Filme Opostos emociona alunos no Unasp

Acontece no Unasp

Escrito por

Murilo Pereira

Publicado em

22 mar 2017

Nesta quarta-feira, 22, os alunos do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) campus São Paulo,  foram presenteados com um exemplar do filme Opostos, além de assistiram na íntegra durante um período da aula. Simultaneamente, milhares de alunos em todas as escolas adventistas do Brasil assistiam ao mesmo conteúdo.

O enredo conta a história do livre docente, Dr. Luiz Cietto. Renomado acadêmico e bastante respeitado pela sociedade científica com vasto currículo e diversos títulos, têm sua história marcada pela superação. A dedicação aos estudos e a confiança em Deus transformaram a vida de Cietto e o levou ao êxito profissional e pessoal.

Gravado inicialmente em 2009 como trabalho de conclusão de curso dos três amigos, Andreson Bastos, Marison Roberto e Rodrigo Torres, para a graduação de Jornalismo do Unasp campus Engenheiro Coelho, a versão atual começou a ser desenvolvida a partir de 2012 e levou 4 anos para ser concluída.


O filme é uma produção do Departamento de Comunicação da Sede Administrativa Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia em parceria com os cursos de Comunicação do Unasp-EC, contando com a colaboração de profissionais da Áustria, dos Estados Unidos e do Brasil, entre os quais estão 25 estudantes. “Eu passei por um período muito difícil no final do ano passado e eu não tinha motivação nenhuma. Não estudava porque não tinha motivação. E ele passou por problemas maiores do que os meus e mesmo assim não desistiu. Eu achei uma história de superação e de inspiração muito boa”, aponta a estudante do ensino médio Nathália Monteiro.

O responsável pela Pastoral Universitária da educação básica do Colégio Unasp, Jackson Andrade, conta que as situações que o filme apresenta trarão diversas oportunidades de aplicação em sala de aula que ajudarão os alunos em superarem as suas dificuldades.  “Nós temos na escola adventista talvez muitos alunos que não moram na rua, não têm problema com a alimentação, mas eles sofrem. Crianças com lares desestruturados e que não têm motivação para estudar. Um filme como esse mostra que é possível alcançarem os sonhos que eles tanto querem. Hoje nós podemos dizer aos nossos alunos, corra atrás dos seus sonhos e Deus vai te abençoar e te colocar lá”, ressalta.