Futuros enfermeiros participam do projeto “Saúde na Praça” na Sé

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

08 set 2015

Mais de 500 pessoas foram atendidas na última quinta-feira durante a ação. Uma parceria entre o Unasp-SP, a subprefeitura da cidade e o Instituto Base Gênesis.

O projeto Saúde na Praça teve sua primeira ação com a participação direta de um grupo de oito alunos do curso de Enfermagem do Unasp-SP. Entre às 9h30 da manhã e 15h da tarde, pessoas dos mais diversos níveis sociais cruzaram a Praça da Sé e mais de 500 pararam para receber orientação básica de saúde, aferir a pressão e realizar o teste de glicemia, indicador da diabetes. 

A atividade prática necessária aos alunos, amplia o conhecimento de uma forma que não pode ser alcançado em sala de aula, como aponta a coordenadora do curso de enfermagem do Unasp, profa. Maristela Martins: “essa ação leva nossos alunos a conhecerem a realidade da saúde da comunidade, com necessidades específicas daquela região, além de estarem levando a saúde às pessoas, onde elas estão”.

Segundo a coordenadora, além daqueles que passavam pela praça e receberam o atendimento, àqueles que vivem à margem da sociedade, nas ruas e na própria Praça da Sé, não se sentem em condições ou não vão às Unidades Básicas de Saúde pública por suas condições de higiene, vergonha e outros motivos, privando-se de cuidados básicos. “Quando levamos à saúde até eles, onde vivem, eles participam e buscam orientação”, frisa. 

Para Raphael Costa, um dos alunos participantes, a experiência foi surpreendente e fez com que as horas de atividade prática necessárias para o cumprimento das exigências do curso, deixassem de ser uma prioridade naquele momento. A parte técnica para realizar a ação já era familiar ao grupo, no entanto, os jovens não esperavam o volume de pessoas interessadas em tão pouco tempo. Foi necessário agir com rapidez e manter a qualidade do atendimento e das orientações dadas a cada pessoa. 

As horas práticas de Raphael terminaram ao meio-dia, mas o desejo de continuar ajudando as pessoas foi maior que as obrigações de estudante. “Ficamos quase até às 15h, quando o volume de pessoas diminuiu e finalizarmos a ação. Me senti realmente um voluntário. Recebemos abraços e vimos pessoas saindo felizes dali”, conta o futuro enfermeiro. 

Esta foi a primeira ação dos alunos do Unasp em parceria com o Instituto Base Gêneses que atua na praça da Sé desde maio deste ano, tendo também o apoio da subprefeitura de São Paulo. Ainda em setembro serão realizadas outras 4 ações de saúde no mesmo local, mantendo essa parceria do bem. 

“Nosso objetivo foi alcançado naquele dia – Oferecer atendimento básico de saúde para os transeuntes da Praça da Sé. Além disso, contribuímos para o desenvolvimento das pessoas que continuaram no local ouvindo palestras relacionadas ao tema”, complementa Wallyson Santos, diretor do Instituto Base Gênesis. 

Por Ana Paula Ramos