Estudos revelam que ler aguça percepção sobre as emoções do próximo

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

13 maio 2014

Um recente estudo feito por cientistas americanos e publicado na renomada revista Science afirma que ler constantemente livros de ficção ou não-ficção faz bem para o cérebro e ajuda a aguçar a capacidade intelectual de discernir pensamentos e emoções do próximo. Ou seja, lendo mais você pode até “adivinhar” os sentimentos dos seus amigos. 

Os especialistas chegaram a essa conclusão depois de pedir a várias pessoas para ler histórias curtas de ficção literária. Em seguida esses mesmos leitores foram submetidos a uma série de testes para medir como podiam adivinhar o que uma pessoa sentia. Um exemplo: eles perguntaram aos participantes como uma pessoa com determinada personalidade atuaria sob certas circunstâncias parecidas com as descritas nos livros.

O estudo mostrou também que o principal fator para melhorar a capacidade de sondar os sentimentos dos outros é pelo fato da leitura de ficção envolver mais intelectualmente o leitor, despertando pensamentos criativos.

 

Dicas de leitura

Pensando nisso, alguns estudantes do Unasp-EC, amantes da boa leitura, fizeram uma lista de livros para as horas de lazer. Foram várias indicações dos mais variados gêneros, e os mais votados foram os seguintes:

As Crônicas de Nárnia, C. S. Lewis

O Fim do Começo, Carolina Costa Cavalcanti

O Caçador de Pipas, Khaled Housseini

As Crônicas de Gelo e Fogo, George Martin

1822, Laurentino Gomes

A menina que Roubava Livros, Markus Susak

Eu sou Malala, Malala Youssafzai

Risco Calculado, Ben Carson

O Morro dos Ventos Uivantes, Emily Bronthe

Pé na Estrada, Jack Kerouac