UNASP avança com foco na Visão 2030

Acontece no Unasp

Escrito por

Caroline Belotto e Luís Henrique dos Santos

Publicado em

14 jul 2021

Com mais de 20 mil alunos matriculados em todo o Brasil, o Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP) avança com foco na visão de se tornar a primeira universidade adventista do Brasil. Nos últimos 18 meses tem intensificado a execução de seu planejamento e vários movimentos de integração, como os de serviços e matrizes acadêmicas, e de implementação de novos sistemas, como o TOTVS, já foram realizados. É natural, portanto, que fossem propostas novas configurações na equipe administrativa que refletissem esse novo momento.

Parte desses ajustes foram votados durante a Comissão Diretiva da União Central Brasileira (UCB), nesta terça (13), que também abriga a entidade mantenedora do UNASP.

Visando à racionalização da equipe e melhor atenção às áreas estratégicas do UNASP, os administradores da reitoria também assumem funções nos campi: Dr. Martin Kuhn, reitor, ocupa-se também da direção do campus Engenheiro Coelho, com a saída do Pr. Antônio Marcos Alves para o departamento de educação da Divisão Sul Americana; Dr. Afonso Cardoso, vice-reitor acadêmico (para a educação superior), continua também à frente da direção do campus Hortolândia; e Dr. Douglas Menslin, vice-reitor para a Educação Básica (com mais de 7 mil alunos nos três campi) mantém também a direção do campus São Paulo.

Na área administrativa, Telson Vargas mantém a função de vice-reitor administrativo e Cláudio Knoener, até então diretor administrativo do campus Hortolândia, passa a ocupar a função de pró-reitor de gestão integrada, com a tarefa de desenvolver a integração plena entre serviços, sistemas e equipes. Em seu lugar, no campus Hortolândia, assume como diretor administrativo Paulo Ricardo Monarin, até então gerente financeiro do campus.

Dr. Fabiano Leischsenring mantém a função de pró-reitor para a EAD e assume também a pró-reitoria de pós-graduação lato sensu. Dr. Allan Novaes mantém-se como pró-reitor de pesquisa e desenvolvimento institucional e, finalmente, Pr. Henrique Gonçalves como pró-reitor de desenvolvimento espiritual, comunitário e estudantil.

Doutor Martin Kuhn, pastor Antonio Marcos, doutor Douglas Menslin, e doutor Afonso Cardoso

Esse ajuste reduz o tamanho da equipe administrativa e, somado às demais implementações, beneficia todos os setores da instituição, torna os processos mais ágeis, mais modernos, eficientes e integrados para cumprir a missão.