No lugar de palmas, uma “salva de buzinas”. No local de um auditório lotado, o estacionamento. Assim foi a celebração do Dia das Mães no Colégio UNASP, campus Engenheiro Coelho, no último domingo (23), na modalidade de drive-in. 188 carros estiveram presentes em grupos separados e em diferentes horários, garantindo os cuidados contra a Covid-19.

Drive-in reuniu diversas mães e estudantes em seus carros.
Drive-in reuniu diversas mães e estudantes em seus carros

Um palco com um telão foi montado no estacionamento do colégio, onde as mães e famílias dos alunos puderam assistir toda a programação de dentro dos carros, respeitando, desta forma, o distanciamento social.

Durante o evento houve uma apresentação do grupo vocal Canção Delas, além de palestras sobre a importância da maternidade para a Bíblia e para a educação dos filhos. Um vídeo com fotos dos alunos foi transmitido, além de uma apresentação musical na qual cada estudante cantava para sua mãe de dentro do carro. Alunos do Ensino Infantil ao Fundamental 1 homenagearam suas mães.    

“Deus nos deu sabedoria para que a gente use de criatividade. E Deus também nos deu a condição de termos os recursos. Porque não fazermos uma homenagem a todo mundo no seu carro, respeitando o distanciamento?”, diz Henrique Romaneli, diretor da instituição.  

Drive-in foi para comemorar o Dia das Mães do Colégio UNASP.

O diretor geral do UNASP, campus Engenheiro Coelho, Pr. Antônio Marcos Alves, também comentou sobre a importância da maternidade. “Quando você pensa nesse papel da família, o papel das mães é crucialmente importante. As mães ensinam desde quando a criança está no seu ventre. Quando elas nascem, recebem alimento direto da mãe. É uma conexão poderosa, talvez uma das mais poderosas que a gente pode experimentar nesse nosso planeta”, comentou. 

Sobre a homenagem, o aluno Pietro Alfieri, disse que “Foi um momento legal, minha mãe merece por tudo que já fez por mim”. Já a mãe, Aline, admitiu, com um sorriso no rosto, que “foi emocionante. A gente está vivendo dias tão difíceis e receber um carinho desse, um aconchego desse faz toda a diferença. Foi bem importante”.  

“É uma alegria imensa. Eu tenho dois filhos e é a segunda sessão que eu estou assistindo. Primeiro com a menor e vim assistir de novo com cada filho e a gente fica muito feliz. Esse carinho que a gente sente que eles (o colégio) têm pelos nossos filhos a gente sente por nós (mães) também”, conta Kassandra Vargas.

Cerca de 190 carros participaram da comemoração, em horários diversificados