Presidente do Confea marca presença na Semana de Engenharia

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

19 maio 2014

Teve início, na manhã da segunda feira, 12, a semana do curso de Engenharia Civil, cujo tema deste ano é “Engenharia em Foco”. Palestras, painéis e oficinas foram realizadas durante o evento que reuniu mais de 300 alunos do curso.  No primeiro dia de encontro os estudantes puderam conhecer e ouvir uma palestra ministrada por José Tadeu, presidente do Conselho Nacional de Engenharia e Agronomia, o Confea.

Engenheiro civil formado pela PUC-Campinas, Tadeu é empresário e atualmente cuida da área de consultoria, avaliações e engenharia do Confea. Ele deu início ao evento com uma palestra sobre a necessidade de aperfeiçoamento do engenheiro civil e do aproveitamento da tecnologia na execução de obras. Segundo o palestrante é preciso fazer uma melhora contínua da função através de inovações, caso contrário o profissional pode se tornar obsoleto. “Engenheiros são responsáveis pela produtividade. O país só consegue se desenvolver quando existe uma parceria com a engenharia”, enfatizou Tadeu.

Segundo o empresário, os países mais ricos e desenvolvidos do mundo tem forte consolidação na área da engenharia civil. “Nos cargos públicos de países como França, Alemanha e Canadá, são preenchidos por engenheiros. Isso acontece justamente por conta do amplo investimento na engenharia tecnológica, por isso eles se tornaram uma potência socioeconômica e ambiental”, alega.

Tadeu também falou sobre a importância do profissional de engenharia civil, ao sair da faculdade, não parar de se profissionalizar: “Ciência, tecnologia e inovação devem fazer parte do currículo do engenheiro. Portanto esse profissional precisa estar sempre em contado com o ambiente acadêmico para estar por dentro desse mundo”, pontua. Para ele uma das formas de manter esse contato é fazendo cursos de pós-graduação e participando de palestras e workshops. “Se o engenheiro parar no tempo ele vai se tornar obsoleto e um profissional assim não tem espaço no mercado de trabalho”, afirma.

A semana de engenharia foi bem recebida pelos alunos. Para Renan Royer, do 4° ano, o evento foi de grande valia para os estudantes. “As palestras trouxeram um pacote de conhecimentos técnicos que muitas vezes não vemos em sala de aula”, avalia.  O estudante também considerou importante o debate que ocorreu sobre os impactos causados pelas recentes obras da Copa do Mundo. “A discussão mostrou que nós, futuros engenheiros, não somos meros calculistas ou executores de obras, mas também somos formadores de opinião e temos um papel social e até mesmo político para desempenhar em favor do nosso país”, enfatiza.

Já o aluno Eliseu Cunha, do 3° ano, considerou importante a troca de experiência dos palestrantes com o público. “A presença do presidente do Confea e dos outros palestrantes nos ajudou a ter uma nova dimensão sobre a profissão do engenheiro através da experiência de mercado que eles têm”, declara. 

 

Veja mais fotos do evento no flickr do Unasp-EC.