Musical relembra composições do maestro Wendel Mattos

Acontece no Unasp

Escrito por

Glória Barreto

Publicado em

17 nov 2020

Crédito imagens

Natalia Padovani

Na noite de ontem, 15 de novembro, músicos da Escola de Artes do UNASP Hortolândia apresentaram um musical com repertório exclusivo do maestro Wendel Mattos. A data marcou os 10 anos da morte do músico, que foi professor do campus e deixou, com toda a certeza, um repertório musical único como legado. O evento também foi uma oportunidade para o lançamento do primeiro volume do acervo Wendel Mattos, com sete músicas, um trabalho que vem sendo transcrito, bem como organizado, pelo músico e professor do campus Rafael Lindemute.

Orquestra no UNAS Hortolândia e grupo Tom de Vida apresentam composições do maestro Wendel Mattos.

Editora musical

Segundo Lindemute, o trabalho de organizar as obras do maestro Wendel Mattos surgiu da necessidade de torna-lo acessível, uma vez que a maioria das músicas não estavam disponíveis em partituras. “Sei que existem músicos que não tocam de ouvido ou for cifras, então decidi reorganizar suas partituras para deixar seu legado vivo, afim de que outras pessoas pudessem conhecer”, explicou Lindemute.

Além disso, o trabalho de Lindemute também deu início há um outro projeto. “Criei uma editora para que todo este trabalho, que está sendo compilado contenha um rigor profissional. Através da editora, iremos lançar três volumes com músicas do Wendel. O primeiro, que já está publicado no site, conta com partituras das sete músicas de Wendel que foram gravadas, em diferentes épocas, pelo Tom de Vida. No site você pode encontrar partituras de base, partitura de vozes e a orquestração”, explicou o músico.

In memoriam maestro Wendel Mattos

O maestro Wendel trabalhou no UNASP campus Hortolândia por quase 8 anos, antes de seu falecimento em 2010, em virtude de um tumor cerebral. Ele atuou no campus como pianista, bem como regente de diversos grupos do colégio e se tornou o principal arranjador em sua época. Pensando em relembrar sua obra, a programação relembrou diversas de suas composições que iam sendo apresentadas ora pela orquestra do campus, ora pelo grupo Tom de Vida e ora pelos cantores Tatiana Costa, Leonardo Gonçalves e Riane Junqueira.

Cantor Leonardo Gonçalves participando da programação.

 Jonatas Ferreira, Samuel Krahenbuhl e outros músicos também enviaram vídeos de depoimentos, para antes de mais nada, reconhecer a contribuição e o valor do trabalho de Mattos. Apesar do tempo curto de vida dele, suas músicas marcaram vidas que levaram e levam a mensagem da sublime esperança da vida eterna”, comentou a diretora da Escola de Artes do UNASP Hortolândia, Thatiana Lucksch.

Mensagens em forma de canção

Umas das afirmações recorrentes durante a programação musical foi a honestidade e fé transmitidas nas composições do maestro Wendel Mattos. A cantora Tatiana Costa que se apresentou cantando a música Benção, escrita por ele, conta como o músico era alguém diferenciado.

“Wendel era uma pessoa extremamente talentosa e do bem. Não tinha maldade em seu coração e inspirava muita gente. O que mais me arrepia e impressiona, é que tudo o que ele escreveu, era de fato o que ele vivia”, destacou a cantora.

“Wendel era uma pessoa extremamente talentosa e do bem”, cantora Tatiana Costa.

Sobre a programação, Tatiana ainda acrescentou: “Achei que a ideia do programa foi ótima! Além disso, suas músicas ficaram paradas por um tempo e são músicas muito boas. Hoje pudemos relembrar de muitas delas”.