Planetário Órion mostra elementos do universo e sistema solar

Acontece no Unasp

Escrito por

Cleidiane Araújo

Publicado em

06 set 2018

Crédito imagens

Raiane Lívia

O projeto itinerante “Planetário Órion” promoveu sessões para alunos do Unasp e comunidade

Provavelmente você já deve ter sonhado ou imaginado pegar carona e viajar em uma nave para desbravar as galáxias e conhecer os planetas que compõem o sistema solar. Educar crianças e adultos sobre os elementos que compõem o universo é a proposta do projeto Órion Planetário. Para ajudar nesse trabalho, o planetário realiza visitas itinerantes pelo Brasil atendendo a pessoas de todas as faixas-etárias. Nos dias 01, 02, 05 e 06 de setembro, o planetário fez parada no Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho.

Durante 30 minutos por sessão, os visitantes puderam se sentir dentro do espaço e “flutuar pelo desconhecido”. A experiência projetada dentro de uma estrutura de cúpula é segura e foi criada com um sistema imersivo para dar a sensação de estar no espaço. O projeto é desenvolvido há dois anos, proporcionando experiências únicas aos seus visitantes. Segundo o coordenador do Órion Planetário, Luís Rocha, o objetivo é transmitir conhecimentos reais para as pessoas. “As pessoas podem conhecer de forma divertida os planetas que compõem o sistema solar, algo para jamais ser esquecido”, afirma.

No sábado (01) e domingo (02) as sessões foram abertas para alunos do Unasp e moradores da comunidade. Nos dias 05 e 06 foi a vez das turmas do ensino fundamental, infantil e médio do Colégio Unasp (Unidade Engenheiro Coelho) passarem por uma montanha russa de sensações dentro do planetário. Era possível perceber o entusiasmo dos visitantes com as descobertas e imagens projetadas do sistema solar, onde podiam sentir que o planeta estava girando. “Conhecer um pouco mais do sistema solar foi uma experiência única”, afirma a estudante Nahila Sarhan.

O projeto Órion já esteve em locais como Unasp campus Hortolândia, Varginha-Minas Gerais e em diversas cidades da região sul do Brasil. No final da programação os visitantes concorreram ao sorteio de um telescópio para continuarem desbravando a imensidão do espaço.