Engenharia de Produção do Unasp discute sobre mercado globalizado

Acontece no Unasp

Escrito por

Redação

Publicado em

27 out 2016

Aconteceu entre os dias 17 e 20 a II Semana de Engenharia de Produção com o tema “O engenheiro de produção no mercado competitivo e globalizado”. O objetivo da semana foi trazer maiores esclarecimentos, conceitos e informações sobre a profissão, somados à parte prática, e mostrar a importância do profissional na sua área. O Engenheiro de Produção, hoje em dia, tem um amplo mercado de trabalho para atuação, no qual é necessário aprender a lidar com demandas e soluções de problemas. Seu diferencial é a formação com uma visão global que une equipamentos, pessoas e serviços.

O coordenador do curso, Roberto Guzman, comenta que o futuro profissional tem que se dedicar, desde o primeiro semestre, ao estudo dentro e fora da sala de aula e participar do maior número de visitas técnicas possíveis. “É importante, além do inglês e espanhol, dominarem um quarto idioma, conforme recomendação dos executivos que nos atenderam”, acrescenta o professor. Além do tema principal, explanado pelo doutor Miguel Bueno Costa, teve também palestra sobre liderança e produtividade com o engenheiro Luiz Salatiel.

Ingrid Mayara de Oliveira, aluna do segundo ano, acha importante ter uma semana separada para algo mais prático. “O mercado de trabalho não é como a sala de aula. Quem pensa assim acaba limitando seu conhecimento, e quando temos a oportunidade de vermos o que as empresas esperam de um engenheiro de produção, isso acaba abrindo a nossa mente, até mesmo em relação a área que gostaríamos de trabalhar e como nos portar diante disso”, relata a estudante.

Foram organizadas quatro visitas técnicas: a primeira para a Fábrica de equipamentos para mineração Furlan localizada em Limeira. A siderúrgica Arcelormittal, que fabrica barras de aço redondo, que fica em Piracicaba; a Mahle, fábrica de pistões para motores em Mogi Guaçu e a Mahle de Limeira que é o centro logístico de distribuição mundial.