Programação no Unasp relembra trajetória histórica da escritora Ellen White

Acontece no Unasp

Escrito por

Cleidiane Araújo

Publicado em

09 nov 2018

Crédito imagens

Divulgação

Durante a programação será inaugurada a exposição sobre justificação pela fé

Ao longo da história a figura do profeta marcou gerações por suas mensagens diretas e instigantes. Em cada crença existe uma figura profética que perpetuou suas palavras passando de geração em geração.

Na crença dos Adventistas do Sétimo Dia, os profetas e suas profecias são uma de suas 28 crenças fundamentais. Pensando nisto a Associação Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia promove anualmente o sábado do Espírito de Profecia. O evento acontece neste sábado (10) na Igreja do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, às 08h30. A programação terá a participação do Redator chefe da Casa Publicadora Brasileira (CPB), Marcos de Benedicto, abordando o tema“como um profeta vê o mundo.

A programação no período da tarde terá a presença da equipe editorial da CPB composta por Diogo Cavalcanti, Eduardo Rueda, Fernando Dias, Julio Leal, Vinicius Mendes, do diretor do Centro de Pesquisas Ellen G. White no Unasp Renato Stencel e  o professor Jean Zukowski. O simpósio começa a partir das 16h30 com um painel abordando a relevância e os desafios em torno da autoridade dos escritos de Ellen G. White.

Para o diretor do Centro de Pesquisa Ellen White no Unasp, encontros como estes são importantes para a relembrarmos acontecimentos históricos importantes. “O evento busca enfatizar o tema do Dom Profético concedido por Deus a Ellen G. White e sua importância para a Igreja Remanescente, a última igreja de Apocalipse”, ressalta.

Quem é Ellen White

Ellen White é considerada pela Iasd como uma mensageira especial de Deus, com o propósito de atrair a tenção de todos as sagradas escrituras. Sua primeira visão aconteceu quando ela tinha 17 anos de idade e ao longo de sua vida teve 2000 visões. Seus escritos são aceitos pelos membros da Iasd e considerados como inspirados.

Durante sua vida Ellen escreveu mais de 5.00 artigos e 49 livros. Ela é a escritora mais traduzida em toda a história da literatura. Seus escritos abrangem os temas sobre religião, educação, saúde, relações sociais, evangelismo, profecias, trabalho de publicações, nutrição e administração.

130 anos Justificação pela fé 

Neste sábado será inaugurado a exposição sobre o tema Mineapolis: os 130 anos da Justificação pela Fé (1888-2018). A programação acontece no Centro White das 14h às 16h. A entrada é gratuita e livre para todos os públicos.