Projeto Aprova Unasp prepara universitários para exame da OAB

Não Classificado

Escrito por

Redação Unasp EC

Publicado em

19 mar 2019

Crédito imagens

Divulgação

 A proposta é oferecer total suporte ao aluno na hora de prestar a prova da Ordem dos Advogados do Brasil

Não basta apenas o diploma para ser considerado advogado no Brasil. Do título de bacharel em direito ao exercício pleno da advocacia, o interessado precisa passar pelo temido exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Para fortalecer ainda mais a aprovação dos universitários formados na área pelo Unasp no campus Engenheiro Coelho, foi idealizado pela coordenação da Faculdade de Direito o Projeto Aprova Unasp. A proposta consiste em fortalecer os conhecimentos dos estudantes através de ações de revisão e acompanhamento.

A primeira ação do Aprova Unasp foi a realização de um aulão de revisão para a primeira fase da 28ª prova da Ordem do Advogados do Brasil (OAB) que aconteceu no domingo (17). Foram recapitulados assuntos referentes ao Estatuto da OAB e ao Estatuto da Criança e do Adolescente. Juntos representam 20% do total da nota final do exame.

Para orientar e tirar as dúvidas do Estatuto da OAB, foi convidado o palestrante e advogado José Sérgio Miranda.  Já para falar sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente foi convidada a palestrante e professora Edeltrudes Querino.

A proposta da coordenação da Faculdade de Direito do Unasp com as ações é figurar entre as três melhores instituições da área do interior paulista, com o Selo OAB. “O exame é complexo, possui duas fases e abrange 17 disciplinas do currículo de Direito, portanto, estar preparado é imprescindível para obter êxito”, destaca Igor Emanuel de Souza, vice-coordenador do bacharelado.

Acompanhamento

Os alunos que prestaram o 28º exame da Ordem do Advogados do Brasil receberam acompanhamento de professores e coordenadores da Faculdade de Direito do Unasp, inclusive orando pelo sucesso na prova.

O diferencial é uma novidade elogiada por alunos e ex-alunos, como Eduardo Hiroshi que atualmente trabalha na Defensoria Pública do Estado de São Paulo em Limeira (SP). “Poder encontrar aqui um suporte dos coordenadores do curso de direito do Unasp, orarem os alunos e ex-alunos, realmente nos deixa mais tranquilos e acolhidos”, ressalta.

Outras ações irão acontecer para fortalecer a participação dos universitários em exames da OAB e em outros concursos de relevância para os futuros advogados.