Rodada de Campeonato Estadual de Flag Football acontece no Unasp HT

Acontece no Unasp

Escrito por

Glória Barreto

Publicado em

29 ago 2019

No último domingo, 25 de agosto, o Unasp Hortolândia sediou a vigésima segunda rodada do campeonato estadual de Flag Football, que é uma versão mais leve do Futebol Americano. As partidas aconteceram no campo do complexo esportivo com a participação de oito times, entre eles o time do Unasp campus Engenheiro Coelho, o Roosters.

De acordo com o site Flag Football Brasil “A maior diferença entre o Futebol Americano e o Flag Football é que ao invés de ter que derrubar o adversário para impedir seu avanço, no Flag Football basta você retirar uma das fitas que todos os atletas usam presas na cintura. Por isso no Flag Football não há necessidade do uso de capacete e todos aqueles equipamentos de proteção”.

Henrique Faria, que é o técnico do time de flag do Unasp Engenheiro Coelho,  explica que o esporte também tem a característica de ser democrático. “Podem praticar esse esporte desde o cara mais gordinho e forte, até o cara mais magrinho e leve, porque todos eles têm uma função dentro do time, todos eles têm espaço para jogar”.

Flag Football no Unasp Ht

A ideia do Unasp Hortolândia sediar a rodada do último domingo, foi resultado de uma parceria entre o time de flag da Unicamp, o Unicamp Eucalyptus, com a Escola de Esportes do Unasp Hortolândia com o intuito de dar visibilidade e incentivar o esporte, uma vez que o campus Hortolândia pretende criar um time de Flag Football, chamado Colts. O processo seletivo para entrar no time será aberto nas próximas semanas.

Equipe de juízes da rodada.

Para o delegado da rodada do Campeonato Paulista de Flag, Luciano Ferraz, a experiência de trazer os jogos para o Unasp Hortolândia foi muito satisfatória. “Fomos muito bem recebidos pelo Unasp, aqui tem uma boa estrutura para a prática do Flag, o que é importante para continuar motivando o esporte”, enfatizou Ferraz.

Para quem pratica o flag e também representa o campus Unasp, como o time Roosters, os objetivos no esporte ultrapassam os benefícios físicos.  “Nós que representamos uma instituição cristã temos um objetivo maior, dar o exemplo dentro de campo, jogando de forma leal e mantendo uma postura cristã. Ao final de cada partida, entregamos um livro e oramos com os times adversários que aceitam”, informou Pardal.