“O ambiente da Universidade é onde você está exposto à novas ideias”, afirma criador do Peixe Urbano em palestra no Unasp

Acontece no Unasp

Escrito por

Assessoria de Imprensa

Publicado em

03 out 2017

A palestra aconteceu durante a Semana de Administração que incentivou os universitários a desenvolverem uma startup

Vender pela internet tem despertado o interesse dos micro e pequenos empresários brasileiros. Segundo pesquisa desenvolvida pelo Sebrae, 90% das vendas no ambiente virtual são negociadas envolvendo empresas de pequeno porte. Para aproximar os universitários da realidade dos negócios, a faculdade de Administração do Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus Engenheiro Coelho, realizou a XVI Semana de Administração com o tema “Empreendedorismo Virtual”, entre os dias 25 e 28 de setembro.

Para fortalecer a ideia de empreendedorismo digital, a semana especial recebeu o palestrante e criador do site e-commerce Peixe Urbano, Emerson Andrade. Em seu bate-papo com os universitários, apresentou sua trajetória profissional e como sua inspiração empreendedora resultou em negócios. “A história do Peixe Urbano serviu como inspiração para muitas startups no Brasil. Em 2010, o país passava uma fase de pouca inovação e tecnologia e a ideia deu início a uma nova era de investimentos envolvendo a internet. Então nossa história é motivadora para esses universitários, pois envolve erros e acertos no caminho do sucesso”, comenta.

Atualmente o Peixe Urbano opera em todas as cidades brasileiras e é considerada a maior empresa do segmento e-commerce com 27 milhões de usuários cadastrados. O site oferece ofertas de gastronomia, entretenimento, estética, turismo e produtos diversos.

Com o sucesso do empreendimento, Andrade vendeu o Peixe Urbano para outros investidores, mas para isso acontecer, teve que enfrentar desafios e sair da conhecida zona de conforto. “Quando sai do Brasil, fui estudar na Universidade de Stanford nos Estados Unidos para melhorar meus conhecimentos sobre empreendedorismo. Depois tive que deixar um ótimo emprego na Microsoft. Para empreender, acabei largando tudo e enfrentando os desafios que na época eram tremendamente maiores”, relembra.

Sobre o ambiente universitário, Andrade explica que é fundamental para o fomento de tendências e oportunidades. “No ambiente da universidade, você está exposto a muitas ideias e a outras pessoas que poderão tornar seus sócios no futuro. É na universidade que você sabe o que está acontecendo no mundo dos negócios e suas tendências. É fundamental procurar a melhor educação possível, principalmente em universidade que promove o empreendedorismo”, observa.

Para o coordenador da faculdade de Administração do Unasp, Wilton Modro, a presença do Emerson Andrade serviu para incentivar novos empreendedores. “O Emerson Andrade veio abrilhantar a semana. Ele é uma inspiração e contribuiu muito para que os alunos entendessem que ideias de negócios que surgem na faculdade podem se tornar negócios reais, multiplicar investimentos e surgir negócios de sucesso”, relata.

Empreendedorismo universitário

Além das tradicionais palestras e oficinas, os alunos ganharam a oportunidade de colocar em prática conhecimentos teóricos para criar uma startup digital. Tudo começou no início do ano com o Projeto Integrador, que reúne conhecimentos das disciplinas cursadas e todos os alunos, como explica o coordenador do curso. “No projeto Integrador eles desenvolvem planos de negócios e em um dos dias da Semana de Administração, eles apresentam para a comunidade acadêmica, visitantes, professores e interessados. Os alunos veem aqui o trabalho de um ano todo, ou seja, a prática efetiva da administração”,explica.

Invenções empreendedoras

Baseado no sucesso do aplicativo Uber no transporte de passageiros, um grupo de universitários apresentou um aplicativo que facilita a logística na entrega de mercadorias. A ideia de compartilhamento de veículo pode promover sustentabilidade, logística customizada, além de reduzir o tempo no processo.

