ProgramaResidência Pedagógica aprimora experiência profissional dos universitários do Unasp

Profissão e Mercado

Escrito por

Milena Martins

Publicado em

23 maio 2019

Crédito imagens

Arquivo

Universitários de História, Música e Pedagogia ganham bolsa-auxílio para atuar na rede pública de ensino do município de Engenheiro Coelho

O programa Residência Pedagógica do Ministério da Educação (MEC), realizado por universitários do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), tem gerado benefícios para o município de Engenheiro Coelho. O programa atende aos alunos das Faculdades de História, Música e Pedagogia que são beneficiados com bolsa-auxílio durante o período de desenvolvimento dos projetos em escolas públicas da região.

Cada residente tem acompanhamento e orientação de preceptores e professores das escolas, estabelecendo a relação entre teoria e prática. O programa de Residência iniciou em agosto de 2018 e vai até janeiro de 2020.

Entre os 50 alunos do Unasp que participam do projeto, 24 são do curso de Pedagogia. A coordenadora do curso Rebeca Darius, acredita que a experiência é importante na preparação para a docência. “Há ganhos em termos de preparação para assumir a docência, pois o programa exige a realização de certa quantidade de horas de regências de classe, em que o aluno deve preparar e ministrar as próprias aulas”, conta.

 O programa permite o conhecimento antecipado da realidade do mercado de trabalho na rede pública, que é um grande desafio. “O aluno se depara com os desafios da realidade da profissão e os professores o acompanham a partir da metade do curso.” comenta Elder Hosokawa, coordenador de história.

Apenas alunos do 3º e 4º ano dos cursos podem participar da Residência Pedagógica, mas para aqueles que estão cursando a partir do 2º ano podem participar do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid).

 A proposta inicial do programa de Residência Pedagógica é fortalecer a formação de futuros professores e alunos das redes públicas em Engenheiro Coelho. A formação demanda melhorias, a parceria vem para oferecer uma formação com maior qualidade e interação direta com a educação municipal, além da inserção dentro do contexto profissional do futuro professor.