Semana de Biologia traz grandes referências em Manejo de Animais

Profissão e Mercado

Escrito por

Murilo Pereira

Publicado em

27 out 2017

Crédito imagens

Marlon Miranda

Há diversos ramos em que o profissional graduado em Ciências Biológicas pode atuar. Entre tantas áreas está a de manejo de animais que foi o tema da Semana de Biologia do Unasp campus São Paulo e aconteceu entre os dias 23 e 26 de outubro.

Biólogo Sérgio Rangel no Unasp-SP: Para ele, o trabalho do biólogo é trazer informações para que as pessoas aprendam a preservar a natureza e os animais.

Na palestra de abertura, os universitários tiveram a oportunidade de ouvir o biólogo Sérgio Rangel que é bastante conhecido nacionalmente devido às participações em programas de televisão como, por exemplo, os quadros dos programas da apresentadora Eliana.

Além de uma figura pública, Rangel é pesquisador e possui vasta experiência na observação e no trabalho com animais dos mais diversos tipos e espécies, tanto no Brasil quanto no exterior.

“Minha mãe era professora primária e meu pai era porteiro de prédio e eu consegui realizar tudo o que eu quis. Tive contato com os animais mais raros do mundo que você puder imaginar. Eu já tive no meu colo panda, elefante e orca. Mas tudo foi com base em muito estudo e muita verdade que eu sempre tive com a minha profissão, pois sempre quis ser biólogo. Se você encara a sua profissão com verdade, com dedicação e com paixão, o céu é o limite. É possível chegar onde quiser, mas tem que se dedicar. É o que eu falo para os alunos”, contou Rangel.

Também como parte da Semana de Biologia, os universitários participaram de oficinas com diferentes técnicas e especialidades como: análises clínicas; biologia e manejo de animais; jogos aplicados ao ensino de Ciências e Biologia; manejo de árvores urbanas e técnicas morfocitoquímicas de células sanguíneas. Estudantes do ensino médio de duas escolas públicas próximas ao campus vieram atendendo ao convite para participar dessas oficinas.

No encerramento da semana, o diretor do Museu do Instituto Butantan, biólogo Giuseppe Puorto, falou sobre os cuidados em campo para o estudo com animais peçonhentos.

O coordenador do curso de Ciências Biológicas, Antenor Santos, considera que esta temática trouxe muitas perspectivas profissionais para os estudantes, pois identificam no campo profissional a atuação tanto em instituições envolvidas em projetos de manejo de animais silvestres quanto em instituições de pesquisa com animais peçonhentos para produção de soros como o antiofídico e outros farmacos.

“Os palestrantes, tanto o Sergio quanto o Giuseppe, enfatizaram que para serem zoólogos de referência são necessários estudo, vivência prática de campo e muita dedicação. Para ambos o Unasp-SP possui todas as condições de infraestrutura para que essas habilidades sejam desenvolvidas”, enfatizou o coordenador.