Engenharia de Produção do Unasp recebe nota 4 em avaliação do MEC

Cultura e Ciência

Escrito por

Leandro Oliveira

Publicado em

29 out 2019

Crédito imagens

Marketing Unasp

Numa escala de 1 a 5, curso obtém nota 4 do MEC após avaliação da estrutura curricular, física e acadêmica do curso.

O curso de Engenharia de Produção do Unasp recebeu nota 4 na avaliação do Ministério da Educação (MEC). Uma comissão avaliadora in loco fez análise do projeto do curso, qualificação do corpo de professores, projetos acadêmicos realizados e acompanhamento com estudantes. A graduação é oferecida no campus Engenheiro Coelho.

“A excelente nota 4 (na escala de 1 a 5) pelo novo instrumento de avaliação do MEC/INEP representa uma vitória. É motivo de orgulho pelo reconhecimento da qualidade do curso de Engenharia de Produção do Unasp. Essa ótima qualidade foi verificada por meio do novo instrumento que é essencialmente qualitativo e avaliou: a organização didático pedagógica do curso, a capacitação do corpo docente, que é composto por 100% de mestres e doutores com experiência dentro e fora de sala de aula e a infraestrutura que é exuberante, portentosa e linda”, destaca o coordenador do curso Roberto Guzman.

Unasp possui laboratórios de alto padrão para atividades práticas.

Ele ainda ressalta que “o vigoroso envolvimento, o domínio de todos os participantes e a apresentação das evidências nos assuntos tratados foram decisivos, principalmente dos alunos que deram mostra de foco no curso de Engenharia de Produção, amor a instituição e a profissão que escolheram”, também fortaleceram a nota da avaliação do curso.

Diferenciais

O curso de Engenharia de Produção é oferecido no campus Engenheiro Coelho e atende demandas da Região Metropolitana de Campinas. Entre seus diferenciais, destaque para oportunidades e incentivos para o aluno participar de grupos de pesquisa e iniciação científica, plano vigoroso de visitas as fábricas, permitindo que o aluno verifique o conhecimento adquirido em sala de aula e avalie de forma crítica o que é verificado nas empresas, além de conhecer as tecnologias atuais utilizadas no mercado.

Dentro da instituição, o universitário de Engenharia de Produção interage constantemente com laboratórios modernos, amplos e equipados para experimentações dos conteúdos das disciplinas do curso e como destaque os softwares FlexSim para modelagem e simulação de sistemas produtivos, SolidWorks para desenvolvimento de produtos, permitindo a integração com a manufatura aditiva, AutoCad para criação de projetos de fábricas e o mais recente software adquirido em parceria com a empresa Alemã Siemens softwares: Plant Simulation para modelagem e simulação de sistemas mais complexos e de alta tecnologia que envolvem os pilares da indústria 4.0.

“O curso faz uso de laboratórios vivos, onde os alunos podem aplicar os conceitos e ferramentas aprendidos em sala de aula para desenvolver projetos de melhoria contínua dos setores internos do campus, como por exemplo os laboratórios vivos: leiteria e vacaria, almoxarifado, manutenção, restaurante, dentre outros”, revela Guzman.

Entre os diferenciais do curso está o mentoring para elaboração de projetos acadêmicos e profissionais.

Pesquisa

Para fortalecer a experiência acadêmica dos universitários é desenvolvido um programa de acompanhamento contínuo. “Oferecemos um mentoring personalizado para os alunos de forma individual para o desenvolvimento do potencial de cada um. Os resultados são verificados nos

alunos que passaram em concursos em vagas de estágio de empresas multinacionais, escreveram artigos para congressos nacionais e internacionais, dentre eles o ENEGEP – Encontro Nacional de Engenharia de Produção e WASET – World Academy of Science, Engineering and Technology da Europa. Alguns também já estão empregados na área”, concluí o coordenador.

Ingresso

Anualmente o Unasp oferece 60 vagas para o bacharelado em Engenharia de Produção, na modalidade presencial no período noturno. O curso é dividido em 10 semestres. O processo Seletivo para novos alunos já está aberto.