvimento nas aulas, nos grupos de amigos, nas gincanas educativas, nos projetos sociais ou de extensão universitária, no grupo de pesquisa científica, nos corais musicais e de libras, nos diferentes cultos e atividades religiosas ou nas intervenções artísticas e culturais que acontecem nas cidades próximas, das missões transculturais ou ajudas urbanas em asilos, com moradores de rua e orfanatos, no convívio do esporte ou nos passeios pelas alamedas do campus, estudar no Unasp é ter a certeza de experiências que vão além da sala de aula, é ter experiências para toda uma vida.

            Ter experiências para a vida dentro de uma instituição de ensino é alcançar o auge da educação e é isso que o UNASP se propõe.

“A verdadeira educação não desconhece o valor dos conhecimentos científicos ou aquisições literárias; mas acima da instrução aprecia a capacidade, acima da capacidade a bondade, e acima das aquisições intelectuais o caráter. O mundo não necessita tanto de homens de grande intelecto, como de nobre caráter. Necessita de homens cuja habilidade é dirigida por princípios firmes. ” (White, 1997, p. 225)