Educação Adventista a Distância promove projeto Tudo Bem Pedir Ajuda

Educação Adventista a Distância

Escrito por

Yasmin Medeiros

Publicado em

20 set 2021

Crédito imagens

Arquivo pessoal

A Educação Adventista a Distância (EAD), em parceria com o curso de Psicologia do UNASP, campus São Paulo,  fomentou, nas últimas duas semanas, a ação “tudo bem pedir ajuda”. Essa iniciativa visa ajudar os alunos que se encontram em situação de fragilidade e desconforto psicoemocional. Até o momento, já são mais de 130 estudantes interessados e inscritos no projeto. 

O processo para a participação é bem simples: ao acessar o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), o aluno encontra um banner com o slogan da campanha e as devidas informações para se inscrever.  Depois de clicar no botão disponível e submeter as devidas informações, a equipe  do curso de Psicologia entra em contato com o estudante para realizar uma triagem e, em seguida, iniciar o atendimento psicológico. 

Formulário para participar do projeto
Formulário para participação do projeto

Setembro Amarelo e Educação Adventista a Distância (EAD) 

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a terceira causa de mortes entre  jovens. Diante disso, a campanha do Setembro Amarelo surge na tentativa de conscientizar a população sobre essa problemática e também formas de evitá-lo. Ciente da atual realidade, a EAD se propõe a oferecer um suporte emocional gratuito aos seus alunos.  

De acordo com o pastor Rodrigo Chagas, capelão da EAD, o projeto foi idealizado por causa da grande procura de apoio psicológico por parte dos alunos.  “Com o aumento do número de estudantes com dificuldades emocionais, sentimos a necessidade de ajudar de alguma forma”, revela. Atitudes como essa reforçam o compromisso com o bem-estar do corpo discente, o que segundo Chagas proporciona uma experiência marcante na vida destes estudantes.

Imagem de divulgação do projeto
Imagem de divulgação da ação

Para Jéssica Lisboa, responsável pela gerência de permanência da EAD, essa iniciativa é importante porque aproxima o aluno da instituição. “Queremos desvincular a ideia de distância, a distância está só no nome. Queremos deixar o aluno bem mais próximo de nós”, destaca. Dessa forma, o estudante encontra suporte e auxílio dentro da própria instituição, reafirmando assim o seu objetivo de educar e salvar. 

Jéssica conclui que a expectativa para o projeto é que o corpo discente encontre na Educação Adventista a Distância uma rede de apoio. “Desejamos estender, por meio dessa ação, uma possibilidade de recomeço, nova chance, cura e resgate. Esperamos que o aluno encontre, ainda que através das ferramentas tecnológicas,  uma ajuda muito pessoal e íntima”.

Compromisso e propósito

A Educação Adventista é uma instituição baseada em princípios bíblicos e valores permanentes, que tem como compromisso não apenas a qualidade pedagógica e o aperfeiçoamento do desempenho estudantil  do aluno, mas também a sua formação integral, enquanto indivíduo. Prova disso é o seu crescente avanço e aperfeiçoamento. No mundo já são mais de dois milhões de alunos impactados pela rede. 

A Educação Adventista a Distância (EAD) prossegue nesse mesmo objetivo, aliando, de acordo com doutor Fabiano Leichsenring, pró-reitor da EAD,  “qualidade, tradição e valores que norteiam as bases da educação”. Além disso, se preocupa e se engaja com o pleno desenvolvimento dos seus alunos nos três principais pilares da vida do sujeito: o físico, o espiritual e, principalmente, o mental nesses últimos dias.