MEC autoriza curso de Direito no Unasp Hortolândia

Profissão e Mercado

Escrito por

Glória Barreto

Publicado em

11 maio 2018

Visita da Comissão de Avaliação do MEC a Biblioteca do Unasp Hortolândia

Após avaliação, MEC autoriza o funcionamento do curso de Direto no Unasp Hortolândia, atribuindo nota máxima. O resultado que foi divulgado na tarde de ontem, 10 de maio, é a resposta positiva da comissão que esteve visitando o campus nos dias 07 e 08 de maio para avaliar a organização didático-pedagógica; o corpo docente e técnico-administrativo; e as instalações físicas do Unasp Hortolândia.

Esse processo é realizado sempre que uma Instituição de Ensino Superior deseja abrir um novo curso de graduação, porque depende da autorização do Ministério da Educação. Como aponta o site oficial do MEC: “O Inep conduz todo o sistema de avaliação de cursos superiores no País, produzindo indicadores e um sistema de informações que subsidia tanto o processo de regulamentação, exercido pelo MEC, como garante transparência dos dados sobre qualidade da educação superior a toda sociedade”.

Para o diretor geral do campus, Lélio Lellis, a nota obtida é consequência de uma soma de fatores, como: a qualificação do corpo docente pretendido pelo curso de direito, que será composta com 70% doutores; as instalações modernas do Núcleo de Prática Jurídica;  e o foco do curso que irá atender gratuitamente às populações vulneráveis de Hortolândia e região. “Aqui no Unasp Hortolândia nosso foco é o preparo de cidadãos responsáveis, de seres humanos éticos e de profissionais excelentes, a fim de contribuirmos para uma sociedade, um país e mundo melhor. Essa missão é a tônica de todos nossos cursos de graduação, e foi um diferencial neste processo de autorização”, destacou Lellis.

Com resultado positivo do MEC e a nota máxima nos critérios avaliados, o curso de Direito no Unasp Hortolândia já começa com “pé direito” e deve funcionar oficialmente no primeiro semestre de 2019.