Entre as criadoras da startup está a aluna do 4º semestre do curso de Administração, Jéssica Coutinho, que explica a novidade. “No processo de entrega, o motorista é monitorado para não ocorrer desvios de rota ou outros problemas. Quando o motorista faz a entrega, o recebedor autoriza o pagamento através de um código específico no aplicativo. Para a empresa, o benefício está na facilitação da entrega de cargas menores e customização do valor gasto com logística,” revela.

Já pensou em comprar produtos orgânicos de procedência, sem sair de casa e com apenas um clique? Uma das propostas apresentadas criou o e-commerce Quero Orgânico. O segmento é um dos que mais crescem quando o assunto é alimentação, movimentando aproximadamente R$ 3 bilhões, inclusive em períodos de instabilidade financeira. Segundo o site Organics Brasil, a alface é o alimento mais consumido, seguido pelo tomate entre os que procuram esse segmento. O levantamento ainda revela que 30% dos entrevistados adquirem orgânicos pelo menos uma vez a cada 15 dias.

A novidade apresentada pelos universitários irá negociar produtos orgânicos na Região Metropolitana de Campinas, como revela a desenvolvedora da ideia, Ingrid Almeida. “A proposta é oferecer um produto sem agrotóxicos, componentes químicos ou sintéticos. Nós iremos atender a cidade de Artur Nogueira e outras na Região Metropolitana de Campinas. Através de um site iremos oferecer a facilidade do acesso para esse tipo de produto”, afirma.

O conhecimento veio da sala de aula para desenvolver a startup. “O conhecimento transmitidos pelos professores em sala de aula foi de extrema relevância para desenvolver todas as etapas, evolvendo a análise de ambiente, Swot, marketing, estrutura de recursos humanos, até financeira que verifica a viabilidade do projeto”, analisa.

Ideia vencedora

Entre as criações, a vencedora na avaliação dos visitantes na Semana de Administração, foi a startup Rezzolve que irá facilitar o encontro de profissionais da área da construção civil. A novidade apresenta uma lista de profissionais, seus serviços prestados, fornecedores e obras concluídas.

A universitária Damaris Almeida explica o funcionamento da startup Rezzolve. “A nossa grande ideia é para procurar profissionais da construção civil. Você entra no site, lista os profissionais disponíveis no momento e sua localidade. Quando aparecer os nomes dos profissionais, você pode ver suas últimas obras através de fotos e a avaliação do prestador. Você vai conhecer também os fornecedores que atendem aquele profissional. A ideia é facilitar o encontro de profissionais de qualidade, com avaliação e perto do interessado”, comenta.

Damaris revela que todo o conhecimento para desenvolver a Rezzolve veio de disciplinas cursadas na faculdade de Administração. “É um aprendizado imenso. Tivemos que passar por todas as fases de pesquisas e construção da ideia. A gente aprendeu isso em sala de aula e aqui colocamos na prática o conhecimento de várias disciplinas do curso”, concluí. O conteúdo ainda está disponível no facebook.

Vestibular 2018

O Vestibular Nacional 2018 do Centro Universitário Adventista de São Paulo já está com inscrições abertas. O curso de Administração no campus Engenheiro Coelho é noturno e oferece 100 vagas.

Só em Engenheiro Coelho são ofertadas 1.690 vagas em 17 carreiras universitárias diferentes. Os cursos com o maior número de vagas são os de bacharelado em Direito e Engenharia Civil, ambos com 200 vagas nos turnos matutino e noturno. Confira a lista de cursos e vagas disponibilizadas pelo Unasp.

Na região Metropolitana de Campinas, o interessado pode realizar a prova do Vestibular Unasp diretamente no campus Engenheiro Coelho, ou escolher polos disponíveis em todos os estados brasileiros.

A inscrição termina dia 17 de outubro e deve ser feita no site oficial do Unasp.